Data
Título
Take
3.4.16

50647.jpg

 

 

E porque não chamar as "coisas" pelo nome?

 

O enredo de Il Nome del Figlio é um efeito dominó que adquire o seu tom de grotesco quando avança na calamidade do "mal entendido", e como uma noite passada entre amigos pode-se tornar num turbilhão de revelações e de emoções escondidas. Adaptado da peça de Mathieu Delaporte e Alexandre de La Patelliére, este é um tipo de filme que dificilmente consegue deserdar as suas raízes teatrais em conformidade com uma linguagem distantemente televisiva.

 

2015-01-24-indfiglio_7_20141217_1793278878.jpg


Nesse aspecto, aqui a experiência pode causar um sentimento de repugna, visto que as personagens dificilmente deslocam da sua caricatura e a intriga, que apostava ser divertida, não é credível na sua própria mentira. Se a simpatia não encontra aqui o lar, Il Nome del Figlio desfere ainda um autêntico golpe no espectador após serem levantadas questões, por si só acidamente hilariantes, mas desfeitas como "petas" narrativas. Falo obviamente do título - O Nome do Filho - que desperta uma adversão reaccionária na civilização moderna, os residentes de um mundo onde cada palavra é imperativamente associada a eventos ou personalidades.

 

38996_ppl.jpg


Neste caso, a "confusão" começa com o substantivo Benito, automaticamente ligado ao fascista italiano Benito Mussolini, uma palavra que invoca e acende uma discussão que vai para além do politicamente correcto e da limitação desse meio, neste caso a associação de temas que qualquer vocabulário parece adquirir de forma politica e social. Talvez seja uma questão de susceptibilidade, mas é fácil de imaginar este argumento transposto para território alemão, com Benito substituído por Adolfo, ou até mesmo português, com Salazar na "canha".

 

 

il-nome-del-figlio_0.jpg

 

Todavia, o debate é apenas uma desculpa esfarrapada para incidir o caos nesta comédia tecnicamente deslavada, rodeada de personagens inanimadas que por sua vez são guiadas por uma narrativa constantemente "esfaqueada" por flashbacks inúteis, cujo único propósito é retratar o espectador como um acéfalo sem noção alguma de história. Para além de ser de uma visualização aborrecida, este é o tipo de "cinema" populista que em Portugal traduzia-se a algo como Leonel Vieira e os seus respectivos "atentados".

 

Filme visualizado na 9ª edição do 8 1/2 Festa do Cinema Italiano

 

Real.: Francesca Archibugi / Int.: Alessandro Gassman, Micaela Ramazzotti, Valeria Golino, Luigi Lo Cascio

 

Nel-nome-del-figlio-film-Archibugi.jpg

2/10

publicado por Hugo Gomes às 19:44
link do post | comentar | partilhar

2 comentários:
De Guilherme a 7 de Abril de 2016 às 10:44
Bom dia, Leonel Vieira?? Estamos a falar de excelentes actores e actrizes de Itália. O leonel vieira, para além de fazer castings de acordo com a Caras, não tem grande noção de construção narrativa. Claro que no caso deste filme, a narrativa é adaptada, logo torna-se tudo mais fácil, mas eu apreciei o filme em todas as cenas mais teatrais, passadas em casa. Dispensavam-se os flashbacks e a cena final do hospital, que é um bocado metida à bruta, mas comparar isto a um Leonel Vieira é uma crueldade. Cumprimentos


De Hugo Gomes a 7 de Abril de 2016 às 10:57
Caro Guilherme,

Obviamente há sempre quem tenha uma opinião divergente e é bom dar a conhecer esse diferente ponto de vista. Contudo, fiquei pessoalmente feliz que Leonel Vieira, e qualquer referência a este, consiga incomodar muita gente.

Já agora fica a recomendação da versão francesa - Le Prénom (O Nome da Discórdia).

Cumprimentos,


Comentar post

sobre mim
pesquisar
 
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


recentemente

"Life find a way": Traile...

Ryan Reynolds será Pikach...

Quentin Tarantino vai rea...

Novo trailer de Bad Inves...

No Escurinho do Cinema: a...

Conheçam os vencedores do...

Isle of Dogs abre 68º Fes...

Vem aí mais um filme sobr...

"Qualquer cinema que exib...

Cinema português recomend...

últ. comentários
I bought Raytheon on this site, I do not know whet...
Muito ansioso, especialmente por ser do Wes Anders...
ou seja, uma bosta de comentario de quem nao enten...
Obrigado pelo reparo, corrigido ;)
Bonitas palavras, Hugo! O filme foi, de facto, mui...
Takes
10/10 - Magnífico
9/10 - Imprescindível
8/10 - Bom
7/10 - Interessante
6/10 - Razoável
5/10 - Medíocre
4/10 - Muito Fraco
3/10 - Mau
2/10 - Péssimo
1/10 - De Fugir
0/10 - Nulidade
stats counter
HTML Hit Counter
counter
links
mais comentados
25 comentários
20 comentários
13 comentários
12511335_1084470088250815_732384524_o
subscrever feeds
blogs SAPO