Data
Título
Take
2.5.13

Não, não é o “Grande” dia!

 

As carreiras de Robin Williams nem de Diane Keaton nunca mais foram as mesmas, condenadas aos últimos anos a papéis homogéneos em comédias de baixa qualidade e de profissionalismo, os actores volta a integrar “mais um” na filmografia ao lado do igualmente “perdido” Robert De Niro (a nomeação ao Óscar em Silver Linings Playbook de David O. Russell não adiantou de nada) em The Big Wedding – O Grande Dia, um remake norte-americano da comédia franco-suíça de Jean-Stéphane Bron, Mon Frère se Marie.

 

 

Um filme caótico e demasiado encenado que apenas confirma a ideia de que “Hollywood está sem ideias”, que serviu de slogan da última edição do IndieLisboa. The Big Wedding nos revela a história de um casal divorciado (Diane Keaton e Robert De Niro) que terão que passar por novamente noivos a fim do seu filho adoptivo (Ben Barnes) convencer a mãe biológica, uma preconceituosa e moralista “beata”, a conceber a bênção para o casamento deste.

 

 

De resto a fita de Justin Zackham é “erguida” através de momentos desleixados de ilusão, algum drama telenovelesco para preencher a narrativa e sequências sem nexo para a mesma. Mas o mais desconcertante nisto tudo, é estarmos perante de um elenco preguiçoso onde apenas Susan Sarandon, em modo automático e em autocaricatura, que parece “brilhar” no meio disto tudo.

 

 

The Big Wedding representa o pior de Hollywood dos últimos anos, falta de originalidade e criatividade, moralmente incompreensível, ausência de profissionalismo e esforço e narrativamente presunçoso e trapalhão, um filme de estúdio cinematograficamente escasso. Se não fosse a linguagem por vezes obscena e das cenas de nudez, diria que “O Grande Dia” estaria condenado, pensando bem até não era mau castigo, a tornar-se num “grande dia” de Domingo à tarde.

 

Real.: Justin Zackham / Int.: Robert De Niro, Diane Keaton, Katherine Heigl, Robin Williams, Susan Sarandon, Ben Barnes, Topher Grace, Amanda Seyfried

 


3/10
tags: ,

publicado por Hugo Gomes às 01:44
link do post | comentar | partilhar

sobre mim
pesquisar
 
arquivos
2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


recentemente

Braço de Ferro em Cannes,...

Yomeddine (2018)

Todos lo Saben (2018)

Os sentimentos de um louc...

Cannes arranca com segred...

Morreu Ermanno Olmi, o ve...

I'm here ... again!

Conheçam os vencedores do...

Mais pormenores sobre o n...

Novo trailer de Ant-Man a...

últ. comentários
Para mim é um dos melhores estreados em 2018, amo ...
É já de domínio público que João Botelho adaptou, ...
O sr deve apanhar cada seca no cinema. Nunca conte...
Tomb Raider: 4*Este é um blockbuster bem conseguid...
Mas, sendo este caso Woody Allen já tão antigo, po...
Takes
10/10 - Magnífico
9/10 - Imprescindível
8/10 - Bom
7/10 - Interessante
6/10 - Razoável
5/10 - Medíocre
4/10 - Muito Fraco
3/10 - Mau
2/10 - Péssimo
1/10 - De Fugir
0/10 - Nulidade
stats counter
HTML Hit Counter
counter
links
mais comentados
25 comentários
20 comentários
13 comentários
12511335_1084470088250815_732384524_o
subscrever feeds
SAPO Blogs