Data
Título
Take
28.2.10

Martin Scorsese, um dos gigantes do cinema norte-americano regressa aos cinemas com o seu thriller The Shutter Island, que volta a trabalhar com Leonardo DiCaprio, o seu actor-fetiche. Vencedor do Óscar de Melhor Realizador em 2006, deixo-vos a você o top 10 dos melhores trabalhos do cineasta.

 

#10) MEAN STREETS (1973)

Foi o filme que afirmou Martin Scorsese como autor, segundo o qual narra este retrato semi-autobiografico sobre pequenos delitos. Harvey Keitel e Robert DeNiro são dois amigos / primos, adolescentes, irresponsáveis que passam os seus dias a engendrar pequenos crimes, o qual financiam muito das suas idas ao cinema. Depois disto, Scorsese afirma-se como um “pintor” do cinema do crime organizado.

 

#09) NEW YORK, NEW YORK (1977)

O Saxofone é o melhor amigo de Jimmy Doyle, um Robert DeNiro talentoso mas com um feitio intolerável e um ego tão aguçado como a sua paixão em tocar, apaixona-se por Francine Evans (Liza Minnelli), uma jovem cantora em vias de ascensão. Trata-se da homenagem de Scorsese aos espectáculos de Broadway, um exuberante filme que conta com um DeNiro em boa forma e a voz encantadora de Minnelli, um romance com holofotes e palcos.

 

#08) CAPE FEAR (1991)

Remake de um filme homónimo de 1962 de J. Lee Thompson, um recluso encontra-se em liberdade e decide vingar do seu advogado de defesa, que segundo o próprio é o verdadeiro responsável pela sua detenção. Robert DeNiro consegue oferecer á antiga personagem de Robert Mitchum, contornâncias mais negras e paranóicas, formulando um psicopata inteligente, complexo e aterrador. Um thriller de classe superior!

 

#07) THE DEPARTED (2006)

Tem o mérito de ser o filme que deu o já muito merecido Óscar de Melhor Realizador a Martin Scorsese, o remake de um bem sucedido filme de acção de Hong Kong – Infernal Affairs de Wai Keung Lau e Siu Fai Mak – onde o autor depositou a sua alma fílmica e arrecadou um thriller sobre o crime organizado tão próprio do mesmo. Jack Nicholson está fenomenal!

 

#06) THE AGE OF INNOCENCE (1993)

Daniel Day-Lewis, Michelle Pfeiffer e Winona Ryder integram o elenco desta adaptação cinematográfica do romance homónimo de Edith Wharton, editado pela primeira vez nos anos 20. The Age of Innocence remete-nos a uma história de época que centra-se nos conflitos de um trio amoroso bastante estimulante. Considerado por muitos especialistas como uma das melhores conversões para o cinema de um livro.

 

#05) CASINO (1995)

A visão de crime organizado de Scorsese centra-se agora em Las Vegas, onde o secretismo dá lugar a cenários luminosos ricos em luxúria, ganância e ambição. O último filme do realizador com Robert DeNiro e Joe Pesci, o qual novamente formavam uma dupla de mafiosos e batoteiros que sobreviviam como podiam na grande “cidade do Pecado”. Martin Scorsese conseguiu ainda arrecadar com o melhor desempenho da carreira da actriz Sharon Stone na pele da desequilibrada call girl Ginger.

 

#04) GANGS OF NEW YORK (2002)

A sua vertente semi-apocalíptica dos primórdios da grande cidade de Nova Iorque faz com que este inicialmente enésimo retrato do crime organizado seja um quadro único na filmografia de Scorsese. O inicio da dupla DiCaprio / Scorsese e a afirmação de Daniel Day-Lewis como actor versátil que ele é. O Óscar de Melhor Filme fugiu por um triz, porém a verdade é que Gangs of New York é mais celebre e adorado que o vencedor do prémio desse ano (Chicago de Rob Marshall).

