Data
Título
Take
26.8.14

 

Há algum tempo atrás, foi disponibilizado uma cópia, e em boa qualidade, do filme The Expendables 3 sem o consentimento da própria Lionsgate, a produtora do franchising. Este cenário é descrito como algo rotineiro dentro da pirataria cinematográfica, mas neste caso especifico existiu um certo “descaramento”, tudo porque o filme nem sequer tinha estreado em nenhum cinema na altura em que a cópia era descarregada freneticamente, e mais, não estamos a falar de nenhuma produção independente, mas sim de uma das grandes apostas de Verão.

 

Esta “fuga de informação” anteviu um previsível estatuto para a segunda sequela desta reunião de veteranos gerida por Sylvester Stallone, o de fiasco comercial. E foi isso que aconteceu (pelo menos nos EUA). Por mais desculpas que se queira arranjar para o efeito; cansaço do franchising, a fraca qualidade do mesmo, a teoria do desinteresse do espectador (ridículo aliás), a decisão dos PG-13 para abranger mais público, The Expendables 3 falhou nas bilheteiras, de forma vergonhosa, por culpa da fácil acessibilidade de que foi vitima, é o facto … ponto. 

 

O caso dos The Expendables 3 será relembrado como um exemplo digno de como a pirataria é prejudicial para a perfomance do filme em sala. A Lionsgate de momento tenta “punir” os culpados, e tal como os seus personagens de acção, apontar para mais alto as suas “carabinas”, ou seja culpabilizar os sites de partilha e de torrents pelo prejuízo cometido, pelo “flop” de que o filme será relembrado. 

 

Quando alguns tentam combater essa mesma pirataria, outros parecem arranjar maneiras de lucrar com ela, e de certa forma “branqueá-la”. Em Portugal, o Governo aprovou esta semana a Lei da Cópia Privada, onde será incutido uma taxa monetária em telemóveis, pens drives, discos rígidos e outros dispositivos que possam gravar qualquer ficheiro e elemento (termo mais formal – criar uma obra). Segundo o mesmo, 40% desse valor seguirá para os autores, 30% para os artistas e os outros 30 da fatia para os produtores de fonogramas e de videogramas. O que parece à partida uma boa medida para preservação do material original e de quem o executa, acentua-se como uma ofensa para o próprio consumidor, este é tratado automaticamente de pirata, quer queira, quer não.

 

O mesmo irá pagar, estimativamente, mais de 25 euros adicionais ao valor dum telemóvel e cerca de 10 numa pen. Um “sobrecarregamento” que não irá apenas “pesar” no bolso dos consumidores, mas como também incentivará ainda mais a pirataria, tendo em conta que esta lei confunde o mesmo com cópia privada. A empresas teimam pelo declínio no mercado, mas será o Cinema uma das grandes vitimas desta “aplicação”, o ciclo vicioso continua e em derivação disso avizinha-se um maior desleixo na distribuição dos filmes, mais fechos de cinema e um tratamento cada vez mais frio do Governo ao cinema enquanto plataforma artística.

 

O que muitos combatem diariamente, em Portugal deixa-se cair as armas, abraçando o inimigo. É uma derrota, apenas disfarçada como uma vitória para “inglês ver”.

 

 

Ver também

The Expendables 3 (2014)

 

Acompanha-nos no Facebook, aqui, e no Twitter, aqui.

 


publicado por Hugo Gomes às 01:14
link do post | comentar | partilhar

1 comentário:
De jonasnuts a 26 de Agosto de 2014 às 09:35
A lei da cópia privada que irá ser debatida na assembleia da república não branqueia a pirataria. Aliás, não tem nada a ver com pirataria, na medida em que apenas incide sobre obras acedidas legalmente.

O que a lei da cópia privada diz, é que podemos fazer uma cópia, para uso pessoal, de algo que tenhamos comprado.

É ridícula, é absurda, é injusta, mas não tem nada a ver com pirataria.


Comentar post

sobre mim
pesquisar
 
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


recentemente

Novo filme de Roman Polan...

James Gray vai para o esp...

Sequela de Split recebe o...

Morreu Jonathan Demme, re...

Paul Verhoeven prepara fi...

Divulgado júri completo d...

Guardians of the Galaxy V...

Clint Eastwood terá mais ...

La Chiesa (1989)

Captain Marvel já tem rea...

últ. comentários
Se a Disney tem " daddy issues" voce aparenta ter ...
"Será que vemos em Guardiões da Galáxia os ensinam...
Este filme promete. Já é uma pena que se façam seq...
A década de 90 foi uma das melhores, mas especific...
Juntamente com Terminator 2 e com The Matrix, Jura...
Takes
10/10 - Magnífico
9/10 - Imprescindível
8/10 - Bom
7/10 - Interessante
6/10 - Razoável
5/10 - Medíocre
4/10 - Muito Fraco
3/10 - Mau
2/10 - Péssimo
1/10 - De Fugir
0/10 - Nulidade
stats counter
HTML Hit Counter
counter
links
mais comentados
25 comentários
20 comentários
13 comentários
12511335_1084470088250815_732384524_o
subscrever feeds
blogs SAPO