Data
Título
Take
27.12.16

NEEIWTkRj7adIE_1_b.jpg

 

Morreu Carrie Fisher, a imortalizada Princesa Leia da saga Star Wars. A actriz não resistiu a uma paragem cardíaca durante um voo entre Londres e Los Angeles, na passada sexta-feira (23 de Dezembro). Tinha 60 anos.

 

Nascida a 21 de Outubro, de 1956, em Los Angeles, Carrie Frances Fisher, filha dos também artistas Eddie Fisher e Debbie Reynolds, surgiu pela primeira vez nos ecrãs em 1969 durante o especial de TV, Debbie Reynolds and the Sound of Children. A sua estreia oficial deu-se em 1975, com a obra de Hal Ashby, Shampoo, um romance que envolvia cabeleireiros e dias de eleições com Warren Beatty e Julie Christie. Longe estava de imaginar que a sua experiência num filme chamado Star Wars, em 1977, um space opera de George Lucas, seria um autêntico fenómeno cinematográfico. Fenómeno esse, que converteu a actriz, assim como a sua personagem, Princesa Leia, em ícones, não só da ficção cientifica como do cinema contemporâneo.

 

star_wars_trailer3-620x412.jpg

 

A sua fama cresceu com as sequelas dessa jornada intergaláctica, Empire Strike Back (1980) e Return of Jedi (1983), intercalados por alguns telefilmes e outras produções cinematográficas como O Dueto da Corda (The Blue Brothers, 1980) e Under the Rainbow (1981). Nos anos 90, a sua presença foi reduzida a cameos ou personagens secundarizadas, tendo como principal relevância Um Amor Inevitável (When Harry Met Sally …, 1989) e Scream 3 (2000). Condição que prolongou-se no século XXI, tendo sido quebrada com um regresso à saga que lhe colocou no estrelato, o episódio VII de Star Wars, The Force Awakens, em 2015 por J.J. Abrams.

 

As suas últimas participações foram, nos ainda inéditos, Star Wars: Episode VIII e Wonderwell, Vlad Marsavin. Para além de actriz, Carrie Fisher foi também escritora, tendo como principal publicação o livro  autobiográfico, Postcards From The Edge, que recebeu uma adaptação em 1990 pelas mãos de Mike Nichols, protagonizado por Meryl Streep e Shirley MacLane.

 

Carrie Fisher (1956 - 2016)


publicado por Hugo Gomes às 18:05
link do post | comentar | partilhar

1 comentário:
De Star Wars a 26 de Janeiro de 2017 às 09:21
sempre viva! Maravillosa Leia.


Comentar post

sobre mim
pesquisar
 
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


recentemente

Harvey Weinstein expulso ...

Arnaud Desplechin com nov...

Arranca hoje o 22º Cine'E...

Seguimos de viagem com o ...

Falando com José Pedro Lo...

The Foreigner (2017)

TRAÇA apresenta segunda e...

Luc Besson tem novo proje...

Le Fils de Jean (2016)

Novos actores na sequela ...

últ. comentários
Boas biopics são os verdadeiros e honestos retrato...
Boa Tarde; enviei-lhe um email para o seu email. O...
Uma Jóia do Cinema. O Kubrick sempre foi muito sub...
Já tinha visto este trailer e antes de ver fiquei ...
O Nuno Lopes tem anunciado no Instagram e no Faceb...
Takes
10/10 - Magnífico
9/10 - Imprescindível
8/10 - Bom
7/10 - Interessante
6/10 - Razoável
5/10 - Medíocre
4/10 - Muito Fraco
3/10 - Mau
2/10 - Péssimo
1/10 - De Fugir
0/10 - Nulidade
stats counter
HTML Hit Counter
counter
links
mais comentados
25 comentários
20 comentários
13 comentários
12511335_1084470088250815_732384524_o
subscrever feeds
blogs SAPO