Data
Título
Take
8.3.12

A família é tudo, mesmo na margem da lei!

 

Eis uma das obras obrigatórias para qualquer cinéfilo e não só, para todos que conhecem minimamente o cinema, The Godfather é aquele que se deve considerar, o mais amado de todos os filmes norte-americanos. Uma adaptação de Francis Ford Coppola de um conto homónimo de Mario Puzzo, um retrato detalhista da máfia italo-americana mas acima de tudo um épico patriarcal sobre ascensão de poder e noção de família. O Padrinho, titulo em português, se traduz como o elemento máximo da família e claramente dos seus negócios obscuros – o crime organizado.

 

 

A obra inicia com o casamento da filha do “chefão”, interpretado por um Marlon Brando imaculado, quase fónico, ressuscitado das cinzas, o inigualável Don Vito Corleone, que se tornará numa das personagens mais referenciadas e influentes de Hollywood. Porém sob o disfarce de uma festa matrimonial, um ritual cuidadoso ocorre dentro duma sala, quando os mais variados subordinados e não só, apresentam-se a Corleone e fazem o seu pedido, quase irrecusável para o mesmo. A partir deste momento o espectador começa a aperceber como organizado é esta comunidade criminosa, mas ao mesmo tempo tem em conta o quanto importante é a família e as suas relações mesmo em clima marginal. A intriga ganha carga dramática quando o grande Corleone é alvejado e quase á mercê da morte, Michael (Al Pacino), um dos seus filhos e todos o que menos interessado está em relação aos negócios do pai, decide actual vingativamente sob aqueles que cometeram tal acto de brutalidade, sendo que tal se vê envolvido na teia de crime e torna-se no herdeiro ao “trono”.

 

 

A fita fez de Al Pacino, James Caan e Robert Duvall em estrelas e garantiu a Marlon Brando o seu segundo Óscar, apesar de este ter recusado sendo que no seu lugar para a atribuição do prémio, surgiu uma falsa índia em protesto ao tratamento e a discriminação dos nativos norte-americanos nas produções de Hollywood. The Godfather ainda conta com as prestações femininas de Diane Keaton e Talia Shire (anos antes de se tornar no amor predilecto de Sylvester Stallone na saga Rocky Balboa), que se tornam dois pilares de suspensão para a personagem de Michael Corleone, o qual se nota um desenvolvimento nato de caracter ao longo da história.

 

 

A fita fez de Francis Ford Coppola num dos mais notórios cineastas do seu tempo, ainda hoje uma lenda viva que parece não ser estimada como devia. Como já conseguiram perceber, a fita de 1972 é de uma importância histórica reconhecível, dele nasceram grandes estrelas e profissionais como também renasceram lendas incólumes do cinema em geral. Pode não ser fácil de visualizar, aliás são três horas de duração, porém a intriga é dinâmica e altamente detalhada que faz da obra uma sedução cinematográfica. É uma obra-prima com certeza, e quiçá um dos melhores filmes alguma vez feitos.

 

"I'm gonna make him an offer he can't refuse."

 

Real.: Francis Ford Coppola / Int.: Marlon Brando, Al Pacino, James Caan, Richard S. Castellano, Robert Duvall, Sterling Hayden, John Marley, Richard Conte, Al Lettieri, Diane Keaton, Abe Vigoda, Talia Shire, Gianni Russo, John Cazale

 

 

10/10
tags: ,

publicado por Hugo Gomes às 00:33
link do post | comentar | partilhar

sobre mim
pesquisar
 
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


recentemente

A Liga da Justiça decepci...

Primeiro vislumbre da seq...

Arranca o 11º LEFFEST – L...

The Square (2017)

Pedro Pinho avança com no...

Justice League (2017)

Hitman será série de tele...

Vem aí novo spin-off de S...

Afinal vai mesmo haver sé...

Gal Gadot recusa fazer Wo...

últ. comentários
Nice. Ansioso por ler a crítica e a entrevista ent...
Rapaz, o Lucky já o vi em visionamento de imprensa...
Em quais sessões estás interessado? Amanhã vou ver...
Ando por lá, sim, nem que seja só para entrevistas...
Aquela música, meu! Voltei a ser criança. Hugo, pe...
Takes
10/10 - Magnífico
9/10 - Imprescindível
8/10 - Bom
7/10 - Interessante
6/10 - Razoável
5/10 - Medíocre
4/10 - Muito Fraco
3/10 - Mau
2/10 - Péssimo
1/10 - De Fugir
0/10 - Nulidade
stats counter
HTML Hit Counter
counter
links
mais comentados
25 comentários
20 comentários
13 comentários
12511335_1084470088250815_732384524_o
subscrever feeds
blogs SAPO