Data
Título
Take
11.3.17

terrence-malik.png

Foto: REX/SHUTTERSTOCK

 

É sabido que o mais recente filme de Terrence Malick, Song to Song, foi a abertura escolhida para a mais recente edição do South by Southwest (SXSW), um dos maiores eventos do mundo a unir cinema, música e tecnologia, a decorrer em Austin, Texas. A nona longa-metragem de um dos mais enigmáticos realizadores da actualidade, une a natureza musical da cidade com as relações amorosas dignamente "malickianas", temas que tão bem coincidem com os propósitos do festival.

 

Contudo, a grande notícia do evento, foi mesmo a aparição de Malick perante o grande público. O realizador participou numa mesa redonda ao lado do seu protagonista Michael Fassbender, tendo como moderador Richard Linklater, onde falou sobre o seu filme. "Não se pode viver em Austin e escapar à música", declarou o realizador em relação à produção desta obra na cidade texana. Conhecido como um cineasta reservado, que se recusa a dar "cara" à imprensa e a promover as suas próprias obras, isto durante décadas. Como tal, a presença de Terrence Malick foi recebida entre um sentimento de euforia e de insólito.

 

song_to_song_crop_promoxlarge2_CROP_promo-xlarge2_

 

Lembro-me sempre de sentir timidez, porque é difícil projectar-mos  para o presente” referiu, quando confrontado com a contemporaneidade de Song to Song. “Eu penso que ao fazer um filme contemporâneo, reflectimos sobre as imagens que não foram utilizadas em publicidade … e a conclusão que chegamos é que existem muitas imagens de hoje como havia no passado” Na conversa a três, Linklater mencionou os últimos três filmes de ficção de MalickTo the Wonder, Knight of Cups e agora Song to Song, para depois questionar esse curto espaço de tempo na concretização das suas obras, um factor que o realizador parecia não usufruir do passado. Malick afirmou que presentemente estaria a preparar uma nova abordagem na sua cinematografia, e que a vinda do digital tornou a sua tarefa mais fácil, eficaz e oportuna para filmar como bem lhe apetecer. “Hoje, com a mais moderna tecnologia, podemos filmar bastante em 40 dias.

 

Malick ainda admitiu que o primeiro "cut" de Song to Song tinha cerca de oito horas de duração: “Levou-me bastante tempo a cortar e a ter uma duração maleável … tínhamos bastantes filmagens para contar a história em diversas perspectivas”. A conversa continuou até chegar ao modus operandis de Malick, que fora sempre acusado de explorar e experimentar durante o ato de rodagem: "tenho problemas em trabalhar com coisas demasiado preconcebias, como storyboards."

 

O SXSW vai decorrer até ao dia 19 de MarçoSong to Song tem estreia prevista para Abril no nosso país. 

 

STS_FP_005_R.jpg

 

Acompanha-nos no Facebook, aqui, e no Twitter, aqui.


publicado por Hugo Gomes às 20:04
link do post | comentar | partilhar

sobre mim
pesquisar
 
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


recentemente

Jeannette, l'enfance de J...

Visages, Villages (2017)

Cannes! Here I go.

Trailer: Claire's Camera,...

Sónia Braga será Irmã Lúc...

Conheçam o Palmarés do 14...

Trailer da sequela de Bue...

Primeiras imagens do novo...

Trailer de «Jeannette», u...

Morreu Nelson Xavier

últ. comentários
Malick não anda bem. Não acho que seja preguiça. S...
Vi. Infelizmente. Ridículo. Excalibur de John Boor...
Um grande ator também do teatro brasileiro.
A Sônia Braga é fantástica! Esperemos que seja mel...
Mais um filme estrangeiro para a lista!
Takes
10/10 - Magnífico
9/10 - Imprescindível
8/10 - Bom
7/10 - Interessante
6/10 - Razoável
5/10 - Medíocre
4/10 - Muito Fraco
3/10 - Mau
2/10 - Péssimo
1/10 - De Fugir
0/10 - Nulidade
stats counter
HTML Hit Counter
counter
links
mais comentados
25 comentários
20 comentários
13 comentários
12511335_1084470088250815_732384524_o
subscrever feeds
blogs SAPO