Data
Título
Take
27.5.12

Quando o Campo dos Sonhos tornou-se retro!

 

As inúmeras ficções cinematográficas de desporto que abundam nas salas de projecção e televisões recorrem facilmente aos modelos do cinema clássico, modelar e apelativos a um vasto público. Um dos exemplos mais claros é o baseball, jogo esse, popular nos EUA que já fora motivo para um abrangente número de metragens de sucesso entre as audiências. Porém este Moneyball é aquilo que deve ser considerado um anti-género, de romântico nem de modelar classicista pouco tem, sabendo esquivar tais elementos, mas nunca esquecer a verdadeira essência do desporto, aliás Billy Beane, personagem interpretada por Brad Pitt cita “How can you not get romantic about baseball?”.

 

 

Baseado no best-seller de Michael Lewis, por sua vez inspirado numa história verídica, Moneyball – Jogada de Risco é uma lição de valor versus preço, onde seguimos Billy Beane, o director geral dos Oakland Athletics, que após sofrer com a saída dos seus dois maiores craques tenta encontrar quem os possa substituir. Porém enfrentando o facto de se encontrar dirigindo uma equipa de baixo rendimento financeiro, contra tudo e contra todos, Beane deposita as suas esperanças em Peter Brand (Jonah Hill), um nerd contabilista apaixonado pelo desporto, que aconselhará o director a fazer as suas contratações.

 

 

O jovem actor de Superbad e de Cyrus, Jonah Hill, encontra-se no seu papel mais sério de sempre conseguindo "calar muita boa gente" o qual sempre o acusaram-no de não saber representar (porém não se compreende a nomeação à estatueta de Melhor Actor Secundário), mas é em Brad Pitt que a nova fita dirigida por Bennett Miller (Capote) e escrita pela dupla Aaron Sorkin (The Social Network) e Steve Zaillian (The Schindler’s List) encontra a sua força. Com uma justíssima nomeação ao Óscar, o actor de Inglourious Basterds e The Assassination of Jesse James by the Coward Robert Ford (citando duas das suas melhores prestações como actor e não como vedeta) encontra-se numa fase tão natural que chega a ser perfeito neste papel descontraído, cativante e carismaticamente sedutor, e já que falamos de elenco não poderíamos deixar escapar um fantástico Phillip Seymour Hoffman como o experiente treinador da equipa, um dos lados que motivará o prolongado debate de experiência contra estatística onde o filme se submete com toda a simplicidade, emoção e inteligência.

 

 

Moneyball pode carecer todo aquele romantismo cinematográfico que o publico mais mainstream adora, astutamente conseguindo esquivar dos ingredientes mais bacocos, mas sempre deixando uma “pitadinha” desse estilo tão abundante neste tipo de produções, como a sensação de esperança que nos segue em toda a narrativa. Foi um dos grandes perdedores da cerimónia de entrega dos Óscares de 2012, mas obviamente é uma das mais relevantes obras do ano. Um filme aparentemente frio, inteligente e naturalmente interpretado. Excelente! Um verdadeiro home run!

 

“You get on base, we win. You don't, we lose. And I hate  losing, Chavy. I hate it. I hate losing more than I even wanna win.”

 

Real.: Bennett Miller / Int.: Brad Pitt, Jonah Hill, Philip Seymour Hoffman, Robin Wright

 

 

O Melhor – A naturalidade de Brad Pitt e o debate que o filme consolida inteligentemente

O Pior – Não que tenha uma prestação má, pelo contrário, mas a nomeação de Jonah Hill é um pouco exagerada face a Phillip Seymour Hoffman que nada recebeu.

 

Recomendações – Field of Dreams (1989), The Natural (1984), The Rookie (2002)

8/10
tags: ,

publicado por Hugo Gomes às 01:11
link do post | comentar | partilhar

sobre mim
pesquisar
 
arquivos
2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


recentemente

Filme romeno conquista 68...

Downsizing (2017)

Joss Whedon fora de Batgi...

Pedro Costa terá novo fil...

Os "restos" de Terrence M...

Anne Hathaway em novo fil...

Rabid terá remake!

Robert Pattinson trabalha...

Ira Sachs filmará em Port...

Den of Thieves contará co...

últ. comentários
Notícia triste, mais um talento do qual nos desped...
Ridículo. Não são os únicos posters desta "naturez...
A Vida Íntima de Sherlock Holmes: 5*Acho o filme e...
Estava convencido que fosse o There Will Be Blood....
Para mim, The Master.
Takes
10/10 - Magnífico
9/10 - Imprescindível
8/10 - Bom
7/10 - Interessante
6/10 - Razoável
5/10 - Medíocre
4/10 - Muito Fraco
3/10 - Mau
2/10 - Péssimo
1/10 - De Fugir
0/10 - Nulidade
stats counter
HTML Hit Counter
counter
links
mais comentados
25 comentários
20 comentários
13 comentários
12511335_1084470088250815_732384524_o
subscrever feeds
blogs SAPO