Data
Título
Take
23.12.15
23.12.15

Trumbo.jpg

 

Na lista negra!

 

Trumbo evoca um tipo de cinebiografia cujo foco não é a história da vida do visado, mas sim a reconstituição de um episódio particular que o famoso argumentista atravessou e "sobreviveu" numa América paranóica dos anos 50. Essa América, que se fechou a si mesma na sua própria ignorância, logo após a 2ª Guerra Mundial, entrou num dilema dicotómico; o gosto pelo conflito mas, ao mesmo tempo, o receio de integrar um novo. Nesses termos surge uma outra "fobia", o medo de uma "invasão interna" por qualquer outra força, seja militar ou idealista.

 

1439481711_Trumbo.jpg

 

O grande problema do novo filme de Jay Roach, um homem vindo directamente das comédias comerciais de estúdio, é o de nunca aprofundar esse retrato da época, embora seja suficientemente cuidadoso para inseri-lo na sua intriga, a qual - ainda assim - tenta a todo o custo desafiar a esquematização míope que o subgénero tem sido alvo. Dentro dessa mesma reconstituição, deparamo-nos com a luta de um homem para reaver o seu orgulho e prestígio no seu trabalho, isto num país que prometeu batalhar para um avanço social e politico, mas que o trai e o cataloga num livro negro, deitando por terra as suas hipóteses de triunfo profissional e pessoal.

 

1439302193.jpg

 

Esse homem é Dalton Trumbo, romancista e um dos guionistas mais cobiçados de Hollywood nos anos 30 e 40, aqui encarnado por um mímico, mas igualmente emancipador, Bryan Cranston (da série Breaking Bad), que transmite aqui uma figura aprisionada numa complexa teia conspirativa, um ambiente digno da "caça às bruxas" medieval. Neste vórtice que previsivelmente esboça a sua iminente queda para depois apresentar uma calorosa ascensão, o foco emocional encontra-se nas relações familiares e de amizade, afrontadas pela atribulada vida que Trumbo detém.

 

pic-from-trumbo-2015.png

 

Contudo, tal ênfase nunca é verdadeiramente invocada, até porque Jay Roach não possui o tempo de antena nem a gímnica para aprofundar as personagens secundárias e os seus subenredos. Uma dessas fraquezas lamentáveis é a composição leviana que a sua cônjuge, Cleo Trumbo (Diane Lane), manifesta, visto que o argumento tenta reforçá-la como um pilar no equilíbrio familiar. Apenas o protagonista consegue realçar a sua figura amenizada, e verdadeiramente, construí-la como uma personagem afável, viciante e arrojada. Nesse aspecto, é bem provável que Cranston consiga aqui a sua nomeação para o tão desejado prémio da Academia, mas todos nós sabemos que um filme não pode somente viver das suas "cabeças de cartaz".

 

1280x720-oW5.jpg

 

Dito isto, Trumbo é uma cinebiografia que não ostenta extravagâncias no seu registo. Previsivelmente, todo o fio narrativo condutor encontra-se sustentado a uma prestação, mas indiciado por uma temática obscura que merece, acima de tudo, uma exploração mais exaustiva. Aliás, todos nós sabemos, mesmo aqueles que tem por hábito acrescentar o misticismo nas produções, que Hollywood sempre foi e sempre será "cruel".

 

"I make crap films. You are way too good and too expensive to write for me."

 

Real.: Jay Roach / Int.: Bryan Cranston, Diane Lane, Helen Mirren, John Getz, Michael Stuhlbarg, Alan Tudyk, John Goodman

 

247.jpg

 

6/10

publicado por Hugo Gomes às 16:08
link do post | comentar | partilhar

sobre mim
pesquisar
 
arquivos
2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


recentemente

Pinar Toprak é compositor...

0%!! Gotti, filme de mafi...

Adrift (2018)

Eva (2018)

Primeiras imagens de «Won...

Arachnophobia terá remake...

Trailer: The Little Stran...

Trailer: First Man, Ryan ...

Trailer: The Girl in the ...

Jurassic World: Fallen Ki...

últ. comentários
Gritos 3: 5*Que filme excelente e fenomenal, adore...
Um dos meus favoritos 5*
Gritos 2: 5*Sidney, Dewey e Gale estão de regresso...
Para mim é um dos melhores estreados em 2018, amo ...
É já de domínio público que João Botelho adaptou, ...
Takes
10/10 - Magnífico
9/10 - Imprescindível
8/10 - Bom
7/10 - Interessante
6/10 - Razoável
5/10 - Medíocre
4/10 - Muito Fraco
3/10 - Mau
2/10 - Péssimo
1/10 - De Fugir
0/10 - Nulidade
stats counter
HTML Hit Counter
counter
links
mais comentados
25 comentários
20 comentários
13 comentários
12511335_1084470088250815_732384524_o
subscrever feeds
SAPO Blogs