Data
Título
Take
25.12.12

A Extraordinária vida de um náufrago!

 

O cinema é indiscutivelmente a Sétima arte, e tal como as outras sete tende o objectivo de transmitir as mais variadas emoções e comportar-se de acordo com as suas características artísticas, um objecto criado fruto da imaginação e personalidade do seu criador. Em relação à nova obra de Ang Lee, Life of Pi, baseado no homónimo romance de Yann Martel, eis um insólito relato à deriva do oceano Pacifico entre o jovem Pi (Suraj Sharma)  e um tigre de Bengala, sobreviventes do naufrágio de um cargueiro japonês donde seguiam a caminho do Novo Mundo, personalidade pode não existir na sua integra forma, mas emoções, isso sim, e com fartura.

 

 

O autor taiwanês reconhecido pelo épico de artes marciais, Crouching Tiger, Hidden Dragon (2000)  e do polémico mas belíssimo romance entre os dois cowboys Heath Ledger e Jake Gyllenhaal, Brokeback Mountain (2005), aventura-se numa peregrinação em alto mar, onde segundo consta pela personagem principal, anos depois da ocorrência que auferem forma à fita, “eis uma história que fará o mais céptico dos cépticos acreditar em Deus”. Dito isto nasce automaticamente no espectador um receio de suposta evangelização, mas é nisso que erram, porque tudo se resume à mais pura das ilusões. O enredo não promove a crença religiosa, conforme seja a dita religião, mas sim, e nisso cumpre, comove  através de um elaborado mise-en-scené digital, onde a sobrevivência e a bizarra e improvável relação de camaradagem que gradualmente cresce entre o grande felino e o jovem indiano toma conta dos planos.

 

 

Confirma-se que Life of Pi é inspirador e terrivelmente belo, uma fantasia motivadora que se destaque sobretudo pelos seus valores técnico, desde o sonoro ao visual. Quanto a esta última, os efeitos visuais são incríveis na reprodução do vasto oceano e dos animais transpostos que dificilmente consegue-se distinguir do real do digital, mas infelizmente estes devaneios especiais controlam a narrativa, o que nos levam a percorrer um longo e belíssimo mundo onírico que termina no pior dos finais, deixando um seco sabor de burla perante os verdadeiros intuitos da obra.

 

 

Parece que, e voltando ao início do tópico, Ang Lee prometeu um convívio com Deus e não o cumpre, conseguindo apenas um enredo que só o cinema poderia oferecer, todavia são essas emoções que prevalecem e que salvam Life of Pi do fracasso que realmente poderia ter sido. É belo, sim senhor, inspirador com certeza, mas faltava-lhe um pouco mais de alma. Enquanto isso, é ideal para esta época! Uma experiência visualmente deslumbrante, só isso!

 

“All of life is an act of letting go but what hurts the most is not taking a moment to say goodbye.”

 

Real.: Ang Lee / Int.: Suraj Sharma, Irrfan Khan, Adil Hussain, Gérard Depardieu, Rafe Spall

 


 

6/10
tags: ,

publicado por Hugo Gomes às 01:07
link do post | comentar | partilhar

1 comentário:
De Gustavo a 20 de Abril de 2013 às 21:28
Efeitos especiais fenomenais a banda sonora não é má, no geral adorei a Vida de Pi é um grande filme e muito emocional!


Comentar post

sobre mim
pesquisar
 
arquivos
2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


recentemente

Pedro Costa terá novo fil...

Os "restos" de Terrence M...

Anne Hathaway em novo fil...

Rabid terá remake!

Robert Pattinson trabalha...

Ira Sachs filmará em Port...

Den of Thieves contará co...

Melissa McCarthy em filme...

Sony pode "desistir" de p...

Uwe Boll acusa Paul Thoma...

últ. comentários
Notícia triste, mais um talento do qual nos desped...
Ridículo. Não são os únicos posters desta "naturez...
A Vida Íntima de Sherlock Holmes: 5*Acho o filme e...
Estava convencido que fosse o There Will Be Blood....
Para mim, The Master.
Takes
10/10 - Magnífico
9/10 - Imprescindível
8/10 - Bom
7/10 - Interessante
6/10 - Razoável
5/10 - Medíocre
4/10 - Muito Fraco
3/10 - Mau
2/10 - Péssimo
1/10 - De Fugir
0/10 - Nulidade
stats counter
HTML Hit Counter
counter
links
mais comentados
25 comentários
20 comentários
13 comentários
12511335_1084470088250815_732384524_o
subscrever feeds
blogs SAPO