Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cinematograficamente Falando ...

Quando só se tem cinema na cabeça, dá nisto ...

Cinematograficamente Falando ...

Quando só se tem cinema na cabeça, dá nisto ...

O Óscar é sul-coreano!!

Hugo Gomes, 10.02.20

MV5BYTNhZWQ4ZTUtMWRmMS00NjVkLTg0YzItNzc4N2RkNjUyN2

And the Oscar goes to ...

Não é uma questão de Parasite ser o melhor filme em competição, é o feito de um filme internacional e sem ser falado em língua inglesa, a conquistar o tão cobiçado prémio (de certa forma, “O Artista” não conta, era demasiado preso às glórias hollywoodescas). .

Esperemos que haja precedentes desta vitória e sobretudo em Portugal, só pelo facto da Alambique dispor no seu catalogo um "Best Motion Picture Winner".

Parabéns Bong Joon-ho, desde a vitória de "O Estado de Guerra" que não ficava feliz com a atribuição de um Oscar (The Academy).

Parasitismo da Palma de Ouro é guerra declarada às classes

Hugo Gomes, 29.09.19

d17a1588_7c4a_11e9_8126_9d0e63452fe9_image_hires_1

"De regresso ao seu território natural, o realizador demonstra a sua determinação em dissecar o seu tema-base – a classe social do ponto de vista de um eterno contador de histórias. Nada de novo, é certo, mas “Parasitas” remexe em diferentes tons, apresentando-se como uma salada russa fresca. A sensação de novidade é aquela que obtemos perante esta mistela de ritmos e sabores. É o poder da arte de contar uma história de Joon-ho e por isso estamos mais do que agradecidos." Ler texto no Sapo

 

"Bong Joon-Ho vem claramente demonstrar a força do cinema sul-coreano na sua mais aperfeiçoada "cartada", a solidificação da trama sem o "parasitismo" dos códigos de indústrias globais. É a narrativa novamente a soar como enzima, face aos apelos de criatividade num panorama de saturação que nos conduz à escassez de ideias. É essa vontade criativa no seu "storytelling" pela qual este cinema vinga ainda hoje, até mesmo, no pseudo-formalismo de Hong sang-soo, que após a retirada da sua "defesa inteletualizada" demonstra vigor no seu conto e reconto." Ler texto no C7nema.net

 

Acompanha-nos no Facebook, aqui, e no Twitter, aqui.