Data
Título
Take
16.2.19

MV5BMTg1NzE3NTQ1Nl5BMl5BanBnXkFtZTgwMTI1Njk3MTI@._

Era uma vez … um anjo que cobiçava os Homens. Ele olhava de cima para estes minúsculos pontos em vanglória intensa, enquanto desperdiçavam a sua existência com futilidades. Mas o anjo não quis saber de morais, apenas desejava aquele (des)encanto, e acima de tudo a liberdade destes, a negação das asas, as mesmas que o mantinham preso ao seu céu. Tanto pediu que acabou por se tornar num eles; colorido, pecaminoso e efémero de desejos. Num ápice essas imperfeições converteram-se em qualidades. O anjo caiu, coexistiu com a gente mortal para depois, após ter experienciado todos os sabores da vida, voltar ao seu Reino. Se viveu feliz para sempre? Não sei, mas a eternidade foi lhe devolvida e agora é o “fruto” que mais lhe convém.

 

Para sempre nos nossos corações cinéfilos – Bruno Ganz


publicado por Hugo Gomes às 14:22
link do post | comentar | ver comentários (2) | partilhar

8.5.13

 

Enquanto o computador é capaz nos dias de hoje gerar as imagens mais improváveis e imaginárias, os efeitos visuais tornaram-se com isso mais artificiais, facilitadas e possíveis, contudo sem a magia do trabalho mais artesanal, como por exemplo os efeitos práticos e o stop-motion, nesse campo Ray Harryhausen era um rei. Faleceu nesta terça-feira, dia 7 de Maio, o mestre do imaginário, Harryhausen cujo seu trabalho havia sido merecedor de um Óscar honorário em 1992, é uma figura difícil de ser esquecida enquanto mencionamos a História do Cinema. Foi o responsável pela concepção de criaturas apenas existentes na imaginação de cada um, nos mundos fantásticos insonháveis em tempos antes dos computadores, os artifícios que surpreendiam os espectadores existentes graças a esforço e dedicação. Ray Harryhausen não precisou de teclados, bytes nem gráficos, criou e definiu uma nova geração de efeitos visuais, imortalizada num inconfundível legado. Um sincero adeus a um mestre.

 

Ray Harryhausen (1920 – 2013)

 


publicado por Hugo Gomes às 00:49
link do post | comentar | partilhar

18.4.13

 

Belarmino, a obra documental datada de 1964 de Fernando Lopes, foi o filme escolhido para abrir PANORAMA, 7ª Mostra do Documentário Português, dia 3 de Maio, pelas 21h no Cinema de São Jorge. A vida do pugilista Belarmino Fragoso resultou num dos mais importantes documentários do Cinema Novo e uma das referências da carreira do cineasta, que infelizmente nos deixou ano passado, PANORAMA irá prestar homenagem quer ao autor quer aos filmes-documentais da época num ciclo especial dedicada ao Cinema Novo. Quanto ao encerramento, a Mostra irá voltar-se para o documentário biográfico, mas mesmo assim prosseguindo no âmbito da retrospectiva do Cinema Novo. Focando em três importantes autores do cinema português e nas suas capacidades de inovação no meio; António-Pedro Vasconcelos com 27 Minutos com Fernando Lopes Graça (1971), António de Macedo com Almada-Negreiros, Vivo, Hoje (1969) e por fim João César Monteiro com Sophia de Mello Breyner Andresen (1969), serão exibidos no dia 11 de Maio pelas 21h no Cinema de São Jorge.

 


publicado por Hugo Gomes às 17:29
link do post | comentar | partilhar

8.10.11

 

Para o mundo da informática, Steve Jobs foi um génio, um dos fundadores da Apple Computer ao lado de Steve Wozniak em 1976, sem ele não existia o IPhone ou mesmo IPod que milhões utilizam em todo o Mundo. Contudo no cinema, sem Jobs não existia o candeeiro mágico, não existia Toy Story, Carros, Ratatui e até mesmo Wall-E. O empresário magnata comprou a Pixar á Lucasfilm em 1986, com ele veio o desenvolvimento da animação 3D (vulgarmente apelidada de CGI), anos mais tardes o Mundo estremeceu com a estreia de Toy Story (1995), uma animação ao serviço da Disney que levou o reconhecimento da empresa Pixar. Devido ao sucesso das fitas que foram produzidas anos mais tardes, a Walt Disney Company comprou a Pixar, Steve Jobs tornou-se o accionista individual máximo da nova companhia fundada (Disney / Pixar), que hoje é um dos maiores estúdios de animação de sempre. Para Steve Jobs, a comunidade cinéfila encontra-se grata pelo génio, pela forma que conseguiu de certa maneira dar mais cor á grande tela. Morreu no dia 5 de Outubro em consequência de um cancro no pâncreas que combatia desde 2004. Que descanse em Paz!

