Data
Título
Take
14.10.15
14.10.15

Mustang.jpg

Nascer selvagem!

 

Em Inebolu, uma cidade turca aos arredores de Istambul, cinco raparigas adolescentes cometem um terrível crime na sua comunidade: inocentemente brincam com um bando de rapazes depois de um dia de aulas. Após terem sido apanhadas em “flagrante delito” por uma vizinha, que sob o hino da boa conduta moral e da repressão sexual, informa os tutores das respectivas - a avó e o rigoroso tio - sobre o sucedido. Este acto trará consequências graves para as jovens, agora obrigadas a casar a fim de conservar a sua dita “pureza”.

 

mustang---photo-11.jpg

 

Mustang, da estreante Deniz Gamze Ergüven, é uma produção franco-turca que se revela como um denunciador de um machismo agravado na conservadora comunidade muçulmana, situando este mesmo cenário debaixo das “saias” da aclamada “moderna e civilizada” Europa. É esse sexismo abundante numa localidade próxima da capital turca, que Ergüven e Alice Winocour [co-argumentista] decidem transpor todo um contexto social sob a perspectiva jovial das suas protagonistas, com tal nota-se a facilidade como identifica os “monstros” acamados num maniqueísmo tão preto-e-branco, e essas ditas bestas animalescas de uma rígida sociedade que são os homens.

 

Mustang_3-0-2000-0-1125-crop.jpg

 

Contudo, é essa mesma visão demasiado inserida no conceito de conto de fadas que Mustang fraqueja, a indignidades das personagens masculinas e até das femininas de longa idade vistas como reforços em infundir as doutrinas incontestáveis, e da forma como uma cidade evoluída como Istambul é aqui encarada, um local de refúgio longe de qualquer discriminação e opressão (o que não corresponde bem à verdade). Mas a realização acentuada de Ergüven, tão afim das suas protagonistas partilham a jovialidade no seu conceito de cinema, transmitido uma tremenda energia, digna de um filme adolescente e inconsequente, porém, ele próprio limitado ao meio que se induz. E bem verdade é que a obra transpira momentos lúdicos quase surreais que trazem consigo um teor fabulista e alegoricamente relevante, como o jogo fechado para homens que a certa altura induz e confirma esse maniqueísmo sexual e a vontade de tecer uma declaração feminista pós-moderna.

 

Mustang.jpg

 

Quanto ao título, este Mustang, ao contrário do que podem pensar os adeptos do automobilismo, não se trata da marca de automóveis célebres no território norte-americano, mas sim da indomável raça de cavalo vivente das longínquas pradarias dos EUA. Conta-se que estes ditos animais foram outrora amestrados, mas perante uma nova oportunidade de liberdade, com o estado selvagem assim adquirido, tornaram-se emancipadores das suas próprias amarras. É sob esse estado que as nossas cinco protagonistas buscam num conto impulsor de rebeldia sem fugir aos claros danos colaterais. Para o cinéfilo, este é uma obra que detém uma simbólica ligação com o esquecido, mas delicado Wadja, de Haifaa al-Mansour.

 

Filme visualizado na 16ª Festa do Cinema Francês

 

Real.: Deniz Gamze Ergüven / Int.: Günes Sensoy, Doga Zeynep Doguslu, Tugba Sunguroglu

 

20-mustang.w750.h560.2x.jpg

 

7/10

publicado por Hugo Gomes às 22:43
link do post | comentar | partilhar

sobre mim
pesquisar
 
arquivos
2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


recentemente

Pinar Toprak é compositor...

0%!! Gotti, filme de mafi...

Adrift (2018)

Eva (2018)

Primeiras imagens de «Won...

Arachnophobia terá remake...

Trailer: The Little Stran...

Trailer: First Man, Ryan ...

Trailer: The Girl in the ...

Jurassic World: Fallen Ki...

últ. comentários
Gritos 3: 5*Que filme excelente e fenomenal, adore...
Um dos meus favoritos 5*
Gritos 2: 5*Sidney, Dewey e Gale estão de regresso...
Para mim é um dos melhores estreados em 2018, amo ...
É já de domínio público que João Botelho adaptou, ...
Takes
10/10 - Magnífico
9/10 - Imprescindível
8/10 - Bom
7/10 - Interessante
6/10 - Razoável
5/10 - Medíocre
4/10 - Muito Fraco
3/10 - Mau
2/10 - Péssimo
1/10 - De Fugir
0/10 - Nulidade
stats counter
HTML Hit Counter
counter
links
mais comentados
25 comentários
20 comentários
13 comentários
12511335_1084470088250815_732384524_o
subscrever feeds
SAPO Blogs