Data
Título
Take
12.9.07

 

Real.: Alain Chabat

Int.: Gérard Depardieu, Christian Clavier, Jamel Debbouze, Monica Bellucci, Claude Rich, Alain Chabat

 

Cleópatra (Monica Bellucci) faz uma aposta arriscada com César (Alain Chabat), que irá mostrar ao imperador romano que o Egipto ainda continua a ser uma grande potência e para provar tal facto terá que ser capaz de construir um magnífico palácio em apenas 3 meses. E com isso a poderosa rainha do Egipto contará com a ajuda dos gauleses Asterix (Christian Clavier), Obelix (Gérard Depardieu) e Panoramix (Claude Rich), os três tem como missão distribuir a poção mágica pelos operários da obra e alguns punhos reservados aos romanos.

Bem, eis a inevitável sequela e adaptação de uma das melhores BDs francesas, pelo menos esta é a mais imaginativa. Depois do sucesso global de Asterix E Obelix – Contra César, uma nova aventura do par de gauleses mais queridos do mundo era um bom partido e assim adaptaram outro livro de Goscinny e Uderzo, muito famoso para os fãs e talvez se não, o melhor e mais bem escrito da série literária. Obviamente o segundo filme não bebe da mesma água da mesma fonte que a adaptação anterior bebia, Asterix E Obelix – Missão: Cleópatra segue um ritmo quase esquecido de “non sense”, o mesmo que os filmes e seriado do grupo comíco Monthy Python seguia, e nessa forma, o filme traz algumas maravilhas hilariantes e uma “mão” cheio de referências de quase tudo.

Mas infelizmente o filme deve-se muito á BD, o que não consegue destacar ou cativar novos fãs que não leram nenhum dos livros e toda aquela imagem, vestuário e cores são de meramente infantis, o que á partida não atrai nenhum espectador mais sério ou menos crente. È uma comédia fresca, á francesa se poderá dizer, e tem Monica Bellucci como Cleópatra, que por si justifica a sua visualização (que pena que aparece muito pouco), mas que infelizmente é muito dependente da inspiração de origem, contundo serve para desenjoar um pouco dos habituais filmes americanos que invadem as nossas salas como “romanos”.


 

6/10
tags: ,

publicado por Hugo Gomes às 19:07
link do post | comentar | partilhar

sobre mim
pesquisar
 
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


recentemente

A Liga da Justiça decepci...

Primeiro vislumbre da seq...

Arranca o 11º LEFFEST – L...

The Square (2017)

Pedro Pinho avança com no...

Justice League (2017)

Hitman será série de tele...

Vem aí novo spin-off de S...

Afinal vai mesmo haver sé...

Gal Gadot recusa fazer Wo...

últ. comentários
Nice. Ansioso por ler a crítica e a entrevista ent...
Rapaz, o Lucky já o vi em visionamento de imprensa...
Em quais sessões estás interessado? Amanhã vou ver...
Ando por lá, sim, nem que seja só para entrevistas...
Aquela música, meu! Voltei a ser criança. Hugo, pe...
Takes
10/10 - Magnífico
9/10 - Imprescindível
8/10 - Bom
7/10 - Interessante
6/10 - Razoável
5/10 - Medíocre
4/10 - Muito Fraco
3/10 - Mau
2/10 - Péssimo
1/10 - De Fugir
0/10 - Nulidade
stats counter
HTML Hit Counter
counter
links
mais comentados
25 comentários
20 comentários
13 comentários
12511335_1084470088250815_732384524_o
subscrever feeds
blogs SAPO