Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cinematograficamente Falando ...

Quando só se tem cinema na cabeça, dá nisto ...

Cinematograficamente Falando ...

Quando só se tem cinema na cabeça, dá nisto ...

O frágil som da alma

Hugo Gomes, 18.11.18

46508138_10212775043547811_3905543852517228544_o.jHoje presenciei e participei num workshop de performance e a minha memória automaticamente me transportou para o esquecido … reformulando … muito esquecido Before We Go, de Jorge León. Filme-ensaio que passou em Lisboa, meio despercebido numa edição do Indielisboa, é um retrato do fim de vida, uma eutanásia aos nossos projetos e ambições, erguido sob o formato de uma prolongada performance. Os corpos decadentes em contraste com a jovialidade dos descendentes e os anjos, entidades que ecoam singles de Nick Cave, a pronunciarem uma segunda e derradeira juventude.

Um filme assombroso que nos toca delicadamente nas nossas respetivas carapaças, endurecidas mas não imunes à fragmentação. Somos humanos porque sentimos, e sentimos porque somos humanos.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.