Quinta-feira, 21 de Agosto de 2008

Real.: Guillermo Del Toro

Int.: Ron Perlman, Selma Blair, Doug Jones, Luke Goss, John Hurt

 

 

Sabendo que Guillermo Del Toro recusou realizar um novo filme de Harry Potter para poder continuar o seu trabalho na cinematografia do herói vermelho vindo directamente do inferno e com muito mau humor, só prova dedicação, já que não há duvidas nenhumas que a saga do jovem feiticeiro destronava facilmente esta adaptação do comics. Depois de ter conquistado o publico mundial com o seu Pan´s Labyrinth – Labirinto do Fauno, um filme inovador que controverte as regras de um simples filme de fantasia. O autor mexicano já havia trabalhado com a matéria-prima (Hellboy) em 2004, quando espantou os mais cépticos apresentando uma fiel e coesa adaptação, que nos dias de hoje se comporta como uma das melhores a nível do subgénero. Passado 4 anos depois, e com mais experiencia, eis que surge a esperada sequela vinda, segundo que foi dito constantemente os americanos, do visionário realizador de fantasia, Hellboy 2 – O Exercito Dourado que vêm preencher esta temporada quente.

Consta a lenda que numa batalha entre o reino fantástico e a humanidade, o exercito dourado fora despertado. Um colectivo de soldados mecânicos construídos com um único propósito, eliminar sem piedade toda a raça humana. O rei das criaturas fantásticas fica decepcionando com a frieza e a falta de honra destes mesmos soldados e bane o exército, sendo apenas despertando através de uma resolução de um puzzle submetido por ele, mas o príncipe Nuada (Luke Goss) não concorda com tal decisão e decide desertar do seu bando. Vários anos passados, príncipe Nuada organiza-se com os seus aliados com intuito de invocar o exército dourado e terminar aquilo que o seu pai começou, exterminar a Humanidade, e são um ser o poderá deter, Hellboy (Ron Perlman), uma criatura demoníaca invocada pelos nazis, mas criada no seio d e uma organização secreta que se especializa no combate às forças do mal, partilha os dois mundos, mas estranhamente não é aceite em nenhum deles.

Nota-se alguma ambição nesta obra fantástica, algo mais que na versão de 2004, o argumento também inspira o caso. Guillermo Del Toro faz uso da seu talento criativo quer na concepção de um Mundo imaginativo, quer nas “loucuras” cénicas, que prova além de mais de ser um futuro Tim Burton, mas com mais queda para as cores. Ron Perlman vota a vestir a pele de Hellboy, que tal “cai” que nem “ginjas” no mal-humorado e sempre sarcástico herói de banda desenhada, sendo talvez este o futuro d eum actor com limitações fisiológicas, mas o qual carisma tem, e muito, sendo o seu protagonismo quase não partilhável. No elenco poderemos contar ainda com Selma Blair, com a promessa da sua personagem vir a tornar-se mais importante para a reviravolta da historia, mas para isso necessitará mais da actriz, Doug Jones a cumprir o requisitado, sendo talvez o melhor actor “undercover” e Luke Goss a participar como vilão, o que de inicio assemelhava mais do mesmo em termos estereótipos, evoluiu para algo mais daquilo que se esperava, a sua personagem se torna no símbolo da queda de um império, de um reino á beira da extinção. Talvez sim, um dos melhores vilões deste ano (pronto, nem vou falar de Joker de Heath Ledger).

As cenas de acção são vistosas e até mesmo algumas sequencias já prometem serem clássicos do género, os efeitos especiais são dedicados e o conteúdo cénico e técnico invejável, mas o grande problema trata-se do argumento, ente este original, que é contagiada com um certo épico de Peter Jackson e também a evolução de uma narrativa mais fantástica que o filme anterior. Hellboy de 2004 poderia se resumir entre o básico arquétipo de uma adaptação de BD, básico mas dos bons, enquanto a sequela que além de tudo tem maior envergadura artística de El Toro tenta beber da mesma agua que muitas adaptações de novelas fantásticas infanto-juvenis tais como As Crónicas de Nárnia ou até mesmo The Spiderwick’s Chronicles. Composto e bem doseado pelas cenas de humor, acção e intriga directa de um blockbuster. Hellboy 2 é provavelmente um dos melhores filmes deste Verão e a sua atitude faz com que esteja a par com Spider Man 2 e Iron Man na luta das melhores adaptações de um super-herói (já que de The Dark Knight, está muito longe).

PS – neste momento espera-se atentamente pelos três.

 

O melhor – A entusiasta qualidade técnica

O pior – por vezes o argumento cheira a déjà vu

 

Recomendações – The Lord of the Rings – The Felowship of the Ring (2001), Iron Man (2008), The Omen (1976)

 

 

7/10
tags: ,

publicado por Hugo Gomes às 00:03
link do post | partilhar

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



sobre mim
pesquisar
 
arquivos
2019:

 J F M A M J J A S O N D


2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


recentemente

O pão de cada dia obriga ...

Critica - "Nós" não ficam...

Primeiras impressões: Us

Os patetas do costume

O meu Cinema é feito de M...

Maquilhagem americanizada...

Crítica: Marvel no nome, ...

Críticas: uma portuguesa,...

Primeiras reacções: Capta...

E os Óscares?

últ. comentários
Um luxo de actores num filme de lixo, repito LIXO....
Gostei muito da crónica. Vou acompanhar o seu blog...
Padrinho... Mas Pouco: 3*Um filme divertido, mas p...
Impossível esquecer este anjo, este homem.
Triste perda. Que descanse em paz.
Takes
10/10 - Magnífico
9/10 - Imprescindível
8/10 - Bom
7/10 - Interessante
6/10 - Razoável
5/10 - Medíocre
4/10 - Muito Fraco
3/10 - Mau
2/10 - Péssimo
1/10 - De Fugir
0/10 - Nulidade
stats counter
HTML Hit Counter
counter
links
mais comentados
30 comentários
25 comentários
20 comentários
12511335_1084470088250815_732384524_o
subscrever feeds
SAPO Blogs