Data
Título
Take
19.6.14

A beleza da animação da Dreamworks!

 

Cinco anos passaram desde que Hiccup, o mais "desajeitado" dos vikings, convenceu o seu povo e os dragões a forjar tréguas e a viverem em comunidade. Sempre montado no seu fiel dragão, Desdentado, o nosso herói parte em busca de terras desconhecidas e novas espécies de criaturas aladas que tanto adora. Porém, a responsabilidade persegue-o, pois Hiccup, contra a sua vontade, encontra-se prestes a tornar-se no novo chefe do seu vilarejo.

 

 

A Dreamworks a ser a Dreamworks e a apostar em mais uma sequela de um dos seus êxitos. Desta vez a "vitima" é How To Train Your Dragon, aquele que fora considerado o mais "Disney" dos trabalhos animados do estúdio, tudo porque deixa de lado as referências satíricas e imensas da cultura pop dos seus antecessores, apostando numa narrativa clássica e preservadora dos bons valores familiares. Neste novo filme, a exuberância técnica é conservada, aliás, superada, tendo o espectador ao seu dispor a mais arrebatadora das animações dos últimos anos em termos gráficos e sonoros. É difícil não ficar deslumbrado com este profissional trabalho visual e a sua afinidade com a sonoplastia.

 

 

Para além disso, não é apenas em valores técnicos que How To Train Your Dragon 2 supera a sua prequela. Existe no filme de Dean DeBlois uma vontade de amadurecer as suas personagens, de complementá-las e guiá-las para territórios mais obscuros e, com isso, adultos. Por outro lado, desliga-se de grande parte do seu humor e de sidekicks de tal natureza (apesar destes estarem presentes como forma de aclamar o seu lugar no imaginário infantil) e firma-se como um produto que em termos emocionais é capaz de rivalizar com a Disney mais afinada. Mas o melhor de tudo é que aqui não se sente a preocupação frenética e evidente de criar produtos de merchandising.

 

 

How To Train Your Dragon 2 é sim uma obra que marcará o coração dos mais novos, invocando temas com imagens fortes para os mesmos, e que conquistará certamente os mais graúdos (por enquanto o mais forte candidato ao Óscar de Animação deste ano). Um "mimo" para o olhar, o mais bravo dos filmes da Dreamworks Animation desde o primeiro Shrek.

 

“You have the heart of a chief. And the soul of a dragon.”

 

Real.: Dean DeBlois / Int.: Jay Baruchel, Kristen Wiig, America Ferrera, Cate Blanchett, Gerard Butler, Djimon Hounsou

 

 

 

Ver Também

How To Train Your Dragon (2010)

 

8/10
tags: ,

publicado por Hugo Gomes às 11:21
link do post | comentar | partilhar

sobre mim
pesquisar
 
arquivos
2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


recentemente

Clive Owen junta-se a Wil...

Leonardo DiCaprio protago...

John Wick será série de t...

Quote #09: Body Snatchers...

Jeanne! será o próximo fi...

Pop Aye (2017)

Quote #8: All Abou Eve (J...

Pinhead de regresso! Divu...

Primeiro vislumbre de Joh...

QUOTE #7: Pauline Keal

últ. comentários
Este gênero nunca foi um dos meus preferidos, póre...
Concordo, "Índice Médio de Felicidade" e "Malapata...
O "São Jorge" é até agora o meu preferido, mantend...
Vi hoje, Robert Pattinson no seu melhor! Que venha...
Uma das maiores surpresas do ano, mesmo sendo do W...
Takes
10/10 - Magnífico
9/10 - Imprescindível
8/10 - Bom
7/10 - Interessante
6/10 - Razoável
5/10 - Medíocre
4/10 - Muito Fraco
3/10 - Mau
2/10 - Péssimo
1/10 - De Fugir
0/10 - Nulidade
stats counter
HTML Hit Counter
counter
links
mais comentados
25 comentários
20 comentários
13 comentários
12511335_1084470088250815_732384524_o
subscrever feeds
blogs SAPO