Data
Título
Take
27.11.13
27.11.13

Um pêlo como promessa do cinema venezuelano!

 

Cabelos rebeldes, difíceis, dores-de-cabeça imensas em tenta-los domesticar, pois bem, ninguém imaginaria que uma questão de pêlo servisse de alicerce para um espelho estilhaçado dos diferentes problemas sociais da Venezuela. Quem o diz é Pelo Malo, a obra escrita e dirigida por Mariana Rondón que consagrou a Concha de Ouro do Festival de Cinema de San Sebastian deste ano.

 

 

Na referida fita seguimos o pequeno Júnior (Samuel Lange Zambrano), uma criança carente e algo de anti-social, pouco adaptada ao meio ambiente que vive, sonha ser um cantor pop tendo como verdadeira preocupação a sua imagem, prioritariamente conseguir um cabelo liso e brilhante. Estes comportamentos inocentes dignos de uma criança sonhadora são visto como anomalias de uma mãe solteira, Marta (Samantha Castillo), que receia que o seu filho esteja a adquirir tendências homossexuais.

 

 

Frente a esta atribulado relacionamento familiar, Rondón implode uma visão alargada às causas sociais que contagiam o ambiente de Júnior, concretizando assim uma fita dinâmica e diversificada, porém limitada a uma narrativa esquemática e pela fraca aptidão dos seus personagens. É que na realidade este mundo apenas parece reduzido a duas personagens e meia dúzia de bonecos ocos e automáticos. E mesmo esse par trabalhado e destacado, encontramos inúmeras redundâncias e um crescente loop nas suas personalidades, tirando isso, é de "tirar o chapéu" ao desempenho de Samatha Castillo, que esboça uma mãe de difícil apreciação, de uma ambiguidade que irá concretamente dividir opiniões e "esfaquear" os mais sensíveis.

 

 

Em suma; Pelo Malo é um filme de potencialidades, os quais dificilmente cumprirão. Felizmente a nível técnico e operativo, a fita de Mariana Rondón é um primor, um exercício cinematográfico que mesmo sob as suas limitações, se revela numa promissora corrente do cinema venezuelano.

 

Filme visualizado no Lisbon & Estoril Film Festival'13

 

Real.: Mariana Rondón/ Int.: Samantha Castillo, Samuel Lange Zambrano, Beto Benites



 

6/10
tags: ,

publicado por Hugo Gomes às 23:12
link do post | comentar | partilhar

sobre mim
pesquisar
 
arquivos
2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


recentemente

Clive Owen junta-se a Wil...

Leonardo DiCaprio protago...

John Wick será série de t...

Quote #09: Body Snatchers...

Jeanne! será o próximo fi...

Pop Aye (2017)

Quote #8: All Abou Eve (J...

Pinhead de regresso! Divu...

Primeiro vislumbre de Joh...

QUOTE #7: Pauline Keal

últ. comentários
Este gênero nunca foi um dos meus preferidos, póre...
Concordo, "Índice Médio de Felicidade" e "Malapata...
O "São Jorge" é até agora o meu preferido, mantend...
Vi hoje, Robert Pattinson no seu melhor! Que venha...
Uma das maiores surpresas do ano, mesmo sendo do W...
Takes
10/10 - Magnífico
9/10 - Imprescindível
8/10 - Bom
7/10 - Interessante
6/10 - Razoável
5/10 - Medíocre
4/10 - Muito Fraco
3/10 - Mau
2/10 - Péssimo
1/10 - De Fugir
0/10 - Nulidade
stats counter
HTML Hit Counter
counter
links
mais comentados
25 comentários
20 comentários
13 comentários
12511335_1084470088250815_732384524_o
subscrever feeds
blogs SAPO