 

#03) GOODFELLAS (1990)

Um dos mais emblemáticos filmes de gangsters de sempre, Martin Scorsese regressa ao crime organizado após 17 anos desde o Mean Streets (1973). Em Goodfellas, nesta opção de vida não existe saída imune, nem nada no género, tudo é descrito com a maior das precisões e não só, com toda a dureza e sem afloramentos que o espectador tem direito. Com Ray Liotta, Robert DeNiro e um excepcional Joe Pesci (vencedor do Óscar de Melhor Actor Secundário).

 

#02) RAGING BULL (1980)

Esta biografia do campeão peso-médio de boxe, Jake La Motta, resultou não só pela visão alargada de Scorsese como realizador, mas pelo actor singular que DeNiro é. O actor fetiche do realizador consegue construir um personagem brilhante e complexo e não só, sacrificar-se fisicamente em nome da sétima arte, para isso dispôs uma invejável forma física, onde o autor se situava nos gloriosos anos de La Motta e por fim engordar 25 quilos para representar a personalidade que assinalou o fim da carreira de pugilista há muito. Filme escrito por Paul Schrader, que também colaborou com o autor em Taxi Driver (1976).

 

#01) TAXI DRIVER (1976)

“Are you talking to me” monologa Travis Bickle (Robert DeNiro) frente ao espelho, ensaiando um eventual confronto. A violência é aqui glorificada e o isolamento social em especial cuidado no mais lendário obra de Martin Scorsese. Taxi Driver remete-nos ao já referenciado Bickle, um perturbado e revoltado homem que decide trabalhar como taxista á noite nas ruas de Nova Iorque como forma de combater as suas profundas insónias, devido a isso penetra a fundo numa cidade onde cresceu e que ele próprio não reconhece, levando o personagem a uma loucura vingativa. Um filme marginal, um poderoso retrato da natureza negra humana, ainda temos á nossa disposição uma talentosa Jodie Foster com cerca de 12 anos. Uma obra-prima incontornável do cinema.

 

Ver Também

Kundun (1997)

Taxi Driver (1976)

The Departed (2006)

Top 10 – Filmes de Gangsters

Top 10 – Melhores Remakes

 

tags:

publicado por Hugo Gomes às 21:32
link do post | comentar | partilhar

2 comentários:
De Jackie Brown a 28 de Fevereiro de 2010 às 21:58
O meu conhecimento do realizador é escasso. Os 4 filmes que vi estão aí na tua lista e, com excepção de Gangs que adorei, todos foram decepções.

Abraço


De rodeboni a 18 de Janeiro de 2011 às 00:15
1.touro indomavel
goodfellas
taxi driver
a época da inocencia (meu favorito)
cassino
depois de horas
cabo do medo
os infiltrados
caminhos perigosos
10.alice não mora mais aqui


Comentar post

sobre mim
pesquisar
 
arquivos
2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


recentemente

Nadav Lapid estará no Cur...

A vida de Sammy Davis Jr....

Que caem as fronteiras en...

Pinar Toprak é compositor...

0%!! Gotti, filme de mafi...

Adrift (2018)

Eva (2018)

Primeiras imagens de «Won...

Arachnophobia terá remake...

Trailer: The Little Stran...

últ. comentários
Gritos 3: 5*Que filme excelente e fenomenal, adore...
Um dos meus favoritos 5*
Gritos 2: 5*Sidney, Dewey e Gale estão de regresso...
Para mim é um dos melhores estreados em 2018, amo ...
É já de domínio público que João Botelho adaptou, ...
Takes
10/10 - Magnífico
9/10 - Imprescindível
8/10 - Bom
7/10 - Interessante
6/10 - Razoável
5/10 - Medíocre
4/10 - Muito Fraco
3/10 - Mau
2/10 - Péssimo
1/10 - De Fugir
0/10 - Nulidade
stats counter
HTML Hit Counter
counter
links
mais comentados
25 comentários
20 comentários
13 comentários
12511335_1084470088250815_732384524_o
subscrever feeds
SAPO Blogs