Data
Título
Take
24.1.08

 

Um blockbuster “found footage”!

 

A fórmula de Cloverfield está toda vista; reviver o conceito transmitido por Blair Witch Project(o found footage)e amalgamando umas “pitadinhas” do clássico filme de monstros como Godzilla e até mesmo do recente The Host – A Criatura e … voilá, é mais ou menos isto que podemos esperar deste projecto "acarinhado" por J.J. Abrams. Mas para além da formula já batida e "cocktalizada", o que poderemos encontrar ainda mais no filme?

 

 

Cloverfield até no seu enredo é tão próprio dos filmes de terror. Ora vejamos - uma festa de proporções "colossais" abre a fita. Todos se divertem e as personagens são introduzidas de pára-quedas e de repente surge um "apagão" como prólogo de uma sucessão de eventos bizarros e de carácter desastrosos culminam na cidade de Nova Iorque. Os jovens, anteriormente festeiros, encontram-se agora no seio de algo, melhor, de alguma coisa. Por fim damos lugar a uma jornada de sobrevivência pelas ruas de Manhattan, com tudo aquilo que temos direito nesse "contracto".

 

 

Apesar disso, a salada de frutas gerida por Matt Reeves é composta por "suculentos" ingredientes que cumprem a sua parte nesta "montanha russa" cinematográfica. Graças à narrativa found footage em cumplicidade do hype imposto por J.J. Abrams, Cloverfield usufrui do realismo importado pelo amadorismo propositado e do efeito sugestão, sempre presente no desenrolar do mesmo. Trata-se de uma experiência ao nível de [REC] de Jaume Balagueró e Paco Plaza, ou seja a visão e o conhecimento do espectador é encurtado à perspectiva da câmara e assim focar o seu olhar no pretendido. De certa forma o found footage resulta como uma manifestação opressiva da contemplação do espectador, deixando a mercê da direcção do filme.

 

 

Mesmo sujeito a uma fórmula, Cloverfield é competente na sua premissa e promessa, com um elenco desconhecido e capaz de emanar o credível e o realismo (apesar de algumas personagens roçarem a caricatura digna da comédia adolescente) o filme vagueia pelos seus atractivos de “feira” e na intervenção de Matt Reeves em construir sob as “asas” das suas limitações um modelo digno do blockbuster hollywoodesco. Trata-se de um exercício de espectáculo que resulta numa experiência de sentidos no grande ecrã, porém o maior defeito de Cloverfield é mesmo o facto de ser um tipo de obra que vive da novidade e com isto uma segunda visualização se resume a pólvora seca. 

 

“Nobody ever listens to me, then when they do... we're gonna die…”

 

Real.: Matt Reeves / Int.: Mike Vogel, Jessica Lucas, Lizzy Caplan

 

O melhor –  Um filme que verdadeiramente se vive no momento.

O pior –  algum irrealismo nas personagens nas primeiras sequências do filme (antes do ataque). 

 

6/10
tags: ,

publicado por Hugo Gomes às 22:22
link do post | comentar | partilhar

2 comentários:
De Dreamweaver a 27 de Janeiro de 2008 às 13:49
Hugo, o nome dele é Hu~d e não Hug...
O filme está mesmo muito bom.
Abraço


De cinelx a 5 de Outubro de 2008 às 00:27
Uma experiencia cinematografica realista e por vezes arrebatadora, mas fica-se pelo exercicio de estilo. como tu dizeste e muito bem, para ver um vez.

3/5


Comentar post

sobre mim
pesquisar
 
arquivos
2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


recentemente

Nadav Lapid estará no Cur...

A vida de Sammy Davis Jr....

Que caem as fronteiras en...

Pinar Toprak é compositor...

0%!! Gotti, filme de mafi...

Adrift (2018)

Eva (2018)

Primeiras imagens de «Won...

Arachnophobia terá remake...

Trailer: The Little Stran...

últ. comentários
Bel Ami: 3*A meu ver é fiel ao livro, gostei do qu...
Gritos 3: 5*Que filme excelente e fenomenal, adore...
Um dos meus favoritos 5*
Gritos 2: 5*Sidney, Dewey e Gale estão de regresso...
Para mim é um dos melhores estreados em 2018, amo ...
Takes
10/10 - Magnífico
9/10 - Imprescindível
8/10 - Bom
7/10 - Interessante
6/10 - Razoável
5/10 - Medíocre
4/10 - Muito Fraco
3/10 - Mau
2/10 - Péssimo
1/10 - De Fugir
0/10 - Nulidade
stats counter
HTML Hit Counter
counter
links
mais comentados
25 comentários
20 comentários
13 comentários
12511335_1084470088250815_732384524_o
subscrever feeds
SAPO Blogs