Data
Título
Take
16.9.10

Um filme implacável!

 

Muito antes de cair nas bocas do Mundo com o seu frenesim tecnológico e cientifico, com o bilionário Avatar, James Cameron havia ,quinze anos antes, comprometido à ficção cientifica com este The Terminator, que inicialmente poderia ser confundido com qualquer obra chunga de série Z. Antes de mais, a fita que celebrizou Arnold Schwarzenegger é um produto rico dos elementos que comporiam obras como Mad Max ou mesmo Blade Runner, a influencia de Phillip K. Dick encontra-se implementada neste filme de acção excessivamente violento (muito "eighties") e “tech-noir”, o qual assistimos a um argumento caprichado e narrativamente eficaz.

 

 

The Terminator nos revela o negro futuro da Humanidade, as máquinas ascenderão e se tornarão independentes, sendo que a guerra se instalará e as antes “servas dos humanos” se convertem em seus carrascos. Os humanos resistem, sendo eles liderados pelo messiânico John Connor, experiente na arte de combate á maquinaria. Porém a inteligência artificial antecede ao seu próprio extermínio e através de meios temporais (uma espécie de maquina de tempo) envia uma das suas máquinas mais mortais com a missão de eliminar Sarah Connor (Linda Hamilton), a futura mãe de John Connor.

 

 

Guiado por um ambiente de iminência apocalíptica, o seu tom sujo e escuro, The Terminator é notório quer como produto fértil de ficção científica, sem ambições para mais e sem preocupações com explicações a nível social e tecnológico, quer como “catapulta” para o gigante Schwarzenegger, cujo os seus poucos dotes como actor e a sua inexpressividade são compatíveis com o seu papel de andróide, sinceramente devido aos seus atributos físicos é difícil aceita-lo como um mero herói, sendo que como vilão, ele é perfeito para o papel.

 

 

Cameron é também rico na consistência das suas personagens femininas, passados dois anos consegue solidificar uma das mulheres fictícias mais célebres do cinema, a tenente Ellen Ripley (Sigourney Weaver) da saga Alien, refiro o Aliens (1986), em The Terminator, Linda Hamilton como Sarah Connor é o modelo dessa textura. O combate entre a mulher que é significamente o “berço da nova Humanidade” (uma espécie de Maria num apocalipse de cabedal) e o seu “anjo da morte” (o aparentemente indestrutível Arnold) é algo que ficou na historia do cinema de acção.

 

 

Michael Blehn dá uma ajuda como auxílio dos Homens, a musica de Brad Fiedel que ficou eterna e as sequências de acção como os efeitos visuais, que embora sejam algo de artesanal, são esforçados. Com isto devo salientar que graças a uma narrativa que cobiça a originalidade num argumento que soa como uma salada cientifica e o eterno “I’il be Back” dito com a pronuncia de Schwarzenegger, The Terminator é algo de marcante no universo de acção, sem ele era difícil imaginar como seria o género, obviamente sem o sucesso de tal não existiria o estrondoso êxito de Avatar.

 

Real.: James Cameron / Int.: Arnold Schwarzenegger, Linda Hamilton, Michael Blehn, Paul Winfield

 

 

Ver Também

Terminator 2: Judgment Day (1991)

Terminator Salvation (2009)

Blade Runner (1982)

Aliens (1986)

8/10
tags: ,

publicado por Hugo Gomes às 23:17
link do post | comentar | partilhar

2 comentários:
De Diogo Figueira a 19 de Setembro de 2010 às 12:39
Que marcante clássico da minha pré-adolescência, que grande guilty pleasure !


De Ricky Torero a 20 de Setembro de 2010 às 13:02
Uma fantasia adulta, um dos melhores filmes de Arnold Schwarnegger, para mim muito melhor que o Stalone.


Comentar post

sobre mim
pesquisar
 
arquivos
2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


recentemente

Clive Owen junta-se a Wil...

Leonardo DiCaprio protago...

John Wick será série de t...

Quote #09: Body Snatchers...

Jeanne! será o próximo fi...

Pop Aye (2017)

Quote #8: All Abou Eve (J...

Pinhead de regresso! Divu...

Primeiro vislumbre de Joh...

QUOTE #7: Pauline Keal

últ. comentários
Este gênero nunca foi um dos meus preferidos, póre...
Concordo, "Índice Médio de Felicidade" e "Malapata...
O "São Jorge" é até agora o meu preferido, mantend...
Vi hoje, Robert Pattinson no seu melhor! Que venha...
Uma das maiores surpresas do ano, mesmo sendo do W...
Takes
10/10 - Magnífico
9/10 - Imprescindível
8/10 - Bom
7/10 - Interessante
6/10 - Razoável
5/10 - Medíocre
4/10 - Muito Fraco
3/10 - Mau
2/10 - Péssimo
1/10 - De Fugir
0/10 - Nulidade
stats counter
HTML Hit Counter
counter
links
mais comentados
25 comentários
20 comentários
13 comentários
12511335_1084470088250815_732384524_o
subscrever feeds
blogs SAPO