Data
Título
Take
27.1.14

Como já parece ser habitual neste estaminé, os certames "pessoais" dos melhores do ano surgem com algum atraso. Mas teimam em surgir. O Cinematograficamente Falando … inicia assim um rápido vislumbre pelo ano cinematográfico passado e nomeia aqueles que é para si os melhores de 2013.

 

MELHOR ACTOR PRINCIPAL

 

Daniel Day-Lewis (Lincoln)

 

 

"(…) pode não ser um actor presente nem habitual, mas quando este integra num projecto até parece que vende a “alma para o Diabo” pelo seu papel." Ver Crítica!

 

Joaquin Phoenix (The Master)

Mads Mikkelsen (Jagten)

 

 

 

MELHOR ACTRIZ PRINCIPAL

 

Adèle Exarchopoulos (La Vie D'Adèle)

 

 

"(…) a jovem actriz consegue não só esboçar uma personagem carnal, pontuada por um desenvolvimento quase digno do registo literário, mas também pela "penetração" na essência do filme. Com isto quero dizer que derivado à forma directiva que Kechiche opera, o qual as suas obras são suportadas pelos seus actores que cedem a uma constante "tortura interpretativa", Exarchopoulos responde ao desafio exposto com uma espontaneidade de "cortar o fôlego"." Ver Crítica

 

Marion Cottilard (Rust and Bone)

Cate Blanchett (Blue Jasmine)

 

 

 

MELHOR ACTOR SECUNDÁRIO

 

Philip Seymour Hoffman (The Master)

 

 

" (…) brilhante e altamente carismático (…)" Ver Crítica

 

Leonardo DiCaprio (Django Unchained)

Daniel Bruhl (Rush)

 

 

 

MELHOR ACTRIZ SECUNDÁRIA

 

Anne Hathaway (Les Misérables)

 

 

" (…) emotivamente arrepiante (…)" Ver Crítica

 

Léa Seydoux (La Vie D'Adèle)

Helen Hunt (Sessions)

 

 

 

MELHOR REALIZADOR

 

François Ozon (Dans La Maison)

 

 

"Dotado de sobriedade e criatividade no tom com que incute esta trama de contornos hitchcockianos."

 

Abdellatif Kechiche (La Vie D'Adèle)

Aleksandr Sokurov (Faust)

 

 

 

MELHOR ARGUMENTO

 

François Ozon, Dans La Maison

 

 

 

"Uma peça de teatro que tão bem transforma num complexo thriller no grande ecrã."

 

Quentin Tarantino, Django Unchained

Tobias Lindholm e Thomas Vinterberg, Jagten

 

Continua ...


publicado por Hugo Gomes às 23:08
link do post | comentar | partilhar

sobre mim
pesquisar
 
arquivos
2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


recentemente

Será o "bye bye" dos spin...

FEST exibe Todos Lo Saben...

Nadav Lapid estará no Cur...

A vida de Sammy Davis Jr....

Que caem as fronteiras en...

Pinar Toprak é compositor...

0%!! Gotti, filme de mafi...

Adrift (2018)

Eva (2018)

Primeiras imagens de «Won...

últ. comentários
Bel Ami: 3*A meu ver é fiel ao livro, gostei do qu...
Gritos 3: 5*Que filme excelente e fenomenal, adore...
Um dos meus favoritos 5*
Gritos 2: 5*Sidney, Dewey e Gale estão de regresso...
Para mim é um dos melhores estreados em 2018, amo ...
Takes
10/10 - Magnífico
9/10 - Imprescindível
8/10 - Bom
7/10 - Interessante
6/10 - Razoável
5/10 - Medíocre
4/10 - Muito Fraco
3/10 - Mau
2/10 - Péssimo
1/10 - De Fugir
0/10 - Nulidade
stats counter
HTML Hit Counter
counter
links
mais comentados
25 comentários
20 comentários
13 comentários
12511335_1084470088250815_732384524_o
subscrever feeds
SAPO Blogs