Data
Título
Take
4.2.14

A despedida de Ozu!

 

Em O Gosto do Saké (titulo traduzido), o seu ultimo filme da carreira e o segundo rodado a cores como se de pastosas pinturas de guaches se tratassem, Yasujiro Ozu aborda um país sob uma crise de identidade. Enquanto em Tokyo Monogatari (A Viagem de Tóquio), por exemplo, continuávamos a assistir um Japão tradicional em plena remodelação após a derrota da Guerra, na derradeira obra deparamos com uma nação nipónica cada vez mais contagiada pelo Ocidente.

 

 

Entre os exemplos Ozu filma grandes fábricas industriais, os produtos ocidentais em constante presença no quotidiano das personagens (a cerveja ao invés de saké, o macarrão ao invés de arroz, as uvas aos invés das delicias típicas) e a vontade destas em mimetizar o estilo de vida norte-americano, enchendo as suas habitações com os mais claros acessórios do moderno ocidente. E não só: até mesmo o uso de contraceptivos é referido. É uma transição visual e inerente que o cineasta implanta sob uma trama tão usual na sua carreira, novamente balançando os seus ingredientes em mais uma nova visita à classe média. O Gosto do Saké resume-se a um drama agridoce sobre a importância do casamento como dever de uma vida e a solidão que atinge a "velhice" (um dos elementos altamente referidos na carreira do realizador).

 

 

A história centra num veterano viúvo interpretado pelo actor Chishu Ryu (cara conhecida da obra de Ozu) que tenta arranjar casório para sua única filha. Contudo o medo do isolamento se instala no pobre "velhote". Uma obra tão rica em simbolismos, ditada pelas ocorrências minuciosas e demoradas, O Gosto de Saké, tal como o título parece indicar, é um filme para saborear, para sentir e, acima de tudo, interagir. O final é novamente contagiado por um clímax algo poético que, apesar não ter a mesma força emocional que A Viagem de Tóquio, possui um traço especial, uma despedida dolorosa mas incutida como uma prolongada balada de um realizador e um cinema tão único como de "tão japonês", preservando todos os elementos característicos do seu modus operatis (os planos baixos e os falso-raccords).

 

 

Os constantes olhares ao passado com pouca crença no futuro cada vez mais reduzido e o país que metamorfoseou em consequência dos mais inúmeros eventos, até se tornar numa terra capitalista, onde a modernidade ocidental tenta a todo o custo apagar uma herança tradicional. O quotidiano de Ozu igual a si mesmo, mas sob uma capa adulterada e sofisticado. Chishu Ryu encontra-se perfeito a personificar Yajusirô Ozu nesta tremenda despedida, visto que o realizador faleceu um ano depois de O Gosto de Saké, no exacto dia do seu aniversario, quando completava 60 anos. O ultimo adeus em jeito de melancolia.

 

Real.: Yasujiro Ozu / Int.: Chishû Ryû, Shima Iwashita, Keiji Sada

 

 

Ver Também

Tokyo Monogatari (1953)

 

9/10

publicado por Hugo Gomes às 20:45
link do post | comentar | partilhar

sobre mim
pesquisar
 
arquivos
2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


recentemente

Clive Owen junta-se a Wil...

Leonardo DiCaprio protago...

John Wick será série de t...

Quote #09: Body Snatchers...

Jeanne! será o próximo fi...

Pop Aye (2017)

Quote #8: All Abou Eve (J...

Pinhead de regresso! Divu...

Primeiro vislumbre de Joh...

QUOTE #7: Pauline Keal

últ. comentários
Este gênero nunca foi um dos meus preferidos, póre...
Concordo, "Índice Médio de Felicidade" e "Malapata...
O "São Jorge" é até agora o meu preferido, mantend...
Vi hoje, Robert Pattinson no seu melhor! Que venha...
Uma das maiores surpresas do ano, mesmo sendo do W...
Takes
10/10 - Magnífico
9/10 - Imprescindível
8/10 - Bom
7/10 - Interessante
6/10 - Razoável
5/10 - Medíocre
4/10 - Muito Fraco
3/10 - Mau
2/10 - Péssimo
1/10 - De Fugir
0/10 - Nulidade
stats counter
HTML Hit Counter
counter
links
mais comentados
25 comentários
20 comentários
13 comentários
12511335_1084470088250815_732384524_o
subscrever feeds
blogs SAPO