Data
Título
Take
27.10.14
27.10.14

Annabelle.jpg

A boneca diabólica!

 

O cinema de terror continua a usufruir e utilizar o rótulo “baseado em factos verídicos” como forma descarada de marketing. Em Annabelle os únicos factores que se pode aclamar de serem verídicos, ou supostamente inspirados, é primeiro, no nome da boneca e o facto de existir algo estranho envolto desta, e segunda, pela menção rápida de Charles Manson e da sua “Família”, autores do homicídio da actriz Sharon Tate, a ex-mulher do cineasta Roman Polanski.

 

maxresdefault.jpg

 

Falando dessa mesma menção e relacionamento, Polanski serve de influência do spin-off do êxito de James Wan, The Conjuring, onde Rosemary’Baby é constituído como a matriz da enfase dramática e do engenho narrativo que por vezes o filme invoca. Mas infelizmente, Annabelle é um filme de terror menor, copista, oportunista e demasiado escasso de ideias e de sugestões de como assustar. Se a boneca protagonista é aterradora visualmente, já as sequências que servem o artefacto maldito de primar os pesadelos nos espectadores são de uma previsibilidade incómoda, por vezes até mesmo roçando o ridículo.

 

annabelle-2.jpg

 

A continuidade narrativa é avassalada por impasses, como se os envolvidos deste projecto quisessem transformar Annabelle numa obra mais profunda que o habitual, mas por vezes crer não é poder. Depois disto tudo é a habitual mensagem cristã e politicamente correcta que nos remete a um desfecho abrupto e descabido em termos de lógica e nas relações humanas. Porém, os desempenhos são agradáveis (curiosamente a protagonista é a actriz Annabelle Wallis), mesmo que as personagens não o sejam, aliás algumas delas são de uma utilidade desencaixada e evidente.

 

Annabelle-Wallis-in-Annabelle-2014-Movie-Image-3-7

 

Realizador por John R. Leonetti, o mesmo homem por detrás do intragável Mortal Kombat: Annihilation (obviamente a produção tenta esconder esse facto), Annabelle é uma colagem de outros elementos já vistos e revisto no género de terror, mas tão fracamente combinados que cobardemente se poderá apelidar de referências cinematográficas. Apesar de não ter sido uma experiência excepcional, mais vale esperar pela sequela de The Conjuring, pelo menos James Wan sabe o que faz.

 

There are things happening that can't explain.

 

Real.: John R. Leonetti / Int.: Ward Horton, Annabelle Wallis, Alfre Woodard

 

AB-FP-0001.jpg

 

Ver também

The Conjuring (2013)

4/10
tags: ,

publicado por Hugo Gomes às 15:56
link do post | comentar | partilhar

3 comentários:
De Gustavo a 28 de Outubro de 2014 às 14:26
Mas que desilusão, nem medo consegue meter!!


De Joana Neves a 29 de Outubro de 2014 às 19:11
Não concordo. Assustou-me o suficiente para passar uma noite em claro. Gostei bastante. Já agora gostaria de felicita-lo por este grande espaço.

Bjs


De Frederico Daniel a 12 de Março de 2017 às 21:24
Annabelle: 4*

A história de "Annabelle" é muito interessante e agradou-me pelo suspense manifesto.
A história de "Annabelle" é muito interessante e por ser inspirada em factos verídicos dá vontade de pesquisar sobre o assunto, algo que costumo fazer nestes filmes.
E descobri que algumas coisas foram mesmo reais, mas a boneca de porcelana é muito mais assustadora do que a verdadeira boneca de trapo.
Cumprimentos, Frederico Daniel.


Comentar post

sobre mim
pesquisar
 
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


recentemente

The Snowman (2017)

Harvey Weinstein expulso ...

Arnaud Desplechin com nov...

Arranca hoje o 22º Cine'E...

Seguimos de viagem com o ...

Falando com José Pedro Lo...

The Foreigner (2017)

TRAÇA apresenta segunda e...

Luc Besson tem novo proje...

Le Fils de Jean (2016)

últ. comentários
Muito bom o teu blog, Hugo! Continua com o excelen...
Boas biopics são os verdadeiros e honestos retrato...
Boa Tarde; enviei-lhe um email para o seu email. O...
Uma Jóia do Cinema. O Kubrick sempre foi muito sub...
Já tinha visto este trailer e antes de ver fiquei ...
Takes
10/10 - Magnífico
9/10 - Imprescindível
8/10 - Bom
7/10 - Interessante
6/10 - Razoável
5/10 - Medíocre
4/10 - Muito Fraco
3/10 - Mau
2/10 - Péssimo
1/10 - De Fugir
0/10 - Nulidade
stats counter
HTML Hit Counter
counter
links
mais comentados
25 comentários
20 comentários
13 comentários
12511335_1084470088250815_732384524_o
subscrever feeds
blogs SAPO