Data
Título
Take
27.7.14

Sobrevivência a alta velocidade!

 

Para contornar o Aquecimento Global, vários países acordaram em lançar um gás que pudesse refrigerar o planeta, porém os resultados foram demasiado drásticos, conduzindo o Mundo a uma nova Era Glaciar. Toda a vida na Terra morreu, excepto aquelas que se encontram na imparável locomotiva de Wilford, o último reduto da Humanidade, um comboio com mais de 1000 carruagens estruturadas num processo hierarquizado. Após vários anos em condições desumanas, os chamados "restos" da Humanidade, deixados à sua mercê na última carruagem, revoltam-se e lançam-se num motim com principal objectivo tomar a posse da locomotiva e "quebrar" a distância entre as diferentes classes que compõem esta Arca de Noé sobre carris.

 

 

Adaptação da graphic novel francesa, Le Transperceneige (Jacques Lob, Benjamin Legrand e Jean-Marc Rochette), que fora publicado em 1984 e que apesar da sua antiguidade, reserva elementos modernos e actuais como um presságio alarmante, a ameaça do Aquecimento Global e a sua tardia luta, até chegar a uma contextualização caricatural dos ideais marxistas. Enfim, o realizador sul-coreano Joon-Ho Bong, que em 2006 havia "ressuscitado" o género de monstros com The Host (uma delicia cómico-trágica), transforma este visionário conto de distopias num dinâmico blockbuster internacional que tem como característica ser mais astuto que a maioria dos seus congéneres norte-americanos. E sob esse pretexto de grande produção, Snowpiercer se converte numa antologia às diferentes distopias da ficção cientifica cinematográfica e com óbvios contágios da própria literatura de género (evidente hereditariedade do livro de Aldous Huxley, O Admirável Mundo Novo), tudo para seguir com um ritmo acelerado mas sempre ciente dos seus propósitos e objectivos.

 

 

Há aqui praticamente de tudo, desde elementos do cinema mais trash e despreocupado com próprias filosofias tecidas de uma obra mais existencialista e panfletária, remetendo sobre o equilíbrio social e os riscos em mantê-lo como também a anarquia como luta dos mais desfavorecidos. Ou seja, Joon-Ho Bong invoca uma imparável panóplia de pertinentes questões ou sugestões a foro social, atenuados por uma acção conflituosa hiperactiva e quase regida a uma linguagem de videojogo (as diferentes carruagens vistas como uma sucessão de níveis), porém sedutora no seu próprio jogo. O realizador retira ainda a força da individualidade dos personagens, existindo aqui quase uma invocação ao cinema de Eisenstein, onde o colectivo é encarado como uma única personagem, e por isso a perda de uma desta em termos individuais é isente de qualquer emotividade.

 

 

Com um visual deslumbrante e uma banda sonora pomposa que serve de companheiro na demanda liderada por um carismático Chris Evans, Snowpiercer funciona como entretenimento cerebral que finca nas diferentes feridas da sociedade sem com isto permanecer uma posição reflectora e condenável. Joon-Ho Bong orquestrou uma partitura intensa, energética, contudo desigual. Infelizmente o final deixa mais perguntas e respostas e mesmo tendo em conta as pertinências do argumento, é fácil admitir o quão longe poderia simplesmente seguir. Mas é um blockbuster corajoso … isso sim … e tem Tilda Swinton no seu lado mais excêntrico, o que é sempre justificação para o preço do bilhete.   

 

"Have you ever been alone on this train? When was the last time you were alone? You can't remember, can you? So please do. Take your time."

 

Real.: Joon-Ho Bong / Int.: Chris Evans, Jamie Bell, Tilda Swinton, John Hurt, Octavia Spencer, Kang-Ho Song, Ed Harris, Alison Pill, Ah-Sung Ko

 

 

7/10
tags: ,

publicado por Hugo Gomes às 23:40
link do post | comentar | partilhar

sobre mim
pesquisar
 
arquivos
2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


recentemente

Nadav Lapid estará no Cur...

A vida de Sammy Davis Jr....

Que caem as fronteiras en...

Pinar Toprak é compositor...

0%!! Gotti, filme de mafi...

Adrift (2018)

Eva (2018)

Primeiras imagens de «Won...

Arachnophobia terá remake...

Trailer: The Little Stran...

últ. comentários
Gritos 3: 5*Que filme excelente e fenomenal, adore...
Um dos meus favoritos 5*
Gritos 2: 5*Sidney, Dewey e Gale estão de regresso...
Para mim é um dos melhores estreados em 2018, amo ...
É já de domínio público que João Botelho adaptou, ...
Takes
10/10 - Magnífico
9/10 - Imprescindível
8/10 - Bom
7/10 - Interessante
6/10 - Razoável
5/10 - Medíocre
4/10 - Muito Fraco
3/10 - Mau
2/10 - Péssimo
1/10 - De Fugir
0/10 - Nulidade
stats counter
HTML Hit Counter
counter
links
mais comentados
25 comentários
20 comentários
13 comentários
12511335_1084470088250815_732384524_o
subscrever feeds
SAPO Blogs