Data
Título
Take
1.8.07

 

Real.: Stephen Norrington

Int.: Sean Connery, Shane West, Stuart Towsend

 

 

Allan Quaterman (Sean Connery), um caçador, lidera uma equipa de 6 personalidades com qualidades especiais; uma vampira, um cientista, um homem invisível, um imortal, um monstro e um agente dos serviços secretos, que lutam contra uma ameaça real conhecida por O Fantasma e os seus lunáticos planos de criar o caos e pandemónio no Mundo do velho século.

Mundialmente mal recepcionado pela crítica e público, A Liga Dos Cavaleiros Extraordinários é uma adaptação de uma série de BDs escrito por Alan Moore (o criador também da BD From Hell e V For Vendetta), onde abundam referências a literatura em geral, transformando simples personagens literárias em heróis. Tornando assim num delírio culto que ao contrario desta adaptação que o auto-assume.

Apenas fiel a sua matriz original, A Liga Dos Cavalheiros Extraordinários é um típico blockbuster pouco ou nada inspirado encabeçado por Sean Connery, tendo uma forte presença ou seja por ele vale a pena dar uma “olhada”, sendo ele a alma da película, mas que infelizmente a sua personagem é demasiado omnipresente e em relação aos outros Cavalheiros e a mais destacada. O resto das personagens é de natureza muito propositada e apresentadas como figuras de papelão. Até o vilão é pouco convincente tendo uma mudança drástica no seu comportamento (como também no aspecto, dando uma identidade pouco imaginativa). Os efeitos especiais estão óptimos, mas nada de especial e as cenas de acção são razoavelmente induzidas. Nota-se alguns exageros não credíveis e um argumento pouco trabalhado, bem podíamos dizer que é um pouco desmiolado, uma história onde ninguém sabe os verdadeiros motivos dos vilões.

Foi uma obra pessimamente aclamada, sim não é grande coisa mas não vejo motivo para classificar este filme de péssimo (mas fraquinho é), porque na verdade tem Sean Connery e boas cenas de acções, apesar de possuir uma intriga muito rebuscada, confusa e não directa o bastante. Quem com certeza é fã das BDs, certamente dará na ideia de se suicidar. Foi o último filme que Sean Connery fez até data e o realizador Stephen Norrington nunca mais chegou a pegar no cinema. È melhor esquecermo-nos disto tudo.

 

5710
tags: ,

publicado por Hugo Gomes às 00:45
link do post | comentar | partilhar

sobre mim
pesquisar
 
arquivos
2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


recentemente

Pedro Costa terá novo fil...

Os "restos" de Terrence M...

Anne Hathaway em novo fil...

Rabid terá remake!

Robert Pattinson trabalha...

Ira Sachs filmará em Port...

Den of Thieves contará co...

Melissa McCarthy em filme...

Sony pode "desistir" de p...

Uwe Boll acusa Paul Thoma...

últ. comentários
Notícia triste, mais um talento do qual nos desped...
Ridículo. Não são os únicos posters desta "naturez...
A Vida Íntima de Sherlock Holmes: 5*Acho o filme e...
Estava convencido que fosse o There Will Be Blood....
Para mim, The Master.
Takes
10/10 - Magnífico
9/10 - Imprescindível
8/10 - Bom
7/10 - Interessante
6/10 - Razoável
5/10 - Medíocre
4/10 - Muito Fraco
3/10 - Mau
2/10 - Péssimo
1/10 - De Fugir
0/10 - Nulidade
stats counter
HTML Hit Counter
counter
links
mais comentados
25 comentários
20 comentários
13 comentários
12511335_1084470088250815_732384524_o
subscrever feeds
blogs SAPO