Data
Título
Take
9.4.12

O filme podia ser de ferro, mas a dama é!

 

Phyllida Lloyd larga de vez o karaoke dos Abba de Mamma Mia! (2008) e reúne novamente com a versátil actriz Meryl Streep para “exorcizar” os fantasmas de Margaret Tchatcher, a primeira ministra britânica que foi apelidada de a Dama de Ferro, muito devido á sua convicção inquebrável . Streep conseguiu o seu terceiro Óscar de interpretação na pele da política conservacionista, num desempenho que dividiu opinião, por um lado aclamam um dos melhores (se não o melhor) desempenhos da actriz e outros que acusavam-na de ser histérica e caricatural. A actriz consegue ter, a meu ver, uma das prestações destaque da sua carreira, conseguindo de uma forma avassaladora camuflar no papel da Margaret Tchatcher, cujo seu mandato também ele discutível, marcou para sempre o Reino Unido, as suas decisões ainda hoje prevalecem nas memórias dos seus cidadãos.

 

 

O filme The Iron Lady mesmo que se sinta no geral apagado pela fenomenal prestação de Streep, é um biopic inovador na forma como expõe a vida desta incontornável mulher, concentrando-se centralmente no seu estado actual, onde a senilidade toma conta da mente de Margaret Tchatcher, enquanto esta explora o seu passado, relembrando os momentos de glória e dos conflitos que viveu. Fora isso, os “flashbacks” que recriam a vida da ex-primeira-ministra, exibem como algo referencial que nunca consegue tomar forma e força. Assistimos assim, a sua ascensão na política, a sua campanha para representar o seu partido, a tomada de posse, os conflitos das ilhas Malvinas o qual tomou conhecimento e sempre tomou medidas para, e por fim a sua queda no poder e no seu círculo de confiança, porém tudo isto assumido a forma de sketche, sem grande profundidade ou enfase, mas sempre valorizados pelo, e volto a sublinhar, desempenho de Streep.

 

 

Já que referimos em prestações, é com tristeza que a actriz (juntamente com Alexandra Roach que presta corpo a uma Margaret Tchatcher mais jovem) seja a única interpretação de destaque, até mesmo Jim Broadbent, Anthony Head e Olivia Colman são reduzidos a meros adereços, quase sem espaço no modelo narrativo exposto por Phyllida Lloyd. Somos capazes de imaginar esta figura biográfica num biopic com mais força e no tipo de filme que daria nas mãos de outra pessoa, sendo que já ouvi sugerir que Oliver Stone era ideal para este trabalho. PS – apesar de ter preferência em Michelle Williams como Marilyn Monroe em My Week With Marilyn de Simon Curtis para o Óscar de Melhor Actriz Principal, a escolha de Meryl Streep para o prémio não é descabida e muito longe disso, defendo ainda tratar-se de um dos seus melhores desempenhos.

 

Real.: Phyllida Lloyd / Int.: Meryl Streep, Jim Broadbent, Anthony Head, Olivia Colman, Richard E. Grant, Alexandra Roach

 

 

7/10
tags: ,

publicado por Hugo Gomes às 23:01
link do post | comentar | partilhar

sobre mim
pesquisar
 
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


recentemente

Poirot não descansa! Avan...

Ghost Dog terá sequela!

A Liga da Justiça decepci...

Primeiro vislumbre da seq...

Arranca o 11º LEFFEST – L...

The Square (2017)

Pedro Pinho avança com no...

Justice League (2017)

Hitman será série de tele...

Vem aí novo spin-off de S...

últ. comentários
Nice. Ansioso por ler a crítica e a entrevista ent...
Rapaz, o Lucky já o vi em visionamento de imprensa...
Em quais sessões estás interessado? Amanhã vou ver...
Ando por lá, sim, nem que seja só para entrevistas...
Aquela música, meu! Voltei a ser criança. Hugo, pe...
Takes
10/10 - Magnífico
9/10 - Imprescindível
8/10 - Bom
7/10 - Interessante
6/10 - Razoável
5/10 - Medíocre
4/10 - Muito Fraco
3/10 - Mau
2/10 - Péssimo
1/10 - De Fugir
0/10 - Nulidade
stats counter
HTML Hit Counter
counter
links
mais comentados
25 comentários
20 comentários
13 comentários
12511335_1084470088250815_732384524_o
subscrever feeds
blogs SAPO