Data
Título
Take
25.12.11
25.12.11

A gritar desde 1996!

 

Quinze anos passaram desde o original Scream – Gritos, e nesse período de tempo, muito mudou na perspectiva de vermos o terror como mero exercício cinematográfico. Enquanto a obra de 1996, Wes Craven referencia o “teen slasher movie” (subgénero em decadência nos anos 90) num misto de homenagem aos restantes exemplares de terror, em Gritos 4 o mesmo tom é ressuscitado mas desta feita os alvos são inteiramente diferentes. Não com isto implique uma mudança drástica de estratégia, até porque Scream 4 funciona tal e qual como os seus antecessores, mas que a visão do terror variou perante os quinzes anos de intervalo. Em pleno 2011, vivemos então numa época de remakes, refilmagens de velhos clássicos, refeitos pela pomposa industria “pipoqueira” actual, como também confundimos cada vez mais o terror com a simples pornografia gráfica. Caímos no jogo de quem “mais polémica causa” e no circuito direct-to-video cada vez mais abundante, para além de tudo na nova obra de Craven ainda temos uma piscadela de olhos ao cinema mockumentario (falso-documentário), cada vez mais em uso nos dias de hoje.

 

 

Scream 4 ainda nos marca o regresso de Kevin Williamson ao argumento (a sua ausência na terceira estância se fez sentir e muito na própria qualidade), por isso poderemos contar com o retorno da intriga inteligente que sempre marcou a saga, desta vez estamos perante o regressão de Sidney Prescott (Neve Campbell) á sua antiga cidade de Woodsboro, dez anos depois do massacre que decorreu no primeiro filme. Mais amadurecida e escritor de livros de auto-ajuda, Prescott reencontra na cidade os seus velhos companheiros, mas não é só por isso que a nostalgia se instala. Os telefonemas anónimos ressurgem, mais pessoas são mortas e a vida de Sidney encontra-se novamente em perigo, mas ela e os seus amigos não têm dúvidas, alguém quer mesmo reconstruir os horrendos crimes que decorreram numa década atrás.

 

 

Mais do que uma simples reunião do velho elenco que marcaram o imaginário de muitos fãs de terror, Scream 4 se dirige como um próprio ataque á exaustão dos remakes hollywoodescos. Wes Craven regressa assim na sua antiga forma, conduzindo a mais um “teen slasher” que não irá possuir o mesmo impacto que o original obteve, ou seja, a ressuscitação do subgénero, mas que contem todo os ingredientes mais que necessários para nos fazer sentir que estamos perante em terreno experiente. Existem algumas surpresas e outros momentos que se resumem a lugares-comuns, uma veia cómica já habitual na saga e toda a ironia e referência de um género amado por muitos. Não supera o original, nem é o candidato a filme de terror do ano, mas é um regresso ao teen slasher dos anos 90.

 

What’s your favourite scary movie”

 

Real.: Wes Craven / Int.: Neve Campbell, Courtney Cox, David Arquette, Adam Brody, Rory Culkin, Emma Roberts

 

 

Ver Também

Scream (1996)

Scream 2 (1997)

Scream 3 (2000)

6/10
tags: ,

publicado por Hugo Gomes às 23:46
link do post | comentar | partilhar

1 comentário:
De Frederico Daniel a 24 de Junho de 2018 às 23:38
Gritos 4: 5*

Um filme que traz novas regras, novos sustos e novas pessoas.

Cumprimentos, Frederico Daniel.


Comentar post

sobre mim
pesquisar
 
arquivos
2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


recentemente

Suspiria (2018)

Colette (2018)

Carga (2018)

Raiva (2018)

Conheçam os vencedores da...

Extinção (2018)

Encontrado realizador par...

Venom (2018)

Doclisboa'18 revela toda ...

Cary Fukunaga será o real...

últ. comentários
Desculpe mas isso não faz qualquer sentido...Quand...
Acabei de ver. O de 1998 beneficiava-se do grande ...
Não percebi merda nenhuma do que escreveste, e olh...
Neste caso o director de fotografia não teve qualq...
Vi o filme ontem nos cinemas e adorei. Sendo filme...
Takes
10/10 - Magnífico
9/10 - Imprescindível
8/10 - Bom
7/10 - Interessante
6/10 - Razoável
5/10 - Medíocre
4/10 - Muito Fraco
3/10 - Mau
2/10 - Péssimo
1/10 - De Fugir
0/10 - Nulidade
stats counter
HTML Hit Counter
counter
links
mais comentados
30 comentários
25 comentários
20 comentários
12511335_1084470088250815_732384524_o
subscrever feeds
SAPO Blogs