Data
Título
Take
31.10.16

rose.jpg

Em Julho do ano passado, o crítico alemão Olaf Möller esteve presente na Cinemateca-Portuguesa Museu do Cinema, onde o qual apresentou um ciclo de filmes "desconhecidos" do cineasta conterrâneo G.W. Pabst. Numa das sessões, mais concretamente a de Das Bekenntnis Der Ina Kahr (As Confissões de Ina Kahr, 1954), Möller exibiu a sua indignação sobre o desprezo que o cinema produzido em tempos da R.F.A. obtém nos dias de hoje, inclusive na própria Alemanha.

 

Segundo as suas palavras, era como se esse período fosse "apagado" da História do Cinema, e como grande culpado apontou para o Manifesto de Oberhausen, que viria a gerar o chamado movimento moderno, a partir de 1970, em que se destacariam nomes como Werner R. Fassbinder, Wim Wenders e Werner Herzog e que redefiniriam a cinematografia alemã até aos tempos actuais.

 

7991787641_520306acb0_b.jpg

 

Desde então, determinado em fazer redescobrir tais obras para o público e para a comunidade cinéfila, regressa à Cinemateca com uma extensa mostra de "filmes rejeitados", um pouco como havia feito no anterior Festival de Locarno, mas destas vez sob versão alargada. O programa inclui mais de trinta e uma sessões de produções raras e de tamanho valor histórico, assim como artístico.

 

Desde policiais, thrillers, melodramas, comédias, entre outros, passando pela velha guarda como Fritz Lang, de autores que se impuseram nos anos 50 junto à crítica como Wolfgang Staudt e Helmut Käutner, e ainda revelações surgidas como Jean-Marie Straub. Olaf Möller estará em Lisboa, a partir do dia 15, para apresentar regularmente os filmes e o crítico francês Jean Douchet fará uma conferência, ilustrada com excertos de filmes, sobre O Túmulo Índio (Das Indiche Grabmal, 1959), de Fritz Lang, provavelmente o mais conhecido filme desta extensa selecção.

 

O ciclo arrancará no próximo dia 2 de Novembro, com O Rei Louco (Ludwig Ii – Glanz Und End Eines Königs, 1954), de Helmut Käutner, com Klaus Kinski no principal papel. Ver programação completa aqui.

 

ludwigii01.jpg

 

Acompanha-nos no Facebook, aqui, e no Twitter, aqui


publicado por Hugo Gomes às 19:32
link do post | comentar | partilhar

sobre mim
pesquisar
 
arquivos
2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


recentemente

Será o "bye bye" dos spin...

FEST exibe Todos Lo Saben...

Nadav Lapid estará no Cur...

A vida de Sammy Davis Jr....

Que caem as fronteiras en...

Pinar Toprak é compositor...

0%!! Gotti, filme de mafi...

Adrift (2018)

Eva (2018)

Primeiras imagens de «Won...

últ. comentários
Bel Ami: 3*A meu ver é fiel ao livro, gostei do qu...
Gritos 3: 5*Que filme excelente e fenomenal, adore...
Um dos meus favoritos 5*
Gritos 2: 5*Sidney, Dewey e Gale estão de regresso...
Para mim é um dos melhores estreados em 2018, amo ...
Takes
10/10 - Magnífico
9/10 - Imprescindível
8/10 - Bom
7/10 - Interessante
6/10 - Razoável
5/10 - Medíocre
4/10 - Muito Fraco
3/10 - Mau
2/10 - Péssimo
1/10 - De Fugir
0/10 - Nulidade
stats counter
HTML Hit Counter
counter
links
mais comentados
25 comentários
20 comentários
13 comentários
12511335_1084470088250815_732384524_o
subscrever feeds
SAPO Blogs