Data
Título
Take
26.1.15

Homem Decente, O.jpg

Eram todos rapazes decentes!

 

" (...) Na vida, é preciso ser decente, corajoso e ter bom coração", escrevia Heinrich Himmler numa das suas cartas. Palavras sábias que demonstram sobretudo uma humildade de espírito, mas convém sublinhar que Himmler é o braço-direito de Adolf Hitler. O homem por trás dos conselhos de decência foi em tempos apelidado como o arquitecto da "Solução Final", o visionário do extermínio de uma "raça" que ele próprio considerava prejudicial para a ascensão de uma outra, pura e soberana (tendo também sido um dos mentores da concretização dos campos de concentração).

 

the-decent-one.jpeg

 

The Decent One (Um Homem Decente, um título irónico e de certa forma trocista ao legado deste homem de mente indecifrável), é um documentário que nos reúne um ponto vista único através da leitura de cartas, fotografias e diários encontrados na casa de família dos Himmler, em 1945. Para além de uma biografia de um dos rostos das atrocidades cometidas e da proliferação do idealismo Nazi na Alemanha e noutras partes da Europa, o filme de Vanessa Lapa remete-nos como um documento sobre os efeitos e réplicas de um regime, descrevendo uma época fatídica e memorável para a Humanidade do século XX.

 

the-decent-one_612x380.jpg

 

A descrença dos alemães pela sua Nação após a humilhante derrota da Primeira Guerra Mundial, o desejo de uma nova guerra como uma demonstração de bravura, o realçar dos valores patrióticos que só Adolf Hitler conseguiu estabelecer no seu povo e a premonição de um novo mundo, erguido de uma tremenda poça de sangue, são alguns dos factores que o filme analisa pelos olhos de Himmler, os quais também avaliam a sua própria figura. Tal como um feitiço que se vira contra o feiticeiro, Lapa utiliza o seu legado de forma reflexiva aos seus pensamentos, elaborando não um "monstro", mas um homem de um poder intelectual invejável, embora, distorcido.

 

TDO-3.jpg

 

Resumidamente, O Homem Decente é uma autocrítica póstuma, não deixando de ser impressionante o retrato orquestrado sem um pingo de maniqueísmo ou manipulação. Eis um registo linear e formalista que se incorpora como um diário visual de alguém que o Mundo dificilmente poderá esquecer. Quanto aos julgamentos, só o espectador poderá faze-lo, obviamente sob advertências.

 

Real.: Vanessa Lapa

 

1385870834.jpg

 

8/10
tags: ,

publicado por Hugo Gomes às 20:50
link do post | comentar | partilhar

sobre mim
pesquisar
 
arquivos
2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


recentemente

Clive Owen junta-se a Wil...

Leonardo DiCaprio protago...

John Wick será série de t...

Quote #09: Body Snatchers...

Jeanne! será o próximo fi...

Pop Aye (2017)

Quote #8: All Abou Eve (J...

Pinhead de regresso! Divu...

Primeiro vislumbre de Joh...

QUOTE #7: Pauline Keal

últ. comentários
Este gênero nunca foi um dos meus preferidos, póre...
Concordo, "Índice Médio de Felicidade" e "Malapata...
O "São Jorge" é até agora o meu preferido, mantend...
Vi hoje, Robert Pattinson no seu melhor! Que venha...
Uma das maiores surpresas do ano, mesmo sendo do W...
Takes
10/10 - Magnífico
9/10 - Imprescindível
8/10 - Bom
7/10 - Interessante
6/10 - Razoável
5/10 - Medíocre
4/10 - Muito Fraco
3/10 - Mau
2/10 - Péssimo
1/10 - De Fugir
0/10 - Nulidade
stats counter
HTML Hit Counter
counter
links
mais comentados
25 comentários
20 comentários
13 comentários
12511335_1084470088250815_732384524_o
subscrever feeds
blogs SAPO