Data
Título
Take
17.3.12
17.3.12

 

Uma prisão domiciliária!

 

 

Tudo começa com a reunião entre dois casais com o intuito de resolver uma briga entre as suas respectivas crianças. De um lado temos os Longstreet (John C. Reilly, Jodie Foster), os pais do menino agredido e do outro, os Cowans (Kate Winslet, Christoph Waltz), progenitores do agressor, inicialmente ambos concordam em abordar pacificamente o sucedido, mas logo cedo estes quatro personagens se revelam e demonstram a sua negra natureza.

 

 

Roman Polanski sempre conseguiu criar inquietação no espectador através dos seus filmes e neste Carnage – Deus da Carnificina, ninguém encontra-se ileso de sofrer doses industriais de psicologia claustrofóbica. O autor revela a faceta mais negra das suas personagens e encurralas não só a elas mas como também o espectador num espaço que é limitado quer físico ou psicológico. Acredita-se que com a experiencia da prisão domiciliária que o realizador foi condenado em 2009 face às acusações de estupro, fez com que Polanski aperfeiçoasse à dominação do sentimento de enclausuramento nesta adaptação de uma peça de Yasmina Reza, Le Dieu du carnage, conseguido também transmitir tais factores nos seus personagens que sob diferentes circunstancias não conseguem sair do apartamento, onde decorre cerca de 99 % do filme, daí vir a sua teatralidade e uma certa "piscadela" a Buñuel.

 

 

Carnage consegue assim culminar momentos de “terror” claustrofóbico (sendo que as situações apresentadas se revelam em pesadelos reais para qualquer, um como também principalmente as personagens se comportam como verdadeiros “monstros”). Porém Polanski consegue ainda despertar algumas risadas maliciosas nas audiências enquanto converte o seu quarteto no reflexo de cada um de nós, demonstrando os diferentes males sociais e o cinismo que cada um apresenta perante à resolução dos conflitos.

 

 

Todos os quatro personagens não transmitem conforto nem sequer qualquer tipo de simpatia, sendo que durante o percurso narrativo, o quarteto protagonista se declara em modelos de pura antipatia. Logo cedo Christoph Waltz exibe a sua faceta mais negra, desempenhado um advogado sem escrúpulos sempre agarrado ao seu telemóvel e com ironia na "ponta da língua", todavia dentro do lixo social representado esta seja talvez a personagem mais sincera e aquele que o público mais anseia de ver vitoriosa. Enquanto isso, Kate Winslet (sempre eficaz e sólida) demonstra os seus problemas com o álcool e da contenção de cinismo, Jodie Foster numa prestação de "bomba-relógio", se revela numa activista que encontra na situação do conflito em questão numa forma de criar justiça pelas suas próprias mãos e humilhar o casal oponente, e por fim John C. Relly se desperta como uma pessoa verdadeiramente desagradável.

 

 

Graças a um excelente trabalho de actores, onde verdadeiramente assistimos pressão entre eles, dando uma certa credibilidade nas suas interpretações de alto calibre, Polanski encontra em Carnage o reflexo da sua obra, conseguindo injectar na peça teatral de Reza toda a sua marca como cineasta. Confessando assim num filme limitadíssimo em termos de cenário mas que apesar disso, em tempo algum nos deixa aborrecidos, tudo graças a um ritmo cuidadoso, um argumento engenhoso e da versatilidade dos seus actores. Eis um belo exercício satírico.

 

" This is the worst day of my life too."


Real.: Roman Polanski / Int.: Jodie Foster, Kate Winslet, John C. Relly, Christoph Waltz

 

 

 

8/10
tags: ,

publicado por Hugo Gomes às 02:09
link do post | comentar | partilhar

sobre mim
pesquisar
 
arquivos
2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


recentemente

Cary Fukunaga será o real...

A Simple Favor (2018)

Edgar Pêra "ataca" salas ...

Morreu Kirin Kiki, a noss...

Marco Martins tem novo pr...

The Predator (2018)

Rumor: Kit Harington pode...

Hagazussa: a Heathen’s Cu...

Morreu Burt Reynolds, o a...

The Nun (2018)

últ. comentários
Sei que um filme é bom quando, assim que acaba, te...
Acho que será muito bom. O Joker é um personagem ...
Para quem leu o livro, que diga-se de passagem é u...
Gritos 4: 5*Um filme que traz novas regras, novos ...
Bel Ami: 3*A meu ver é fiel ao livro, gostei do qu...
Takes
10/10 - Magnífico
9/10 - Imprescindível
8/10 - Bom
7/10 - Interessante
6/10 - Razoável
5/10 - Medíocre
4/10 - Muito Fraco
3/10 - Mau
2/10 - Péssimo
1/10 - De Fugir
0/10 - Nulidade
stats counter
HTML Hit Counter
counter
links
mais comentados
25 comentários
20 comentários
13 comentários
12511335_1084470088250815_732384524_o
subscrever feeds
SAPO Blogs