Data
Título
Take
27.10.12
27.10.12

O Sexo e a Cidade por Steve McQueen!

 

O tema poderia ser sedutor, um ensaio de erotismo dignamente cinematográfico, mas não o é. Shame de Steve McQueen, o realizador com nome de ícone de Hollywood que nos ofereceu o cru mas majestoso Hunger - Fome em 2008 (um relato sobre os últimos dias de vida do notável membro da IRA, Bobby Sands), vê-se agora envolvido com o seu actor de eleição, Michael Fassbender, num retrato quase claustrofóbico de um homem que sofre de dependência sexual. Escrito por Abi Morgan (Iron Lady), Shame: Vergonha é um drama que se centra na busca incansável e portanto obsessiva do nova-iorquino Brandon (Fassbender), conseguindo transmitir o sexo como algo de depravação incontrolável e de puro animalesco. Aqui não existe embelezamentos, nem floreados, o sexo de Brandon é a seu refúgio, porém abrigo de uma dependência que aos poucos o despedaça e que o impede de viver sociavelmente, o espectador poderá estranhar esta adversão da sexualidade e mais, pela personagem de Fassbender que por vezes descontrola em prol dos seus devaneios.

 

 

A sua composição é de uma notável sensibilidade de relação actor / personagem, depois do desempenho magistral mas deveras ignorado em Hunger, Michael Fassbender volta a denunciar o seu corpo por parte da actuação, obviamente aqui em Shame não necessita de tortura-lo nem leva-lo ao limite como havia já feito, mas é o comportamento mais profundo de Brandon que leva com que o actor mimetize o seu problema para horizontes mais longes do que simplesmente o narrativo, um conformista para com as câmaras que parece não parece atrapalha-lo mesmo em momentos constrangedores. Para além disso, Fassbender consegue transmitir humanidade no personagem, fazendo com que este envergonhe dos seus actos, porém indefeso pelas obsessões compulsivas do seu ser escondido, tal como cicatrizes. Talvez com outro actor o personagem de Brandon seria um alvo abater na empatia com as audiências, mas Michael Fassbender faz o impensável. Merecia uma nomeação ao Óscar, mas isso é outra conversa.

 

 

Continuando dentro das actuações do elenco, não poderíamos ignorar Carey Mulligan que segue um rumo idêntico ao caminhando pela figura de Fassbender. Com excelentes desempenhos, momentos de pura vergonha humana mas de igual sensibilidade carnal, Shame apenas peca por cair no melodrama quando se aproxima do final. Mas resumindo e concluindo eis o segundo e grande trabalho de Steve McQueen, a solidão e o vazio do sexo numa era moderna, livre mas não menos depravada. O filme mais provocador do ano. E porque a ninfomania é uma doença e não um dom …

 

“We're not bad people. We just come from a bad place.”

 

Real.: Steve McQueen / Int.: Michael Fassbender, Carey Mulligan, James Badge Dale

 

 

Ver também

Hunger (2008)

8/10
tags: ,

publicado por Hugo Gomes às 01:36
link do post | comentar | partilhar

sobre mim
pesquisar
 
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


recentemente

Poirot não descansa! Avan...

Ghost Dog terá sequela!

A Liga da Justiça decepci...

Primeiro vislumbre da seq...

Arranca o 11º LEFFEST – L...

The Square (2017)

Pedro Pinho avança com no...

Justice League (2017)

Hitman será série de tele...

Vem aí novo spin-off de S...

últ. comentários
Nice. Ansioso por ler a crítica e a entrevista ent...
Rapaz, o Lucky já o vi em visionamento de imprensa...
Em quais sessões estás interessado? Amanhã vou ver...
Ando por lá, sim, nem que seja só para entrevistas...
Aquela música, meu! Voltei a ser criança. Hugo, pe...
Takes
10/10 - Magnífico
9/10 - Imprescindível
8/10 - Bom
7/10 - Interessante
6/10 - Razoável
5/10 - Medíocre
4/10 - Muito Fraco
3/10 - Mau
2/10 - Péssimo
1/10 - De Fugir
0/10 - Nulidade
stats counter
HTML Hit Counter
counter
links
mais comentados
25 comentários
20 comentários
13 comentários
12511335_1084470088250815_732384524_o
subscrever feeds
blogs SAPO