Domingo, 31 de Outubro de 2010

 

Actividades Mockumentarias!

 

Os chamados mockumentarios, ou falsos documentários, principalmente no género de terror, tem sido nos últimos anos a fronteira a explorar de um cinema que parece esgotável. Assim sendo assistimos nas salas de cinema um grande numero de produções deste tipo que vão desde da sequela de (REC) até ao infame The Last Exorcism, agora Paranormal Activity 2 estreia e já tomou conta do titulo de mockumentario do ano, pelo menos é o que dizem.

 

 

 

Pegar numa handycam e filmar de forma amadora e realista sustos e experiencias para além do aceitável, parece ser a fórmula de sucesso, é barato e dá milhões, pelo menos é o que diz Paranormal Activity de Oren Peli, tendo custado aproximadamente 700 euros, produzido em 2007, e após dois anos a ser aprovado por um estúdio consegue finalmente a sua grandiosa estreia. Obteve no total de 200 milhões de dólares em todo o Mundo, nos EUA esteve 4 semanas consecutivas no primeiro lugar do box-office, agradou a crítica e ainda mais o publico que o já condenou a fenómeno de culto. Como é habitual nos improváveis sucessos de Hollywood, Paranormal Activity teve direito a sequela, o dinheiro para ela dado é mais chorudo e a crença no projecto é fiável, sendo o sucesso quase como garantido.

 

 

Considerado como o evento de terror do ano, Paranormal Activity 2 é mais um daqueles filmes que sofrem do sindroma de ambições, ou seja a sequela de um filme de muito baixo orçamento contraiu um custo maior, mas a criatividade ficou apenas no papel. Os sustos tem como base o original de Oren Peli, são eficazes, realistas e por vezes passam despercebidos, mas aqui tem certa tentação para exageros mainstream, sendo que a previsibilidade toma controlo da intriga original que o legado havia concebido.

 

 

Trata-se de um filme menor, uma tentativa descarada de tornar o Paranormal Activity noutro Saw em termos de exploração do filão. Tal como acontecera com (REC) 2, o cansaço é o nome a deter. Quando a fama estraga um filme.

 

Real.: Tod Williams / Int.: Katie Featherston, Sprague Grayden, Molly Ephraim, Brian Boland

 

 

Ver também

Paranormal Activity (2007)

(REC) (2007)

(REC) 2 (2009)

5/10
tags: ,

publicado por Hugo Gomes às 00:21
link do post | partilhar

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



sobre mim
pesquisar
 
arquivos
2019:

 J F M A M J J A S O N D


2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


recentemente

O pão de cada dia obriga ...

Critica - "Nós" não ficam...

Primeiras impressões: Us

Os patetas do costume

O meu Cinema é feito de M...

Maquilhagem americanizada...

Crítica: Marvel no nome, ...

Críticas: uma portuguesa,...

Primeiras reacções: Capta...

E os Óscares?

últ. comentários
Título do post muito criativo.
Legal o tema do post. Parabéns.
Aguardando. Blog bem legal!
Um luxo de actores num filme de lixo, repito LIXO....
Gostei muito da crónica. Vou acompanhar o seu blog...
Takes
10/10 - Magnífico
9/10 - Imprescindível
8/10 - Bom
7/10 - Interessante
6/10 - Razoável
5/10 - Medíocre
4/10 - Muito Fraco
3/10 - Mau
2/10 - Péssimo
1/10 - De Fugir
0/10 - Nulidade
stats counter
HTML Hit Counter
counter
links
mais comentados
30 comentários
25 comentários
20 comentários
12511335_1084470088250815_732384524_o
subscrever feeds
SAPO Blogs