Data
Título
Take
17.5.08

O horror continua … não da forma como pretendíamos!

 

Depois de ter angariando milhões com a revisão ao clássico de Tobe Hooper -Texas Chainsaw Massacre - a produtora Platinum Dunes decide apostar em "lavagens" de outros clássicos e notórios filmes de terror oriundo dos anos 70 80. Como tal, Michael Bay (produtor) abre um “cofre poeirento”, mas reluzentemente valioso, aproveitando toda uma infinidade de matéria-prima que marcou uma geração de 80 anos de puro terror. Por outras palavras, Bay está num buffet!

 

2005-the-amityville-horror-010.jpg

 

A mais recente vitima é The Amityville Horror, um conto embutido na cinematografia que partilha com o antecessor da companhia (Platinum Dunes) o mérito de basear em factos verídicos, uma tagline benéfica, atractiva para todo um conjunto de audiências à beira de ser surpreendidas, ou iludidas, com relatos "reais".

 

ah-jodi.jpg

 

A mansão, o dispositivo de veracidade neste cenário, já havia sido celebrizada numa versão cinematográfica em 1979, dirigida pelo subvalorizado Stuart Rosenberg (Cool Hand Luke), um êxito que iniciou um fracassado franchise, mas que redefiniu o subgénero de assombração em alturas que Halloween era o último grito do terror. Contando a história de uma casa confinada ao seu trágico passado. As suas paredes marcadas com sangue de um horrendo homicídio de características estranhas e a atmosfera pesada com a presença de algo mais que demoníaco. Uma família em pré união decide comprar o dito imóvel e como mera rotina fotográfica, os eventos anteriores são repetidos face aos novos habitantes.

 

amityville-horror-the-DI-3.jpg

 

Sustos fáceis e hiperactivos, como também uma histeria cénica e fotográfica, The Amityville Horror fica-se por um produto de fácil digestão e uma versátil comercialização que varia entre as inovações por parte do realizador como também na “arte” de vender do próprio Bay. Este último converte a simples, mas eficaz história de terror de Rosenberg em uma mudança estética ausente de ambição e dotado de uma narrativa cheia de espasmos “à la videoclip” (voltamos às refilmagens dos anos 90?)

 

amityville-horror-3.jpg

 

Tendo por vezes os seus momentos altos - um ou outro bem inserido jump scare - a maior falha desta “repetição” é o facto de ser um erro tremendo de casting. As "velhas" personagens adquirem, não só novas faces, como também novos contornos corporais que evidenciam do puro delito visual para ambos os sexos. Como tal encontramos Melissa George como a improvável mãe de três filhos, sem evidências de cansaço etário, e um corpulento Ryan Reynolds. Este ultimo, tem nesta fita a oportunidade de fugir ao seu rótulo de cómico e providenciar de um papel mais sério e a oportunidade que lhe faltava para provar ser um sólido actor, subvalorizado devido à escolha dos seus projectos.

 

amityville-horror.jpg

 

Resumindo e concluindo, The Amityville Horror, de Andrew Douglas, é mais um remake não solicitado, aquele terror “fast-food” que o qual estamos habituados, porém, longe do desastre que se esperava. Não é mau de todo, mas …

 

"Catch them! Kill them!"

 

Real.: Andrew Douglas / Int.: Ryan Reynolds, Melissa George, Jesse James, Jimmy Bennett, Chloe Moretz, Rachel Nichols, Philip Baker Hall, Isabel Conner, Brendan Donaldson, Annabel Armour, Rich Komenich, David Gee, Danny McCarthy, Nancy Lollar, José Taitano

 

why-i-love-the-amityville-horror-franchise-the-ami

5/10
tags: ,

publicado por Hugo Gomes às 20:29
link do post | comentar | partilhar

1 comentário:
De gui_wings a 18 de Maio de 2008 às 11:27
Não gostei do filme. Aluguei-o para ver com os meus amigos, mas não se tornou nada de especial....já adivinhava as cenas mesmo antes de elas surgirem (a típica cena da casa de banho!!).

Mas por um lado, a miúda assusta - eu tenho um problema com rapariguinhas misteriosas em camisa de noite...


Comentar post

sobre mim
pesquisar
 
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


recentemente

Poirot não descansa! Avan...

Ghost Dog terá sequela!

A Liga da Justiça decepci...

Primeiro vislumbre da seq...

Arranca o 11º LEFFEST – L...

The Square (2017)

Pedro Pinho avança com no...

Justice League (2017)

Hitman será série de tele...

Vem aí novo spin-off de S...

últ. comentários
Nice. Ansioso por ler a crítica e a entrevista ent...
Rapaz, o Lucky já o vi em visionamento de imprensa...
Em quais sessões estás interessado? Amanhã vou ver...
Ando por lá, sim, nem que seja só para entrevistas...
Aquela música, meu! Voltei a ser criança. Hugo, pe...
Takes
10/10 - Magnífico
9/10 - Imprescindível
8/10 - Bom
7/10 - Interessante
6/10 - Razoável
5/10 - Medíocre
4/10 - Muito Fraco
3/10 - Mau
2/10 - Péssimo
1/10 - De Fugir
0/10 - Nulidade
stats counter
HTML Hit Counter
counter
links
mais comentados
25 comentários
20 comentários
13 comentários
12511335_1084470088250815_732384524_o
subscrever feeds
blogs SAPO