Data
Título
Take
26.2.17

2017-oscars-89th-academy-awards_3hjg.jpg

Filme: Julgo que o prémio mais cobiçado da cerimónia sairá para Moonlight, somente por questões politicas, visto que a obra de Barry Jenkins aborda uma minoria que tende em ser desprezada neste tipo de prémios. Outro factor, tem sido a fustigação que La La Land, outrora favorito ao prémio máximo, recebe diariamente da imprensa que em tempos o fez tornar num dos favoritos da noite. A má publicidade não dá tréguas.

 

21MOONLIGHT-master768-v4.jpg

 

Não encontro nenhum dos nomeados que mereça o título de Melhor Filme, este ano, sobretudo, os escolhidos estão muito aquém do melhor que Hollywood já produziu e dois deles, bem poderiam figurar na lista de piores do ano. Esses são Hacksaw Ridge, o embuste bélico de Mel Gibson. É estranho para uma cerimónia preocupada em statment políticos decide nomear um filme que propaga uma mensagem de ódio, e Arrival, que evidencia um argumento "frankenstein" e pouco coeso. Merecedor? O meu favorito da lista é aquele que tem menos probabilidades de vencer, Hell or High Water, um anti-western que exorciza uma América à deriva.

 

LaLaLand-1.jpg

 

Realizador: Barry Jenkins e o seu Moonlight vão levar o prémio desejado desta noite. Mas Damien Chazelle também tem as suas hipóteses, e diga-se por passagem, o seu trabalho em La La Land é merecedor de tal estatueta. Enquanto isso, Mel Gibson entre os nomeados é um dos grandes mistérios do cinema recente.

 

transferir (2).jpg

 

Ator: Denzel Washington levará o prémio esta noite, tudo porque o caso de assédio sexual mal abafado poderá prejudicar a "glória" de Casey Affleck, visto como o grande favorito. Este último não era uma má escolha, até porque o underacting é diversas vezes subvalorizado para a Academia. Também não ficaria desolado em ver o prémio a seguir para as mãos de Viggo Mortensen, o melhor num filme completamente ingénuo.

 

manchester-by-the-sea-4-casey-affleck-53aed48d-aa6

 

Atriz: Emma Stone brilha em Hollywood, e este adora premiar "sangue novo", porém, Isabelle Huppert tem a sua fatia de hipóteses. Quanto a méritos, Huppert é o único Óscar de interpretar que desejo ver a ser atribuído. A atriz francesa tem sido implacável no seu empenho num filme tão ousado para o panorama politicamente correto que se vive.

 

49315841.cached.jpg

 

Acompanha-nos no Facebook, aqui, e no Twitter, aqui.


publicado por Hugo Gomes às 19:42
link do post | comentar | partilhar

1 comentário:
De Anónimo a 27 de Fevereiro de 2017 às 16:39
Propaga uma mensagem de ódio???? É engraçado como o mesmo filme é visto de maneiras totalmente opostas!!! Viu de certeza o filme? Ou apenas viu algumas partes??? Qual foi a parte em que personagem principal fez curativos, tratou do inimigo, que viu como uma mensagem de ódio? Tratar de um assunto que aconteceu e que muitos americanos sim tinham ódio pelo inimigo é natural. Não natural seria inventar factos e fazer um filme em que todos iam para a guerra porque amavam o inimigo!!! Arrival? Grande filme, Fences grande filme!! Vendo as suas críticas ao longo deste blog tiro duas conclusões, poderão ser precipitadas mas é a minha opinião tal como as suas que na maioria não concordo: 1º vê neo-nazismo e ditaduras em tudo, até em filmes inofensivos em que critica precisamente isso que não são inofensivos passam essa mensagem de uma maneira encapotada e simulada, cuidado com essas teorias da conspiração quando exageramos começamos a ver conspirações em todo o lado :-) 2º tem o gosto do contracultura ou o que lhe queira chamar, se a maioria gosta deste filme então eu não gosto porque sou muito culto. Deixe-se disso relaxe, disfrute, existe filmes para todos os gostos, para várias alturas, critique os filmes mas critique não apenas por criticar, mas por exemplo: o filme do Mel Gibson que não gostou nada, critique a edição de som, a fotografia, os efeitos, o argumento, os actores, a direcção, etc, etc e depois sim dê uma nota de acordo com todos esses sectores, e aí poderá dizer, atribui um 8 a um filme mas não gosto desse filme mas reconheço a sua qualidade apenas não me tocou!!! Se fosse só pelo gosto todos nós seríamos críticos de cinema, reflicta sobre isso, considero-o um bom escritor na medida em que sabe escrever mas um péssimo crítico de cinema porque não consegue alhear o gosto pessoal à qualidade intrínseca do filme. Para isso já nos chega os críticos do jornal o público


Comentar post

sobre mim
pesquisar
 
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


recentemente

Obi-Wan Kenobi terá filme...

O Cinema não morreu ... m...

Trailer: Molly's Game, a ...

Estrela de American Honey...

Cate Blanchett e Eli Roth...

Anya Taylor-Joy no remake...

Trailer de The Florida Pr...

The Dark Tower (2017)

Luc Besson saturado de fi...

"Cinepescadas" #6

últ. comentários
Eu assisto filmes neste sitehttps://filmesonlinegr...
Good point there ... good point!
Junto-me a ti nesta batalha companheiro, também fi...
Parabéns, acho que todos nós muito a aprender com ...
Mesmo sem dar o feedback merecido (cada vez mais n...
Takes
10/10 - Magnífico
9/10 - Imprescindível
8/10 - Bom
7/10 - Interessante
6/10 - Razoável
5/10 - Medíocre
4/10 - Muito Fraco
3/10 - Mau
2/10 - Péssimo
1/10 - De Fugir
0/10 - Nulidade
stats counter
HTML Hit Counter
counter
links
mais comentados
25 comentários
20 comentários
13 comentários
12511335_1084470088250815_732384524_o
subscrever feeds
blogs SAPO