Data
Título
Take
26.1.08

 

Real.: James Mangold

Int.: Russell Crowe, Christian Bale, Ben Foster, Peter Fonda, Vinessa Shaw, Luke Wilson

-

 

Dan Evans (Christian Bale) é um ex-combatente mutilado de uma perna que possui graves problemas financeiros e para poder resolver esses mesmos problemas, como também para dar algo mais á sua família, junta-se a um grupo que escolta um temível criminoso, Ben Wade (Russell Crowe), até ao comboio que o levará Yuma, onde será julgado e condenado. O de inicio seria em troco de dinheiro, começa a tornar-se algo mais pessoal para Dan Evans, principalmente quando começa a conhecer melhor aquele que está a ser escoltado.

O western foi uma género que enfrentou a extinções nos anos 80 e revivido a partir do ano 1992, concretamente quando Clint Eastwood realiza o terminal Unforgiven – Imperdoável, que contou com um Óscar de Melhor Filme. A partir do novo século (XXI), começou a sentir-se uma afirmação deste género, tal como uma reforma. Deixamos os habituais bons valores da antiga Hollywood para trás e os velhos artifícios que o caracterizavam, o western tornou-se agora mais violento, gore como querem chamar, menos sensível e mais vistoso e tecnicamente mais avassalador e flexível. È por estas e por outras que filmes como The Proposition e Three Burials of Melquiades Estrada, que apesar de ser 40 anos mais novos que a maioria dos westerns spaghettis, conseguem se destacar como novos clássicos.

O género começou a ganhar muita má fama, graças a um certo filme de Ang Lee em 2005, eu não o culpo por ter realizado um (muito) bom filme, apenas às mentalidades que são levadas pelo preconceito e pela catalogação fácil. 3:10 To Yuma provavelmente não será um êxito de bilheteira, mas é de facto um filme nostálgico e muito profissional. A começar pelo realizador, James Mangold, que foi destacado pelo seu filme anterior Walk The Line, que ainda hoje reside como uma das melhores biopics musicais de sempre. Pena é não dizer o mesmo deste “filme de cowboys”, mas também não anda longe disso.

Christian Bale e Russell Crowe cumpram com rigor as suas personagens, dando nelas energia suficiente para cativar o espectador. Mas mesmo que os dois protagonistas sejam em muito, os dois grandes atractivos do filme, o discreto Ben Foster consegue ter um desempenho impressionante como um vilão do mais fascista possível, onde mesmo o olhar o caracteriza como tal, sendo o protagonista de alguns dos melhores momentos do filme. Poderá ser este um bom caminho para o actor proveniente de projectos adolescentes como Esquece e … Siga? O resto do elenco também encontra-se consideravelmente bem e a presença de Peter Fonda é bastante forte.

O grande defeito do filme é o facto de ser um remake de um clássico de 1957, o que desvaloriza e muito o seu potencial de criatividade, mas James Mangold sai a ganhar, o filme tem a coragem suficiente para sair do catalogo de cópia e tornar-se num agrupado referenciais nostálgicos, porque é exactamente em 3:10 to Yuma que relembramos os lendários duelos na poeira sob o sol ardente, perseguições envolvendo carroçarias e bandidos, índios e suas setas e tudo o resto que se perdeu na tal reforma do faroeste. A nova criação do realizador de Walk The Line é uma experiencia á muito perdida, revivida através dos mais novos artifícios e protagonistas de “p” grande.

                              

O melhor – a nostalgia que o filme invoca

O pior – apenas o facto de ser um remake 

9/10
tags: ,

publicado por Hugo Gomes às 14:22
link do post | comentar | partilhar

sobre mim
pesquisar
 
arquivos
2019:

 J F M A M J J A S O N D


2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


recentemente

O pão de cada dia obriga ...

Critica - "Nós" não ficam...

Primeiras impressões: Us

Os patetas do costume

O meu Cinema é feito de M...

Maquilhagem americanizada...

Crítica: Marvel no nome, ...

Críticas: uma portuguesa,...

Primeiras reacções: Capta...

E os Óscares?

últ. comentários
Título do post muito criativo.
Legal o tema do post. Parabéns.
Aguardando. Blog bem legal!
Um luxo de actores num filme de lixo, repito LIXO....
Gostei muito da crónica. Vou acompanhar o seu blog...
Takes
10/10 - Magnífico
9/10 - Imprescindível
8/10 - Bom
7/10 - Interessante
6/10 - Razoável
5/10 - Medíocre
4/10 - Muito Fraco
3/10 - Mau
2/10 - Péssimo
1/10 - De Fugir
0/10 - Nulidade
stats counter
HTML Hit Counter
counter
links
mais comentados
30 comentários
25 comentários
20 comentários
12511335_1084470088250815_732384524_o
subscrever feeds
SAPO Blogs