Data
Título
Take
22.5.15

Se as Montanhas Afastam-se.jpg

Perdendo a identidade!

 

Existe mais para onde olhar nesta nova obra de Jia Zhang-Ke do que o drama sobre a criação e preservação de relações afectivas no rumo de um conflituoso triângulo amoroso, como uma subliminar distopia às consequências da globalização e a invasão do Ocidente na cultura oriental. Nesse sentido, os primeiros minutos deste Mountains May Depart arrancam com a crítica estabelecida por Zhang-Ke em toda a sua narrativa. Enquanto vemos os nossos protagonistas jubilantes dançando ao ritmo de Go West, dos Pet Shop Boys, reparamos numa sequência de um dragão chinês pavoneando-se nas ruas da amargura. É a premonição da morte da cultura chinesa, algo que parece contrariar tudo aquilo que se tem dito por este mundo fora: "Os chineses vão invadir o Mundo". A verdade é que Jia Zhang-Ke vai mais fundo nessas palavras e explora a fragilidades de uma identidade cultural cada vez mais decadente.

7befa4de-a5f3-4046-815f-7ecb71a2197c-bestSizeAvail

Relembramos as palavras do argumentista e produtor James Schamus, durante uma convenção de argumentistas em Setembro de 2014, onde declarou que Hollywood encontrava-se de momento apenas interessado em fazer filmes direccionados para adolescentes chineses [devido à importância do país nas receitas globais]. Este depoimento demonstrou sobretudo preocupação nos modelos de produção de alguns dos maiores estúdios norte-americanos e dos riscos que isso implicava. Se por um lado os filmes norte-americanos tornam-se acessíveis às audiências chinesas, por outro, nenhum destes produtos instala-se com respeito cultural. Ao invés, são apontados como injecções de arquétipos dignamente ocidentais nesse mesmo público.

024997.jpg

Obviamente a culpa não é inteiramente do cinema, mas sim dessa globalização, que por sua vez é um beneficio para a própria China, propicia à proliferação dos seus negócios pelo resto do Mundo. Talvez um dia iremos necessitar de escolas especializadas como aquelas que vemos no terceiro ato desta fita, onde num futuro próximo, os chineses residentes da Austrália frequentarão estabelecimentos de ensino para serem relembrados que realmente são chineses. Jia Zhang-Ke constrói esta história sobre um triângulo amoroso dilacerado em três actos temporais, repartidos em décadas diferentes, acompanhando os seus protagonistas e as suas tramas num mundo unificado por antigos sonhos. Sonhos esses que exploram a ausência das fronteiras culturais, quase invocando o conceito de superestados Orwellianos nessas mesmas condições.

Mountains-May-Depart-song-500x333.jpg

Mas acima de tudo, Mountains May Depart revela-nos a crise identitária como um dos maiores medos perante esses mesmos sonhos e o quão urgente é recuperar essa mesma identidade, da mesma foram que devemos preservar as nossas relações familiares e afectuosas. Assim, Mountains May Depart é um exercício desafiante que já se apresenta como um dos melhores filmes do cineasta e um filme obrigatório para todos os seus conterrâneos.

 

Filme visualizado na 68ª edição do Festival de Cannes

 

Real.: Jia Zhang-Ke / Int.: Tao Zhao, Yi Zhang, Jing Dong Liang

mountains-may-depa.jpg

8/10

publicado por Hugo Gomes às 01:35
link do post | comentar | partilhar

sobre mim
pesquisar
 
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


recentemente

Vejam o trailer de Justic...

A grande ameaça da indúst...

Ornamento e Crime (2015)

Paul Vecchiali e Jem Cohe...

Power Rangers (2017)

Novo Suspiria será negro ...

10ª Festa do Cinema Itali...

Kleber Mendonça Filho pre...

Arranca hoje!

Falando com Alain Guiraud...

últ. comentários
Os Olhos da Minha Mãe: 5*"Os Olhos da Minha Mãe" é...
A Bela e o Monstro (2017): 5*Eu amei o filme.As mú...
Annabelle: 4*A história de "Annabelle" é muito int...
On the reverse side, we still have many of vets th...
Não vejo como foi previsível. Os críticos contavam...
Takes
10/10 - Magnífico
9/10 - Imprescindível
8/10 - Bom
7/10 - Interessante
6/10 - Razoável
5/10 - Medíocre
4/10 - Muito Fraco
3/10 - Mau
2/10 - Péssimo
1/10 - De Fugir
0/10 - Nulidade
stats counter
HTML Hit Counter
counter
links
mais comentados
25 comentários
20 comentários
13 comentários
12511335_1084470088250815_732384524_o
subscrever feeds
blogs SAPO