Data
Título
Take
27.6.17

Transformers - O Último Cavaleiro.jpg

Até uma sósia da Megan Fox arranjaram!

 

Arrancamos com o texto com uma controversa afirmação: Michael Bay é um autor desta Hollywood subjugada tecnologicamente. Pronto, está dito. Agora, se isto é um facto a ter em conta, e puxando pela chamada política dos autores que, de certa maneira, os envolve numa imunidade crítica, é com cada um, porque não é isso que vem à baila na confrontação desta "sucata" escarafunchando em outra "sucata". Enquanto não seguimos então um novo efeito Verhoeven, fiquemos com o seguinte equívoco da industria estival.

 

1494538422-c-data-users-defapps-appdata-internetex

 

O quinto Transformers é, de longe, o mais insuportável da saga. O porquê desta afirmação? Simples. Enquanto o cinema de entretenimento tende em inserir no seio da agenda de lufa-lufa um desenvolvimento empático com o espectador, Bay descarta completamente qualquer sobriedade nas suas personagens, acções, tramas, efeitos e todas as consequências trazidas por esse extremo ego.

 

transformers-5-last-knight-score-steve-jablonsky.j

 

Falta world building (termo utilizado para a construção de uma mitologia, de uma atmosfera, um ambiente, neste caso a desculpa de vender mais brinquedos e merchandising), não existe dedicação do material, há um desleixo na construção das suas personagens e uma dependência vinculada nos movimentos de câmara que tão bem mimetizam um videojogo. E não nos estamos a referir apenas ao plano americano à lá Bay, das longas sequências a lisonjear as forças militares americanas, da bandeira que baila ao vento, dos enésimos product placements que se camuflam como easter eggs e … pela quinta vez … o dispositivo narrativo do mundo em perigo por um iminente apocalipse (a esta altura já bocejamos com as imagens de destruição e do bye bye monumentos protegidos pela UNESCO).

 

Screen-Shot-2017-05-17-at-8.16.35-AM.png

Não, referimo-nos ao ritmo epiléptico induzido na narrativa, às mil e uma coisas a acontecerem no grande ecrã sem a percepção do espectador, os diálogos formatados e sem emoção, o agravamento da continuidade com a saga, a descartabilidade dos eventos e a falta de noção e de astúcia para conduzir isto como um espectáculo circense. Pois, porque nem para isso serve. Gastamos 200 milhões … nisto. Um "filme" que nos deixa mudos, mas devido ao cansaço psicológico causado por esta anarquia mais anárquica, que nem serve sequer para o conseguirmos apelidar de cinema experimental. Apre!

 

Real.: Michael Bay / Int.: Mark Wahlberg, Anthony Hopkins, Josh Duhamel, Stanley Tucci, Laura Haddock, Omar Sy, Isabela Moner, Ken Watanabe John Goodman, John Turturro, Gemma Chan, Jim Carter, Steve Buscemi

 

transformers-the-last-knight-review.jpg

2/10

publicado por Hugo Gomes às 21:25
link do post | comentar | partilhar

5 comentários:
De Sofia a 27 de Junho de 2017 às 21:52
...e nem sequer incluem uma música dos Linkin Park ou dos Paramore nos créditos, que era a única parte que se aproveitava dos filmes.

OK, só vi o primeiro filme e não desgostei. Mas, pelo que vejo, não estou a perder nada...


De Nuno Dias a 29 de Junho de 2017 às 17:27
Puro lixo....'fast food cinematográfico'. Quem gostar....tem algo de errado consigo.


De Anónimo a 29 de Junho de 2017 às 20:03
Gostei muito do filme, alias foram 2 horas e meia de prazer.


De Nóbrega a 22 de Julho de 2017 às 14:00
Cinquenta tons de anônimo


De Anónimo a 29 de Junho de 2017 às 21:37
Já li muito lixo de "opinadeiros" de filmes sobre ficção cientifica... para aquilo que "opineias" é seguro que o teu filme sobre os Transformers é bem melhor... diz-me em que salas está em exibição porque quero comparar com a obra cinematográfica do Bay.
"Everyone's a critic!" já era dito nos anos 90... mas actualmente mete nojo todos terem opiniões e serem entendidos em tudo e não apresentarem obra!!!!
O filme tá excelente porque além de ser canon apresenta inovações no argumento e na criatividade dos autores.
O Bay faz bem em largar do alto para as opiniões dos fãs... se fizesse aquilo que os fãs queriam... ao 3º filme já a história tinha sido toda contada e o resto eram reboots e remakes... a saga além deste filme ainda vai ter mais 7 filmes. Não gostaste dos filmes... no entanto foste ver todos ou quase todos como contas no artigo... congruente, não é? Eu também não gosto dos estereótipos americanos... mas temos que viver com eles. C'est la vie.
Para quem não gosta há sempre o: Faz melhor!
Stanley Tucci, Mark Walberg e Anthony Hopkins estiveram brilhantes nos seus papeis... apesar do Stanley ter tido uma participação pequenina em todo o filme.
Vi em 3D e gostei bastante do filme.


Comentar post

sobre mim
pesquisar
 
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


recentemente

Trailer: Alguém Como Eu, ...

Tom Hanks em refilmagem d...

Atenção!! Trailer do novo...

Trailer: Bad Investigate,...

Doclisboa compromete-se c...

Alicia Vikander é Lara Cr...

Morreu Harry Dean Stanton...

Jamie Lee Curtis de volta...

Doclisboa'17: Wang Bing a...

IT (2017)

últ. comentários
como e que eu vejo este filme não estando ele já n...
Viva Hugo! Boa análise do It. Gosto de ver a críti...
Tudo bem, Hugo? Falando em palhaços :DDê uma olhad...
Finalmente o Donald Sutherland recebe alguma coisa...
Olá, eu assisto todos os filmes neste site https:/...
Takes
10/10 - Magnífico
9/10 - Imprescindível
8/10 - Bom
7/10 - Interessante
6/10 - Razoável
5/10 - Medíocre
4/10 - Muito Fraco
3/10 - Mau
2/10 - Péssimo
1/10 - De Fugir
0/10 - Nulidade
stats counter
HTML Hit Counter
counter
links
mais comentados
25 comentários
20 comentários
13 comentários
12511335_1084470088250815_732384524_o
subscrever feeds
blogs SAPO