Data
Título
Take
9.8.08

São ambas personagens interpretadas por Daniel Day-Lewis, Bill “The Butcher” Cutting do filme de Scorsese, Gangs of New York e Daniel Plainsview de There Will Be Blood de Paul Thomas Anderson; o que tem em comum estas das personagens além de serem interpretadas pelo mesmo actor? A resposta está na composição de ambas as personagens, apesar de ser diferentes e motivadas por consequências divergentes, são figuras veiculadas pelos seus pecados e ideias que obviamente repulsam a maioria das pessoas, mas são estas figuras que compõe um pouco o cinismo das crenças americanas. No caso de The Butcher, um líder de um gang anti-imigrante, provém de uma xenofobia já muito datada nesse mesmo país, para quem sabe um pouco de história conhece a verdadeira origem do dito “puro” americano, meramente inglesa, o qual se separaram das suas raízes através de vários conflitos que perduraram uma história já por sim curta de uma nação intolerante e pouco diversificado de ideias; o massacre dos índios, a descriminação dos afros, a perseguição dos irlandeses e nos dias de hoje a fobia para com os muçulmanos reflectem uma sociedade pouco apta para receber a diversidade humana e cultural. No filme de Martin Scorsese a personificação dessa natureza americana encontra-se na inesquecível personagem de Lewis. Esse comportamento hostil deriva de outros sentimentos ou pecados conforme querem chamar, os americanos sempre advieram de uma visão alargada para o seu próprio bem, o que resulta numa ambição quase para o gananciosa, Daniel Plainview do filme There Will Be Blood é outro retrato americano e bastante real até mesmo nos dias de hoje; a caça ao petróleo que os EUA não querem reconhecer, devido isso guerras e atrocidades foram cometidas em nome do ouro negro que muito, mas muito destruiu. Nos dias de hoje somos quase dependentes a este combustível fóssil e nos países mais desenvolvidos, essa situação piora em relação á sofisticação da tecnologia. Tendo uma grande detenção da grande parte do petróleo mundial, os EUA tem vindo a negociar essa parte com o resto do mundo, que torna-se como “Américo-dependentes” e verdade seja dita, muito foi aproveitado desta situação que já antevêem do final da 1º Guerra Mundial. Duas personagens diferentes, duas iguais, retratos de uma face cada vez mais divulgada na historia americana, os defeitos de um povo que desejam acima de tudo serem isolados dos resto do Mundo.

 


publicado por Hugo Gomes às 14:33
link do post | comentar | partilhar

sobre mim
pesquisar
 
arquivos
2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


recentemente

Encontrado realizador par...

Venom (2018)

Doclisboa'18 revela toda ...

Cary Fukunaga será o real...

A Simple Favor (2018)

Edgar Pêra "ataca" salas ...

Morreu Kirin Kiki, a noss...

Marco Martins tem novo pr...

The Predator (2018)

Rumor: Kit Harington pode...

últ. comentários
Um filme lindo. Um dos melhores do Ang Lee. O meu ...
"Deveria ser um crime ignorar um filme destes.". B...
Nem tinha vontade de ver o filme. Pensei que apena...
Sei que um filme é bom quando, assim que acaba, te...
Acho que será muito bom. O Joker é um personagem ...
Takes
10/10 - Magnífico
9/10 - Imprescindível
8/10 - Bom
7/10 - Interessante
6/10 - Razoável
5/10 - Medíocre
4/10 - Muito Fraco
3/10 - Mau
2/10 - Péssimo
1/10 - De Fugir
0/10 - Nulidade
stats counter
HTML Hit Counter
counter
links
mais comentados
25 comentários
20 comentários
13 comentários
12511335_1084470088250815_732384524_o
subscrever feeds
SAPO Blogs