Data
Título
Take
23.9.07
23.9.07

 

Real.: James Wan

Int.: Leigh Whannell, Cary Elwes, Danny Glover

 

Adam (Leigh Whannell) e Gordon (Cary Elwes) acordaram misteriosamente numa casa de banho abandonada, ambos encontram-se acorrentados por um pé, no meio deles está um cadáver que possui numa mão um gravador e noutra um revolver, os dois possuem uma serra que não está destinada a cortar as correntes, mas sim o dito pé. Desesperados em sair, apercebe-se de estar envolvidos num jogo mortal de um misterioso e macabro serial killer que se dá pelo nome de Jigsaw (Tobin Bell), que põe á prova as suas vítimas com jogos de consequências mortais.

Estreou discretamente nas nossas salas, mas estava destinado desde cedo ao estatuto de culto e admito que é uma refrescante surpresa no campo do thriller com uns toques bastantes fortes de terror do mais gore que há. Escrito e realizado pelo estreante James Wan, Saw envolve-se numa premissa original cheio de tensão e de momentos chocantes que valorizam um dos instintos mais aterradores do ser humano; a sobrevivência, e nesse facto é aconselhado dizer que Saw não é para qualquer um, é preciso ter estômago como também é preciso ser impressionado num filme que não deixa ninguém indiferente. Entre a estrutura limitada de um Cube de Vincenzo Natali e a engenho de um Se7en de David Fincher, Saw encontra a sua inspiração em ambos.

Todavia não é um filme perfeito, a ideia claramante sobressai ao artistico, as interpretações não ajudam, e em certos momentos roçam o ridículo e Danny Glover surpreende muito, pela negativa, e a brilhante fotografia é por vezes manipulada com efeitos de luz e psicadélicos, aquilo que vulgarmente se chamaria de realização a lá MTV. Mas é de louvar algo fresco num género que anda pela hora da morte, como também a presença de um dos twists finais mais brilhantes dos últimos anos num argumento que tem muito que se diga entre o genial e a escassez de ideias. Um dos filmes mais perturbantes da nova era.

7/10
tags: ,

publicado por Hugo Gomes às 18:56
link do post | comentar | partilhar

sobre mim
pesquisar
 
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


recentemente

A Liga da Justiça decepci...

Primeiro vislumbre da seq...

Arranca o 11º LEFFEST – L...

The Square (2017)

Pedro Pinho avança com no...

Justice League (2017)

Hitman será série de tele...

Vem aí novo spin-off de S...

Afinal vai mesmo haver sé...

Gal Gadot recusa fazer Wo...

últ. comentários
Nice. Ansioso por ler a crítica e a entrevista ent...
Rapaz, o Lucky já o vi em visionamento de imprensa...
Em quais sessões estás interessado? Amanhã vou ver...
Ando por lá, sim, nem que seja só para entrevistas...
Aquela música, meu! Voltei a ser criança. Hugo, pe...
Takes
10/10 - Magnífico
9/10 - Imprescindível
8/10 - Bom
7/10 - Interessante
6/10 - Razoável
5/10 - Medíocre
4/10 - Muito Fraco
3/10 - Mau
2/10 - Péssimo
1/10 - De Fugir
0/10 - Nulidade
stats counter
HTML Hit Counter
counter
links
mais comentados
25 comentários
20 comentários
13 comentários
12511335_1084470088250815_732384524_o
subscrever feeds
blogs SAPO