Data
Título
Take
9.4.12

O filme podia ser de ferro, mas a dama é!

 

Phyllida Lloyd larga de vez o karaoke dos Abba de Mamma Mia! (2008) e reúne novamente com a versátil actriz Meryl Streep para “exorcizar” os fantasmas de Margaret Tchatcher, a primeira ministra britânica que foi apelidada de a Dama de Ferro, muito devido á sua convicção inquebrável . Streep conseguiu o seu terceiro Óscar de interpretação na pele da política conservacionista, num desempenho que dividiu opinião, por um lado aclamam um dos melhores (se não o melhor) desempenhos da actriz e outros que acusavam-na de ser histérica e caricatural. A actriz consegue ter, a meu ver, uma das prestações destaque da sua carreira, conseguindo de uma forma avassaladora camuflar no papel da Margaret Tchatcher, cujo seu mandato também ele discutível, marcou para sempre o Reino Unido, as suas decisões ainda hoje prevalecem nas memórias dos seus cidadãos.

 

 

O filme The Iron Lady mesmo que se sinta no geral apagado pela fenomenal prestação de Streep, é um biopic inovador na forma como expõe a vida desta incontornável mulher, concentrando-se centralmente no seu estado actual, onde a senilidade toma conta da mente de Margaret Tchatcher, enquanto esta explora o seu passado, relembrando os momentos de glória e dos conflitos que viveu. Fora isso, os “flashbacks” que recriam a vida da ex-primeira-ministra, exibem como algo referencial que nunca consegue tomar forma e força. Assistimos assim, a sua ascensão na política, a sua campanha para representar o seu partido, a tomada de posse, os conflitos das ilhas Malvinas o qual tomou conhecimento e sempre tomou medidas para, e por fim a sua queda no poder e no seu círculo de confiança, porém tudo isto assumido a forma de sketche, sem grande profundidade ou enfase, mas sempre valorizados pelo, e volto a sublinhar, desempenho de Streep.

 

 

Já que referimos em prestações, é com tristeza que a actriz (juntamente com Alexandra Roach que presta corpo a uma Margaret Tchatcher mais jovem) seja a única interpretação de destaque, até mesmo Jim Broadbent, Anthony Head e Olivia Colman são reduzidos a meros adereços, quase sem espaço no modelo narrativo exposto por Phyllida Lloyd. Somos capazes de imaginar esta figura biográfica num biopic com mais força e no tipo de filme que daria nas mãos de outra pessoa, sendo que já ouvi sugerir que Oliver Stone era ideal para este trabalho. PS – apesar de ter preferência em Michelle Williams como Marilyn Monroe em My Week With Marilyn de Simon Curtis para o Óscar de Melhor Actriz Principal, a escolha de Meryl Streep para o prémio não é descabida e muito longe disso, defendo ainda tratar-se de um dos seus melhores desempenhos.

 

Real.: Phyllida Lloyd / Int.: Meryl Streep, Jim Broadbent, Anthony Head, Olivia Colman, Richard E. Grant, Alexandra Roach

 

 

7/10
tags: ,

publicado por Hugo Gomes às 23:01
link do post | comentar | partilhar

sobre mim
pesquisar
 
arquivos
2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


recentemente

Downsizing (2017)

Joss Whedon fora de Batgi...

Pedro Costa terá novo fil...

Os "restos" de Terrence M...

Anne Hathaway em novo fil...

Rabid terá remake!

Robert Pattinson trabalha...

Ira Sachs filmará em Port...

Den of Thieves contará co...

Melissa McCarthy em filme...

últ. comentários
Notícia triste, mais um talento do qual nos desped...
Ridículo. Não são os únicos posters desta "naturez...
A Vida Íntima de Sherlock Holmes: 5*Acho o filme e...
Estava convencido que fosse o There Will Be Blood....
Para mim, The Master.
Takes
10/10 - Magnífico
9/10 - Imprescindível
8/10 - Bom
7/10 - Interessante
6/10 - Razoável
5/10 - Medíocre
4/10 - Muito Fraco
3/10 - Mau
2/10 - Péssimo
1/10 - De Fugir
0/10 - Nulidade
stats counter
HTML Hit Counter
counter
links
mais comentados
25 comentários
20 comentários
13 comentários
12511335_1084470088250815_732384524_o
subscrever feeds
blogs SAPO