 

Steve Jobs (1955 – 2011)


publicado por Hugo Gomes às 16:24
link do post | comentar | partilhar

23.3.10

 

Cem anos de puro génio, a demonstração que o cinema não é só apenas falado em inglês, a 7ªArte como o conjunto das outras setes e a perfeição de todas as artes, o sentimento perpétuo em algumas das obras mais completas do cinema (Seven Samurais, Rashomon, Kagemusha). O seu país em matéria cinematográfica nunca mais foi o mesmo – Akira Kurosawa – um autor como nunca houve outro igual nasceu há cem anos atrás numa primaveril 23 de Março.


publicado por Hugo Gomes às 22:29
link do post | comentar | partilhar

6.2.09

 

Se fosse vivo teria 64 anos, mas infelizmente acabou por nos deixar em 11 de Maio de 1981. A sua infância não poderia dizer que fosse feliz, mas a sua vida marcada pelo bem que praticava através das mensagens de esperança escritas nas suas músicas. Um mundo sem ódio e guerra, era o que ele acreditava. Falo-vos de Bob Marley, que neste dia, precisamente em 1945, nasceu um icon não só da música reggae mas do século XX. Um grande homem que não parou nem um segundo de fazer o bem.

Infelizmente nos dias de hoje, Bob Marley parece mais ser um símbolo da Droga leve, Erva propriamente dita, do que propriamente relembrado do homem que foi. Contudo, esquecendo desse rumo imprevisível da sua memoria, deixo-vos um clip para vos alegrar este dia, para mim uma das suas melhores musicas (Is This Love), quando ouço isto fico todo maluco!!! (Já agora, para quando, o filme sobre a sua vida).

 


publicado por Hugo Gomes às 18:24
link do post | comentar | partilhar

5.9.08

Podia não ter sido uma cara conhecida, definitivamente não, mas a sua voz era inconfundível. Não era actor, nem sequer realizador, produtor ou argumentista, mas já fazia parte do cinema norte-americano, estou a falar de Don LaFontaine, aquela voz que surge nos trailers, receptora de suspense, horror, adrenalina ou simplesmente comédia. Passado Don LaFontaine faleceu, com 68 anos, devido a uma deficiência respiratória. Aqui deixo uma homenagem a um membro tão majestoso e crucial ao marketing cinematográfico.


publicado por Hugo Gomes às 22:33
link do post | comentar | partilhar

15.12.07

Beatriz Costa é a prova que necessitávamos que para uma actriz ficar na história não é preciso ser sinónimo de beleza silênciável, mas sim de talento. Parece “condenada” a partilhar os mesmos lugares deixados por outros dois pilares do cinema português clássico; Vasco Santana e António Silva. De aspecto adorável, tal como as suas interpretações inocentes num cinema ainda virgem, Beatriz Costa deixou um legado que pouco se cita nas interpretações femininas de hoje. Por entre os anos dourados do cinema português, nasceu uma estrela e morreu como tal, eis a minha homenagem a uma das mais ternas actrizes portuguesas de sempre.

Beatriz Costa (1907 – 1996)


publicado por Hugo Gomes às 22:23
link do post | comentar | partilhar

14.11.07

 

Porque nunca é tarde para recordar a memória de alguém fez tanto pelo cinema como Ingmar Bergman, talvez o mais importante realizador sueco da história cinematográfica desse país. A melhor homenageia a este autor não é escrever meia dúzia de linhas num blog, mas sim ver o que ele viu, ou seja assistir um filme de Bergman, é o melhor tributo que se pode fazer a um realizador. Porque o senhor morreu, mas a sua alma ainda permanece nos nossos corações cinéfilos.

Ingmar Bergman (1918 – 2007)

 


publicado por Hugo Gomes às 21:32
link do post | comentar | partilhar


sobre mim
pesquisar
 
arquivos
2019:

 J F M A M J J A S O N D


2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


recentemente

Nas Asas da Mortalidade

Morreu Ray Harryhausen

Belarmino é o filme de ab...

Morreu Steve Jobs

Nunca é tarde para record...

Nunca é Tarde Recordar - ...

Nunca é tarde recordar : ...

Nunca é tarde recordar : ...

Nunca é tarde recordar : ...

últ. comentários
Título do post muito criativo.
Legal o tema do post. Parabéns.
Aguardando. Blog bem legal!
Um luxo de actores num filme de lixo, repito LIXO....
Gostei muito da crónica. Vou acompanhar o seu blog...
Takes
10/10 - Magnífico
9/10 - Imprescindível
8/10 - Bom
7/10 - Interessante
6/10 - Razoável
5/10 - Medíocre
4/10 - Muito Fraco
3/10 - Mau
2/10 - Péssimo
1/10 - De Fugir
0/10 - Nulidade
stats counter
HTML Hit Counter
counter
links
mais comentados
12511335_1084470088250815_732384524_o
subscrever feeds
SAPO Blogs