Data
Título
Take
2.11.08

Real.: Jean-Paul Salomé

Int.: Sophie Marceau, Julie Depardieu, Marie Gillain, Moritz Bleibtreu, Deborah François

 

 

Sempre acreditamos em heróis de guerra, em embriões de Rambo ou Comandos, duros de roer, sem emoções, onde nada os abala, mas nem sempre foi assim. A Grande Segunda Guerra Mundial, provavelmente a mais marcante e apocalíptica, foi um exemplo perfeito de atrocidades humanas, ausência de compaixão e um cenário cheio de “monstros” que na verdade se resumia ao próprio ser humano. Mas em momentos de queda que também a bondade característica da raça humana se destaca, e nisso verifica-se nas histórias de bravura e solidariedade nesse tempos difíceis, como Schindler e a sua lista, amor que nasce ou confirma-se entre as limitações de liberdade, Anne Frank e a compaixão que surge nas pessoas menos improváveis, quem se lembra do nazi que ajudou o pianista Szpilman no aclamado filme The Pianist de Roman Polanski. O que quero tentar dizer, e espero que não me interpretem mal, que a guerra mesmo sendo sinonimo de mal, destruição, caos, injustiças é por vezes a confirmação de que o ser humano ainda é capaz de possuir emoções calorosas como o amor, provavelmente não existe melhores pessoas na recepção desse sentimento que as mulheres. Depois de termos assistido o surpreendente Black Book de Paul Verhoeven, o qual Clarice Van Houten encontrava-se na pele da espiã aliada, este francês Les Femmes de l'Ombre recorre sobretudo ao contributo feminino na vitória dos Aliados na Segunda Guerra.

Realizado por Jean-Paul Salomé (Arsene Lupin), que também escreveu o argumento m conjunto com Laurent Vachaud é uma fita sobre 5 mulheres pertencentes á Resistência Francesa, que possuem a missão de escoltar um arqueólogo inglês, vital para o desembarque na Normandia (Dia D) e assassinar o Coronel da SS, Heindrich (Moritz Bleibtreu). Sophie Marceau, conhecida pelo seu papel ao lado de Mel Gibson em Braveheart, é a líder desta organização puramente feminina, e é ela a mais sólida do quinteto, em termos de personificação e interpretação, apesar de em questões interpretativas, Les Femmes de l’Ombre ser um filme bem avantajado. Nesse propósito, Moritz Bleibtreu que mesmo escondendo na sombra do infame e sádico Amon Goeth (Ralph Fiennes) da Lista de Schindler, encontra-se bem na pele de vilão e a jovem Deborah François, a confirmação de uma futura estrela.

Esta combinação de thriller de espionagem com o cinema bélico é de uma riqueza histórica e cénica inegável, mas falta algo que o faz par com o formidável Black Book, sim, a ênfase dramática que aqui parece ser abafada pelas cenas de acção e momentos de grande tensão psicológica. Falta-lhe um pouco de carnalidade e emoção, quando o filme termina ficamos com a sensação que este poderia seguir muito mais longe, enquanto isso fica um interessante retrato de época e um apelo á força feminina, porque heroísmo não escolhe sexos.

O melhor – a riqueza da época histórica

O pior – a falta de ênfase dramática emocional

 

Recomendações – Black Book (2006), The Schindler’s List (1993), Pearl Harbor (2001)

 

 
6/10
tags: ,

publicado por Hugo Gomes às 17:22
link do post | comentar | partilhar

sobre mim
pesquisar
 
arquivos
2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


recentemente

Pinar Toprak é compositor...

0%!! Gotti, filme de mafi...

Adrift (2018)

Eva (2018)

Primeiras imagens de «Won...

Arachnophobia terá remake...

Trailer: The Little Stran...

Trailer: First Man, Ryan ...

Trailer: The Girl in the ...

Jurassic World: Fallen Ki...

últ. comentários
Gritos 3: 5*Que filme excelente e fenomenal, adore...
Um dos meus favoritos 5*
Gritos 2: 5*Sidney, Dewey e Gale estão de regresso...
Para mim é um dos melhores estreados em 2018, amo ...
É já de domínio público que João Botelho adaptou, ...
Takes
10/10 - Magnífico
9/10 - Imprescindível
8/10 - Bom
7/10 - Interessante
6/10 - Razoável
5/10 - Medíocre
4/10 - Muito Fraco
3/10 - Mau
2/10 - Péssimo
1/10 - De Fugir
0/10 - Nulidade
stats counter
HTML Hit Counter
counter
links
mais comentados
25 comentários
20 comentários
13 comentários
12511335_1084470088250815_732384524_o
subscrever feeds
SAPO Blogs