Data
Título
Take
5.2.13


O blockbuster dos filmes-mosaicos!

 

A tarefa era desde inicio um desafio, daqueles deveras complicado, Cloud Atlas de David Mitchell é uma obra literária rica em pormenores e de personagens porém tinha a distinção de ser narrada em diferentes narrativas que por sua vez elaboraram múltiplas historias diferentes que ocorriam em locais completamente distintos e até mesmo tempos díspares, ora a acção decorre no passado longínquo ora se passa no futuro distante próprio da ficção cientifica. Durante tempos a obra de Mitchell recebeu o catálogo de “infilmável” devido á sua complexidade narrativa, sendo desde o início o anúncio da sua adaptação antevia duas hipóteses possíveis, uma incrível obra-prima ou um enorme fracasso, porém Cloud Atlas foi também apelidada do filme que redefiniria a carreira dos irmãos Wachowski, que depois de finalizado Matrix não conseguem assegurar o seu público nem a notoriedade no estúdio. Formando equipa com a dupla de realizadores visionários está Tom Tykwer, o celebre autor de Lola Rennt como também o homem por detrás de outra adaptação de uma obra ditamente “infilmável”, Perfum: A Story of a Murder, que se ficou pelas histórias mais épicas deixando os irmãos Wachowski pelo futuro, dando assim criatividade á sua genica de ficção científica. Cloud Atlas apresenta-nos então seis histórias e seis actores principais que participam em todas elas, respectivamente, recriando assim visualmente ligações entre os diferentes caracteres.

 

 

Infelizmente esta ambiciosa obra intercalada algures entre a ficção cientifica e o drama de época é um completo desequilíbrio que revela demasiado fascino nas reconstituições cénicas que na própria ligação entre as diferentes narrativas. Com quase três horas de duração, uma narração exaustiva e pretensiosa, a obra dos Wachowski e Tykwer é uma colectânea do trabalho de caracterização (que não é todo perfeito) e dos efeitos visuais que facultam a existência de universos futuristas demasiado incredíveis para ser creditados. O espectador tenta encontrar uma ligação entre as diferentes histórias, para além do óbvio, subjugado á busca de um significado eterno para a maneira de ser deste colosso narrativo, todavia Cloud Atlas careca sapiência na ligação, vontade de sentir e de arriscar para além mais do compreensível.

 

 

Porém os desempenhos são o ponto credível neste vértice luminoso mas sem pompa, Hugo Weaving demonstra ser um excelente vilão (em todas as narrativas) e Tom Hanks comporta agradavelmente com complexidade de personagens. Mas apesar de tudo, tiro o chapéu a Jim Broadbent que é protagonista de uma das mais se não a mais divertida história de Cloud Atlas, a hilariante evasão de um reformatório, com Weaving a interpretar uma enfermeira ao estilo mas cómico de One Flew Over the Cuckoo's Nest. Uma das maiores desilusões do ano, um épico para totós.

 

“A true suicide is a paced, disciplined certainty. People pontificate "suicide is shelfisness," while career churchmen like Pater call it a coward's act typically because they lack the necessary suffering to sympathise. Couldn't be further from the truth; suicide takes tremendous courage.”

 

Real.: Andy Wachowski, Lana Wachowski, Tom Tykwer / Int.: Tom Hanks, Halle Berry, Jim Broadbent, Hugo Weaving, Jim Sturgess, Ben Whishaw, James D`Arcy, Susan Sarandon, Hugh Grant, Doona Bae

 

5/10
tags: ,

publicado por Hugo Gomes às 21:53
link do post | comentar | partilhar

sobre mim
pesquisar
 
arquivos
2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


recentemente

Filme romeno conquista 68...

Downsizing (2017)

Joss Whedon fora de Batgi...

Pedro Costa terá novo fil...

Os "restos" de Terrence M...

Anne Hathaway em novo fil...

Rabid terá remake!

Robert Pattinson trabalha...

Ira Sachs filmará em Port...

Den of Thieves contará co...

últ. comentários
Notícia triste, mais um talento do qual nos desped...
Ridículo. Não são os únicos posters desta "naturez...
A Vida Íntima de Sherlock Holmes: 5*Acho o filme e...
Estava convencido que fosse o There Will Be Blood....
Para mim, The Master.
Takes
10/10 - Magnífico
9/10 - Imprescindível
8/10 - Bom
7/10 - Interessante
6/10 - Razoável
5/10 - Medíocre
4/10 - Muito Fraco
3/10 - Mau
2/10 - Péssimo
1/10 - De Fugir
0/10 - Nulidade
stats counter
HTML Hit Counter
counter
links
mais comentados
25 comentários
20 comentários
13 comentários
12511335_1084470088250815_732384524_o
subscrever feeds
blogs SAPO