Data
Título
Take
4.10.09

 

O policial sueco!

 

Stieg Larsson escreveu aqueles que podem bem ser considerados os romances de suspense mais inovadores e cativantes da literatura do novo milénio, tendo escrito a trilogia Millennium - que inicia com Men Who Hate Women, seguido por The Girl Who Play With Fire e terminando com The Girl Who Kicked the Hornet's Nest - que fora muitas vezes  comparado com uma Agatha Christie ou Arthur Conan Doyle. Porém Stieg Larsson nunca conheceu o sucesso da sua trilogia literária, tendo falecido nove meses antes do primeiro romance ter sido editado. Porém a notoriedade que os livros ganharam fizeram com que fosse uma “minas de ouro” para eventuais adaptações cinematográficas, e por uma vez na vida, as ditas obras não caíram nas mãos de um grande estúdio de Hollywood.

 

 

Suécia, Dinamarca e Alemanha, uniram esforços para transportar todo o suspense e a complexa intriga de Larsson para a grande tela, o primeiro volume – Men Who Hate Women – é marcada pelo "génesis" da dupla Mikael Blomkvist e Lisbeth Salander (interpretados por Michael Nyqvist e Noomi Rapace), ele é um dos fundadores da revista Millennium, um jornalista de nome que após a publicação de um polémico artigo é levado a tribunal. O qual perde a causa e enfrenta a iminente prisão. E ela é uma hacker de uma infância problemática que trabalha como investigadora ao domicilio. A dupla se encontra envolvida num caso de desaparecimento que há 40 anos. Com o decorrer da investigação, revela-se em algo mais sombrio e chocante.

 

 

Men Who Hate Women é um thriller bem escrito e elaboradamente convertido para a grande tela, que nos provoca uma sensação de discriminação ao retratar temas delicados como violência doméstica, violação, mulheres como alvo fácil dos seriais killers e todos outros discernimentos do sexo feminino que o tornam num ser frágil e facilmente prejudicado pelo meio ambiente onde coexistem com o outro sexo, o homem. Como pano de fundo temos uma intriga que nos remete aos melhores trabalhos do ramo do cinema policial e suspense.

 

 

Psicologicamente forte e com cenas de tamanha ousadia que pouco o cinema americano foi capaz de transmitir, Millennium 1 é consumido pela grande interpretação de Noomi Rapace, numa bem conseguida na absorção da carismática personagem da mente de Stieg Larsson. Para sê-lo, a actriz teve que sacrificar o seu corpo para a sua bizarra caracterização, desde os piercings às tatuagens, até ao seu musculado corpo, derivado do kickboxing que teve que praticar na pré-produção. Noomi Rapace é a Lisbeth de Stieg Larsson, pormenorizado até ao íntimo retoque. Outra interpretação a conter é a de Sven-Bertil Taube, duma delicadeza de classe na pele de Henrik Vanger. O senão neste ramo é Michael Nyqvist, demasiado insonso e inexpressivo na pele de Blomkvist. Resumidamente este é um dos melhores thrillers do ano, mais um exemplo da nova vaga do cinema sueco, a não perder este e os próximos que prometem um patamar superior.

 

Real.: Niels Arden Oplev / Int.: Noomi Rapace, Michael Nyqvist, Sven-Bertil Taube

 

 

A não perder – corpo e alma, Lisbeth mais Noomi Rapace

 

 

O melhor – capaz de destacar a imaginação e a crueza de Stieg Larsson

O pior – o facto de ser cinema sueco afastará muitos espectadores e distribuidoras.

 

 

Recomendações – Se7en (1995), Les Rivières Pourpres (2000), The Flock (2007)

 

8/10
tags: ,

publicado por Hugo Gomes às 23:24
link do post | comentar | partilhar

3 comentários:
De Rick Torero a 20 de Maio de 2010 às 23:08
Um filme verdadeiramente cativante e misterioso, o dois também é bom!!


De Andrea Woolf a 22 de Outubro de 2010 às 23:41
cara, onde eu acho esse filme?
só acho pra baixar com legenda em ingles.. valeu


De Gustavo a 16 de Fevereiro de 2011 às 15:50
Gostei do filme, é bom mas não é por aí alem, parece aquelas historias antigas de detectives cujo assassino só é revelado no final


Comentar post

sobre mim
pesquisar
 
arquivos
2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


recentemente

Agnès Varda trabalha em n...

Versão live-action de Swo...

My French Film Festival, ...

Jean-Pierre Verscheure na...

KINO regressa com a sua 1...

Trailer de Ghostland, o n...

Clive Owen junta-se a Wil...

Leonardo DiCaprio protago...

John Wick será série de t...

Quote #09: Body Snatchers...

últ. comentários
Este gênero nunca foi um dos meus preferidos, póre...
Concordo, "Índice Médio de Felicidade" e "Malapata...
O "São Jorge" é até agora o meu preferido, mantend...
Vi hoje, Robert Pattinson no seu melhor! Que venha...
Uma das maiores surpresas do ano, mesmo sendo do W...
Takes
10/10 - Magnífico
9/10 - Imprescindível
8/10 - Bom
7/10 - Interessante
6/10 - Razoável
5/10 - Medíocre
4/10 - Muito Fraco
3/10 - Mau
2/10 - Péssimo
1/10 - De Fugir
0/10 - Nulidade
stats counter
HTML Hit Counter
counter
links
mais comentados
25 comentários
20 comentários
13 comentários
12511335_1084470088250815_732384524_o
subscrever feeds
blogs SAPO