Data
Título
Take
23.7.08

Real.: George A. Romero

Int.: Simon Baker, John Leguizamo, Asia Argento, Dennis Hopper

 

 

George A. Romero entrou nos registos do horror americano, em 1968 com Night of the Dead, um filme de baixo orçamento e filmado a preto e branco que originou um grande êxito comercial e caiu nas boas graças do público e da crítica, nesse filme puramente sanguinário, Romero se destacou num subgénero criado por si, onde os protagonistas eram cadáveres ambulantes com forte apetite por carne humana (zombies). Um filme que viria a ser escutado como uma mordaz critica á Guerra do Vietname. Dez anos mais tarde, voltaria á categoria, mas com um orçamento mais alargado e com um tom crítico mais acentuado em Dawn of the Dead, considerada a sua obra-prima, onde o autor satiriza o consumismo. Só em 1985, Dead se converteu numa trilogia com Day of the Dead, que apesar de não conseguir comparar com os anteriores funcionaria assim como um puro delito carniceiro.

Passaram 20 anos, e depois de termos assistidos a varias incursões, algumas meio patéticas assim por dizer, deste mundo romereano e do musculado, mas vivo remake de Dawn of the Dead de Zack Snyder que se constituiu como uma das surpresas do ano 2003, o mestre regressa com Land of the Dead, que á semelhança dos três anteriores vai se alargando em termos de orçamento e em termos de cenário apocalíptico. O filme gira em torno de uma “cidade” isolada num mundo “governando” por zombies. Essa mesma sobrevive com a ajuda de muros electrificados, segurança de alto risco e um exército armado sempre ao dispor. Contudo, dentro desse “paraíso” encontra-se vários problemas sociais entre eles a grande diferença entre ricos e pobres, e as suas descriminações. Esta cidade ainda tem as características de sobreviver com a recolha de produtos, medicamentos e outros bens essenciais na espoliarão de localidades abandonadas e arrasadas pelo fenómeno zombie, e para isso é preciso uma elite especializada, para sobreviver e lutar num “mundo” tão morto e outsider. Para complicar a situação um dos membros desse esquadrão (Simon Baker), faz uma descoberta surpreendente e aterradora, os seres mortos-vivos estão a evoluir tal como a lei evolutiva de Darwin. Estão a começar a pensar e pior a cooperar entre si, tornando-se mais rápidos, mais reflectores e ainda mais mortais.

George A. Romero articula aqui um filme bem doseado de terror e acção bem encenada, com tempo de mordaz sátira como também espaço para os artifícios mais comerciais que resultam num espectáculo de bom gosto. È na situação dos EUA em relação ao mundo e as diferenças sociais e de classes que o autor veio buscar inspiração, e sempre irrequieto em termos criativos, o seu conceito de inteligência que as suas criaturas predilectas adquirem ganha notoriedade e temor. Mesmo não sendo perfeito, o que não é, tendo os defeitos habituais de um produto de série B, como uma leveza na caracterização das personagens e nalguma previsibilidade, difere das diferentes adaptações e de muitos outros produtos com o mesmo “B” por provar que o mestre ainda continua vivo depois de 20 anos de ausência no tempo. Com um elenco não muito apelativo, mas eficaz (Dennis Hopper e John Leguizamo estão soberbos), efeitos especiais e práticos de grande categoria e recheado de grandes momentos de “puro” terror e de acção, Land of the Dead – Terra dos Mortos, dentro da sua limitação serial é bastante classe A.

O melhor – a prova que o mestre está vivo depois de uma longa ausência

O pior – grande esquematização nas personagens

7/10 ***

 


publicado por Hugo Gomes às 14:32
link do post | comentar | partilhar

1 comentário:
De Dreamweaver a 23 de Julho de 2008 às 20:07
O mestre pode estar vivo, mas fez asneira da grossa no últmio filme- Diary of the dead! Que abominação de filme!
Abraço e bom regresso!


Comentar post

sobre mim
pesquisar
 
arquivos
2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


recentemente

Downsizing (2017)

Joss Whedon fora de Batgi...

Pedro Costa terá novo fil...

Os "restos" de Terrence M...

Anne Hathaway em novo fil...

Rabid terá remake!

Robert Pattinson trabalha...

Ira Sachs filmará em Port...

Den of Thieves contará co...

Melissa McCarthy em filme...

últ. comentários
Notícia triste, mais um talento do qual nos desped...
Ridículo. Não são os únicos posters desta "naturez...
A Vida Íntima de Sherlock Holmes: 5*Acho o filme e...
Estava convencido que fosse o There Will Be Blood....
Para mim, The Master.
Takes
10/10 - Magnífico
9/10 - Imprescindível
8/10 - Bom
7/10 - Interessante
6/10 - Razoável
5/10 - Medíocre
4/10 - Muito Fraco
3/10 - Mau
2/10 - Péssimo
1/10 - De Fugir
0/10 - Nulidade
stats counter
HTML Hit Counter
counter
links
mais comentados
25 comentários
20 comentários
13 comentários
12511335_1084470088250815_732384524_o
subscrever feeds
blogs SAPO