Data
Título
Take
17.2.17

John Wick 2.jpg

Não se metam com o John Wick, segunda parte!

 

Depois da velha cantiga de "homem de barba rija" que o antecessor possuía (aquela psicologia barata de que um homem não pode nutrir sentimentos por um animal, condenou a simplicidade da acção em um statement a uma fantasia de masculinidade), esta sequela avança num tom despreocupado, mas igualmente estilizado e quase ritualista perante uma subversiva distopia.

 

600px-JW2_310.jpg

 

Não há que enganar, este é o produto de acção do cinema recente que mais próximo se encontra do fenómeno Matrix (e não é só pelos ajuntamentos de Keanu Reeves e Laurence Fishburne que replicam aqui diálogos de "pílulas", neste caso concreto, decisões). É a manipulação da realidade, traiçoeira à nossa percepção que funcionou como o melhor elemento do primeiro filme, e aqui o trunfo desta sequela de agenda. O submundo de hitmans, altamente organizados por oligarquias e regras sob regras, contratos e até poder monetário próprio, a relevância desta camada no quotidiano que julgávamos ser … simplesmente o "nosso" quotidiano, reflectem, como é figurado numa das sua sequências de acção, na alma deste projecto.

 

MV5BNzU4MDcyMjM0MV5BMl5BanBnXkFtZTgwMTI0OTcyMDI@._

 

A Reeves é devolvido a sua aura de herói de acção, o protótipo evolutivo da imagem estendida dos anos 90 até à transição do novo século. Este John Wick é o novo Neo, o herói de acção dedicado a uma geração habitualmente pobre nesse registo. Esta "sequelite" serve como um upgrade elegante ao primeiro tiro de 2014, que igualmente não foge das evidentes cuspidas dramaticamente "enfáticas" que tentam atribuir um teor de tragédia a este assassino em saldos em constante "vicio de vingança".

 

MV5BMjIxMjE0MDY0Ml5BMl5BanBnXkFtZTgwNTI0OTcyMDI@._

 

Como continuação, largando as amarras introdutórias, Chapter 2 opera, sem intervalos, num ensaio de pancada que salienta, sobretudo, as mestrias da edição e da coordenação entre cenas. Chad Stahelski, o realizador que ficou, declara amor a Matrix e o legado deixado por esse frenesim cyberpunk dos irmãos Wachowsky no cinema de género (com isto, sem nunca requisitar o "bullet time" e outros maneirismos estilísticos). O tributo é feito na recriação da a sua filosofia de pacotilha, envolvida numa ode à violência hiperactiva e a adrenalinas artificialmente induzidas, assim como referências visuais (Reeves e McShane dialogando na praça, tem tanto de Neo e Oráculo).

 

MV5BMzA0NjIyODY4OV5BMl5BanBnXkFtZTgwMTUyOTIyMTI@._

 

Contudo, as menções não terminam aqui, Chapter 2 reserva-nos uma homenagem directa a um dos mais letais e tenebrosos assassinos do Cinema, Django, com a entrada de Franco Nero em cena. Vendo bem as contas, porque não encarar esta nova personagem de Keanu Reeves como um "prodígio" sanguíneo da célebre encarnação de Franco Nero?  

 

"You stabbed the devil in the back. To him this isn't vengeance, this is justice."

 

Real.: Chad Stahelski / Int.: Keanu Reeves, Riccardo Scamarcio, Ian McShane, Franco Nero, Ruby Rose, John Leguizamo, Laurence Fishburne, Common, Claudia Gerini

 

john-wick-2.jpg

 

 

5/10
tags: ,

publicado por Hugo Gomes às 11:57
link do post | comentar | partilhar

sobre mim
pesquisar
 
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


recentemente

The Shape of Water (2017)

Wonder Wheel (2017)

Molly's Game (2017)

"Life find a way": Traile...

Ryan Reynolds será Pikach...

Quentin Tarantino vai rea...

Novo trailer de Bad Inves...

No Escurinho do Cinema: a...

Conheçam os vencedores do...

Isle of Dogs abre 68º Fes...

últ. comentários
Uma das maiores surpresas do ano, mesmo sendo do W...
I bought Raytheon on this site, I do not know whet...
Muito ansioso, especialmente por ser do Wes Anders...
ou seja, uma bosta de comentario de quem nao enten...
Obrigado pelo reparo, corrigido ;)
Takes
10/10 - Magnífico
9/10 - Imprescindível
8/10 - Bom
7/10 - Interessante
6/10 - Razoável
5/10 - Medíocre
4/10 - Muito Fraco
3/10 - Mau
2/10 - Péssimo
1/10 - De Fugir
0/10 - Nulidade
stats counter
HTML Hit Counter
counter
links
mais comentados
25 comentários
20 comentários
13 comentários
12511335_1084470088250815_732384524_o
subscrever feeds
blogs SAPO