Data
Título
Take
22.6.15

San Andreas.jpg

Um desastre de filme!

 

O subgénero dos chamados filmes-desastre viveu o seu apogeu em pleno anos 70 (Earthquake, de Mark Robson vem automaticamente à memória), mas actualmente parece estar reduzido à escola de Roland Emmerich. Visto como um pretexto para uma exposição gratuita de CGI, com mais interesse em "abanar" o box-office mundial do que propriamente presentear o espectador com novas plataformas e experiências cinematográficas, San Andreas é talvez mais um exemplo dessa mesma "escola", que tirando o seu pano de fundo pedagógico - a falha de Santo André e as suas placas tectónicas – é de curto rastilho sem razão alguma para a sua existência.

maxresdefault (2).jpg

"O maior terramoto que o Mundo alguma vez sentirá". É assim que esta aventura tecnológica vende-se de forma narcisista, oferecendo em pleno verão a enésima mostra de efeitos visuais, onde o factor humano é praticamente nulo. Se Emmerich minou o seu pretensioso e espalhafatoso 2012 com um humor algo "camp", com San Andreas nada disso acontece. É tudo levado a sério, mesmo que a sua intriga secundária - a reconciliação de uma família desfragmentada – seja involuntariamente risível e dramaticamente fracassada. Aqui a destruição é abundante, as vitimas amontoam-se, mas nada é verdadeiramente sentido. Para tal entra a dita linguagem de videojogo que muitos dos grandes "blockbusters" de verão parecem ter adquirido, aquele excesso de grafismo, o qual se nota mais nas mirabolantes cenas de destruição que procuram mais impressionar o espectador do que fazê-los sentir na iminência do perigo e do caos a nível humanitário.

maxresdefault (3).jpg

Ora este massacre em massa levado a cabo por estes processos tecnológicos revela-se ineficaz em conduzir as suas personagens. Se Dwayne Johnson, o ex-wrestler The Rock, salienta ao mundo inteiro que é um Schwarzenegger desta nova geração, o resto está longe de não enfadar. Carla Gugino nunca consegue concentrar-se dramaticamente, seguido um desempenho em claro overacting, Alexa Daddario está mais preocupada em ser uma nova Megan Fox do que propriamente uma Jennifer Lawrence, e Ioan Gruffudd é um antagonista caído de pára-quedas com direito a castigo divino e tudo. Já Paul Giamatti é o sismólogo que tenta alertar uma nação inteira para a eventual catástrofe, credibilidade apenas alcançada quando proclama as previsíveis palavras "God be with you".

san-andreas-660x330.jpg

No final, tudo soa como um tributo à coragem com que um país traumatizado consegue ser forte na sua superação da dor e dos ataques de que fora alvo (neste caso foi a Natureza, mas a alusão é muito ao 11 de Setembro). Mais outro lugar-comum apresentado: essa esperança é dignificada com um abanar de uma bandeira ao vento. É por estas e por outras que temos todos que dar razão ao último filme do cineasta filipino Brillante Mendoza: enquanto o "Mundo" vê telenovelas com "heróis" de velha escola, as verdadeiras catástrofes acontecem, mas ninguém parece querer saber disso.

 

"You *left* my daughter? If you're not already dead, I'm gonna fucking kill you."

 

Real.: Brad Peyton / Int.: Dwayne Johnson, Carla Gugino, Paul Giamatti, Ioan Gruffudd, Alexa Daddario

 

san-andreas-2.jpg

 

Ver também

2012 (2009)

3/10
tags: ,

publicado por Hugo Gomes às 23:21
link do post | comentar | partilhar

1 comentário:
De Sit a 18 de Agosto de 2015 às 09:05
Péssimo filme.
Nem merece a pena ver na televisão.
A menos que a pessoa se ocupa de outras coisas em simultaneo.


Comentar post

sobre mim
pesquisar
 
arquivos
2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


recentemente

Clive Owen junta-se a Wil...

Leonardo DiCaprio protago...

John Wick será série de t...

Quote #09: Body Snatchers...

Jeanne! será o próximo fi...

Pop Aye (2017)

Quote #8: All Abou Eve (J...

Pinhead de regresso! Divu...

Primeiro vislumbre de Joh...

QUOTE #7: Pauline Keal

últ. comentários
Este gênero nunca foi um dos meus preferidos, póre...
Concordo, "Índice Médio de Felicidade" e "Malapata...
O "São Jorge" é até agora o meu preferido, mantend...
Vi hoje, Robert Pattinson no seu melhor! Que venha...
Uma das maiores surpresas do ano, mesmo sendo do W...
Takes
10/10 - Magnífico
9/10 - Imprescindível
8/10 - Bom
7/10 - Interessante
6/10 - Razoável
5/10 - Medíocre
4/10 - Muito Fraco
3/10 - Mau
2/10 - Péssimo
1/10 - De Fugir
0/10 - Nulidade
stats counter
HTML Hit Counter
counter
links
mais comentados
25 comentários
20 comentários
13 comentários
12511335_1084470088250815_732384524_o
subscrever feeds
blogs SAPO