Data
Título
Take
18.2.08
18.2.08

 

Real.: Eli Roth

Int.: Laura German, Roger Bart, Jay Hernandez, Heather Matarazzo

-

Três jovens estudantes americanas a estudar em Roma decidem passar um fim-de-semana na Eslováquia, que segundo uma amiga, lá encontrarão as melhores termas da Europa. Na promessa disso, as três jovens são apanhadas num negócio obscuro jogado por milhares de milionários. Um negocio ilegal que baseia na tortura, morte e revelação das fantasias mais impuras.

Com a estreia de Hostel (2005), um pouco de frenesim foi criado á sua volta, o que automaticamente o destinou a filme de culto, uma sequela é uma ideia básica, mas sempre bem rendida. Hostel 2 marca o regresso á ideia de Roth e Tarantino que milagrosamente conseguiu ser alargado para um argumento, mesmo que débil é um argumento. A sequela resume-se a uma revisão do primeiro que segundo o autor com alguns melhoramentos, os mais evidentes foram a troca do grupo protagonista masculino por outro totalmente feminino, o que evidentemente serve para atrair um maior numero de espectadores (masculinos) e tal como o anterior não ser acusado de filme sexista. Revelando assim as habituais cenas de nudez e outros “acessórios”.

Superficialmente o filme ainda mantêm os mesmos defeitos que o anterior, sendo esses a falta de maturidade de Roth para converter uma ideia numa história sólida, mas neste segundo capitulo o jovem realizador mostra que anda aprender alguns truques com o seu padrinho Tarantino, realçando a lenda provocada através duma incursão ao jogo em si, ou seja Hostel 2 revela pormenores a nível do negócio representado que consegue causar algum impacto e insegurança no espectador e nisso revela um trunfo. Excepto esse factor, o segundo “volume” do macabro relato é mais do mesmo que o filme de 2005, somente muda as personagens, as caras e as torturas. Quanto ao elenco, poderemos contar com algum profissionalismo por parte dos actores desconhecidos ou novatos, entre eles Laura German a dar alguma força á sua personagem, neste caso protagonista e particularmente gosto de ver Roger Bart, um actor praticamente desconhecido, mas veterano na televisão e alguns pequenos papéis em alguns filmes mais comerciais, mesmo que a sua personagem seja de um teor esquizofrénico, Bart transpira a talento subestimado.

Enquanto ao grande atractivo do filme, neste caso as torturas, todas elas bem elaboradas, estéticas e acima de tudo credíveis e por vezes chocante. Em comparação com o seu primo Saw, Hostel aposta sempre numa violência menos gratificante, mas mais macabra. Mesmo sendo uma sequela, Hostel 2 é superior a qualquer sequela de Saw, pelo menos não ilude tentando ser inteligente.

O melhor – um desenvolvimento em termos de argumento em comparação ao primeiro

O pior – não consegue fugir do mais do mesmo

6/10
tags: ,

publicado por Hugo Gomes às 13:23
link do post | comentar | partilhar

sobre mim
pesquisar
 
arquivos
2019:

 J F M A M J J A S O N D


2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


recentemente

O pão de cada dia obriga ...

Critica - "Nós" não ficam...

Primeiras impressões: Us

Os patetas do costume

O meu Cinema é feito de M...

Maquilhagem americanizada...

Crítica: Marvel no nome, ...

Críticas: uma portuguesa,...

Primeiras reacções: Capta...

E os Óscares?

últ. comentários
Título do post muito criativo.
Legal o tema do post. Parabéns.
Aguardando. Blog bem legal!
Um luxo de actores num filme de lixo, repito LIXO....
Gostei muito da crónica. Vou acompanhar o seu blog...
Takes
10/10 - Magnífico
9/10 - Imprescindível
8/10 - Bom
7/10 - Interessante
6/10 - Razoável
5/10 - Medíocre
4/10 - Muito Fraco
3/10 - Mau
2/10 - Péssimo
1/10 - De Fugir
0/10 - Nulidade
stats counter
HTML Hit Counter
counter
links
mais comentados
30 comentários
25 comentários
20 comentários
12511335_1084470088250815_732384524_o
subscrever feeds
SAPO Blogs