Data
Título
Take
18.3.12
18.3.12

“Live or Die on This Day”

 

Liam Neeson tornou-se de momento num dos actores mais “badass” do cinema de acção, aplicando um carisma algo próprio de um Charles Bronson, já que ambos não precisam de demonstrar qualquer tipo de atributos físicos para demonstrar a sua operacionalidade, contudo se destaca a sua “genica” para este tipo de papeis. Longe vão os tempos em que vestiu a pele de figuras históricas de grande importância como Oscar Schindler, Michael Collins e Alfred Kinsey, nos respectivos biopics, agora o actor converteu-se num “man-one-army” desde que decidiu participar em Taken – Busca Implacável de Pierre Morel e confirmando tal estatuto em Unknown de Jaume Collet-Serra, garantindo dois grandes êxitos da sua carreira.

 

 

Desta vez Neeson tem o desafio á altura, sendo agora alvo de uma feroz matilha de lobos enquanto tenta sobreviver ao inferno branco do Alasca. Porém, ao contrário do que se possa prever, em The Grey – A Presa não se trata de uma amostra de como “Liam consegue dar uma coça nos ditos animais” nem nada do género. Surpreendentemente a segunda colaboração com o realizador Joe Carnahan (The A-Team) resume a uma espécie de relato de supervivência que não cede aos irritantes lugares-comuns do modelo hollywoodesco (como o happy-ending) e mesmo que previsível, consegue manobrar entre caminhos frios, conquanto mais envolventes, porém menos espectaculares em termos de cinema mainstream.

 

 

O actor oferece-nos um desempenho eficaz, mesmo que se torne na única personagem que realmente interessa neste conjunto. Mas por felicidade nossa, Carnahan não retracta o leque secundário como plena “carne para canhão”, ao invés de disso recria o “funeral” perfeito e digno para cada uma das suas personagens e alimenta-as com todo o teor humano, chegando mesmo a fazer com que o publico realmente preocupa-se com estas tais figuras desconhecidas.

 

 

The Grey consiste assim no mais emocional e artístico filme do autor, o qual o inicio meio mastigado e deveras “piegas” tenha sido uma manobra arriscada, mas compensada com a narrativa que nos obsequeia com momentos de ouro, entre eles a confissão irada de Liam Nesson a Deus, culpando-O pela situação que se encontra, ou dos últimos minutos em que a personagem do actor se prepara para aceitar a própria morte. Incríveis sequências com os lobos fazem destes “bichos” verdadeiros papões, alguns saltos na cadeira e paisagens de cortar a respiração são outros pontos de interesses naquele que já deve ser considerado por enquanto como o filme de acção do ano. Envolvente, uma surpresa!

 

Real.: Joe Carnahan / Int.: Liam Nesson, Frank Grillo, James Badge Dale

 

 

Ver também

Taken (2008)

Unknown (2011)

The A-Team (2010)

8/10
tags: ,

publicado por Hugo Gomes às 01:59
link do post | comentar | partilhar

sobre mim
pesquisar
 
arquivos
2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


recentemente

Suspiria (2018)

Colette (2018)

Carga (2018)

Raiva (2018)

Conheçam os vencedores da...

Extinção (2018)

Encontrado realizador par...

Venom (2018)

Doclisboa'18 revela toda ...

Cary Fukunaga será o real...

últ. comentários
Não percebi merda nenhuma do que escreveste, e olh...
Neste caso o director de fotografia não teve qualq...
Vi o filme ontem nos cinemas e adorei. Sendo filme...
Não menosprezando o colorista, que obviamente fez ...
Eu acho que você deveria olhar bem aqui em relação...
Takes
10/10 - Magnífico
9/10 - Imprescindível
8/10 - Bom
7/10 - Interessante
6/10 - Razoável
5/10 - Medíocre
4/10 - Muito Fraco
3/10 - Mau
2/10 - Péssimo
1/10 - De Fugir
0/10 - Nulidade
stats counter
HTML Hit Counter
counter
links
mais comentados
29 comentários
25 comentários
20 comentários
12511335_1084470088250815_732384524_o
subscrever feeds
SAPO Blogs