Data
Título
Take
1.3.12

Bruna Surfistinha (2011)

 

Garota de programa!

 

"Oi, eu sou a Bruna", é de forma bem-vinda e meiga que Bruna, a Surfistinha (Deborah Secco) se apresenta aos seus clientes nesta fita de Marcus Baldini, sobre a mais famosa "garota de programa" do Brasil, que fora divulgada através de um polémico blog. Trata-se de um filme de contornos dramáticos e biográficos, adaptado da autobiografia de Raquel Pacheco (nome verdadeiro da nossa Bruna) intitulado de "O Doce Veneno do Escorpião", que concentra para a actriz Deborah Secco, no papel duma vida, exibindo aqui uma naturalidade incrível para se expor frente às câmaras. Bruna, A Surfistinha é tal como a maioria dos biopics cinematográficos, um filme carente na profundidade entre as relações das personagens e mesmo nas suas construções, sendo a protagonista, o único ponto de cativação e de fluidez para todo o enredo. Tirando isso, ficamos ao dispor duma esquemática película que não conhece o território do erótico nem sabe aproveitar a ênfase dramática que a figura central poderia suscitar, ao invés disso, centra-se no puro moralismo e na exploração do símbolo sexual que é Deborah Secco. Sente-se esforço, mas não a proeza, ficando-se por um mediático biopic cujo resultado é um autêntico "pés pelas mãos".

 

Real.: Marcus Baldini / Int.: Deborah Secco, Cássio Gabus Mendes, Drica Moraes

 

4/10

 

 

Dream House (2011)

 

A Casa das decepções!

 

Quem entrou na sala de cinema e tendo como conhecimento o trailer do novo filme de Jim Sheridan, então o resultado é uma enorme decepção. E não é por menos, para além da dita apresentação ser um poço sem solução em termos de spoilers, difícil mesmo é negar que a pequena curta revela em demasia os trunfos do thriller dramático protagonizado por Daniel Craig. Porém, avaliar um filme através do trailer é um golpe muito baixo, mas neste caso (e que raro caso!), a antevisão corresponde com as expectativas, até porque Dream House é uma desilusão na sua maior parte dos campos, muito mais sabendo que é uma obra vindo de Jim Sheridan, um esforçado director de actores, novamente compondo um belíssimo trabalho em dirigi-los, mas que cedo falha na concepção dos próprios parâmetros da história. As surpresas são reveladas cedo demais, o argumento é prejudicado, não pela previsibilidade, mas pela lógica do todo e o final intromete-se sem qualquer ponto alto de climax. Tudo soa a telefilme de segunda, mesmo com as boas intenções do autor, que havia revelado que todo este quadro resumia-se a uma homenagem à mítica obra de Kubrick, The Shining (1980). Mas o resultado é um thriller muito decepcionante!

 

"Once upon a time, there were two little girls who lived in a house."

 

Real.: Jim Sheridan / Int.: Daniel Craig, Naomi Watts, Rachel Weisz, Elias Koteas

 

 

Ver Também

The Shining (1980)

 

4/10

 

 

What’s Your Number (2011)

 

Anna Faris entre Exs!

 

É degradante ver como nascem certos argumentos de comédia romântica, What’s Your Number? é algo surrealista nesse campo. A história segue uma recém-desempregada e sempre rodeada de homens (Anna Faris) que descobre num artigo de uma revista feminina que estaticamente uma mulher que fez sexo com mais de vinte homens tem pouca probabilidade de casar. Assim sendo, e farta de encontrar-se sozinha no seu apartamento, a protagonista decide procurar pelos seus exs., em busca do seu homem perfeito. Patético e bocejante, Anna Faris que conheceu o protagonismo com a saga Scary Movie é a coordenadora de uma série de fúteis gags que não revelam quaisquer sinais de talento da actriz, nem nada que pareça. Chris Evans, estranhamente ajuda na "festa", levando a fita ainda mais fundo no abismo que o próprio encontra-se. Sem qualquer pingo de graça e moralmente repreensível, What’s Your Number?, tendo o titulo traduzido simplesmente a A Lista dos Exs é o típico filme que irá integrar na grelha comum das televisão no domingo à tarde. Nesse ponto, vai uma apostinha?

 

 

Real.: Mark Mylod / Int.: Anna Faris, Chris Evans, Martin Freeman

 

3/10

 

tags: , ,

publicado por Hugo Gomes às 17:26
link do post | comentar | partilhar

1 comentário:
De Ricky Torero a 22 de Agosto de 2012 às 00:25
Destes três só vi o primeiro - bruna surfistinha, um filme brasileiro bem conseguido com deborah seco a provar que é um deleite de actriz e o ultimo - a lista dos exs, comédia que facilmente se esquece e que não lá muita piada.


Comentar post

sobre mim
pesquisar
 
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


recentemente

Jeannette, l'enfance de J...

Visages, Villages (2017)

Cannes! Here I go.

Trailer: Claire's Camera,...

Sónia Braga será Irmã Lúc...

Conheçam o Palmarés do 14...

Trailer da sequela de Bue...

Primeiras imagens do novo...

Trailer de «Jeannette», u...

Morreu Nelson Xavier

últ. comentários
Malick não anda bem. Não acho que seja preguiça. S...
Vi. Infelizmente. Ridículo. Excalibur de John Boor...
Um grande ator também do teatro brasileiro.
A Sônia Braga é fantástica! Esperemos que seja mel...
Mais um filme estrangeiro para a lista!
Takes
10/10 - Magnífico
9/10 - Imprescindível
8/10 - Bom
7/10 - Interessante
6/10 - Razoável
5/10 - Medíocre
4/10 - Muito Fraco
3/10 - Mau
2/10 - Péssimo
1/10 - De Fugir
0/10 - Nulidade
stats counter
HTML Hit Counter
counter
links
mais comentados
25 comentários
20 comentários
13 comentários
12511335_1084470088250815_732384524_o
subscrever feeds
blogs SAPO