Data
Título
Take
31.10.10
31.10.10

A cidade por Ben Affleck!

 

Conhecido como actor de grandes blockbusters como de produções independentes, Ben Affleck esteve na ribalta como automaticamente chegou á má fama como “actor de dias”, devido a maus projectos e até mesmo interpretações ruinosas, o qual garantia nomeações para os Razzies (prémios que distinguiam os piores do ano). Mas longe da sua mediática presença hollywoodesca e das novelas dos seus namoros e separações, Affleck sempre se revelou no talentoso homem por detrás das câmaras, a grande celebração de tal foi o Óscar de Melhor Argumento em conjunto com o seu amigo Matt Damon em Good Will Hunting de Gus Van Sant (1997) que contou com a presença de Robbin Williams num dos seus melhores papeis. Em 2007 estreou-se na realização com a adaptação do policial de Dennis Lehane, Gone Baby Gone, cujo seu irmão mais novo, Casey Affleck, protagonizou e que arrecadou excelentes críticas, agora passados três anos, o actor agora convertido num autor, regressa em mais uma conversão, neste caso a da novela de Chuck Hogan, Prince of the Thieves. O seu novo filme tem como titulo The Town e digressou em inúmeros festivais de cinema onde tem arrecadado aclamações ainda maiores.

 

 

The Town – A Cidade tem como sinopses o amor entre um assaltante de bancos e uma gerente dos mesmos, romance o qual que poderá levar a cabo á desmantelação de uma quadrilha que tem arrasado os estabelecimentos bancários da área de Boston. A fita ainda segue um conto de violência que glorifica um hino em prol do bairro Charlestown, considerado o local do mundo onde mais assaltantes de banco têm gerado.

 

 

Mais do que um simples conto do vigário ou qualquer remessa do cinema de golpe, a nova fita dirigida e interpretada de Ben Affleck é uma excelente caracterização de que o cinema de acção não pode se limitar ao menor dos seus esforços artísticos, com isto devo salientar que assistimos a tiroteios, perseguições e todos aqueles adornos de assaltos com grande estilo e qualidade, mas ao mesmo tempo servidas por um argumento bem concebido, uma ênfase dramática pontiaguda, interpretações de luxos e uma banda sonora de primor, fazendo com que The Town seja dos melhores heist movies dos últimos anos.

 

 

Tudo se enrola com certa descendência scorseseano, um filme onde a violência é tratado de forma natural para os nativos desta cidade atormentada pela revolta social dos seus meios. Quanto aos desempenhos, é verdade que temos que admitir que Ben Affleck como cabeça de cartaz poderia trazer alguma repudia, tendo em conta a má do actor em termos artísticos, mas desde Hollywoodland de Allen Coutler tem vindo a ascender nesse veio, porém é na sua mais recente obra que encontramos o melhor papel da sua carreira. Affleck parece ter se tornado camaleonico face á pesada carga citadina da sua Boston. Já que falamos o melhor de uma carreira, não poderíamos deixar de lado o cada vez mais secundário actor britânico Peter Postlethwaite na pele de um gangster sénior, outros desempenhos a decorar é o Jeremy Renner, que foi celebrizado com o galardoado The Hurt Locker de Kathryn Bigelow, tem agora o inicio de um posterior caminho. O resto resume-se a uma forte prestação de Blake Lively (Gossip Girl), a doce Rebecca Hall que encarna o personagem mais inocente desta trama, a única que vê nas ruas sangrentas de Charlestown esperança, o carismático Chris Cooper (nos últimos tempos tem estado apagado) e John Hamm, imperdível a sua transição da televisão (Mad Men) para o grande ecrã.

 

 

Numa temporada em que o terror parece tomar conta das escolhas dos espectadores nas suas idas ao cinema, não devemos deixar de lado este magnifico trabalho de Affleck, cada vez mais talentoso autor. Entretenimento adulto que já é dos melhores do ano, sem duvida.

 

“I’ll see you again, in this side or the other”

 

Real.: Ben Affleck / Int.: Ben Affleck, Jeremy Renner, John Hamm, Rebecca Hall, Blake Lively, Chris Cooper, Peter Postlethwaite

 

 

Ver Também

Gone Baby Gone (2007)

9/10
tags: ,

publicado por Hugo Gomes às 21:42
link do post | comentar | partilhar

1 comentário:
De Gustavo a 31 de Dezembro de 2010 às 17:48
Ben Affleck estás perdoado, nem sequer pareces tu a realizar este grande filme um dos melhores do ano decerto.


Comentar post

sobre mim
pesquisar
 
arquivos
2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


recentemente

Insyriated (2017)

Trailer: The Equalizer 2,...

Cannes: Terry Gilliam, Vo...

Brevemente ...

Arranca o ciclo «O que é ...

Quinzena dos Realizadores...

Morreu R. Lee Ermey, o sa...

Ed Sheeran em filme de Da...

Humores Artificiais vence...

Morreu VIttorio Taviani, ...

últ. comentários
Tomb Raider: 4*Este é um blockbuster bem conseguid...
Mas, sendo este caso Woody Allen já tão antigo, po...
Filme muito bom. Um tratado de sociologia/psicolog...
Notícia triste, mais um talento do qual nos desped...
Ridículo. Não são os únicos posters desta "naturez...
Takes
10/10 - Magnífico
9/10 - Imprescindível
8/10 - Bom
7/10 - Interessante
6/10 - Razoável
5/10 - Medíocre
4/10 - Muito Fraco
3/10 - Mau
2/10 - Péssimo
1/10 - De Fugir
0/10 - Nulidade
stats counter
HTML Hit Counter
counter
links
mais comentados
25 comentários
20 comentários
13 comentários
12511335_1084470088250815_732384524_o
subscrever feeds
SAPO Blogs