Data
Título
Take
7.8.13

O "ronin" Logan!

  

Há 13 anos atrás era impossível prever que alguém pudesse encarnar com tamanha simbiose uma das personagens mais carismáticas e amadas do Universo da Marvel Comics, Wolverine. Apesar da contestação inicial dos fãs durante a selecção do elenco da primeira adaptação cinematográfica de X-Men, é nos dias de hoje impensável imaginar outro actor na pele desta trágica figura. Dotado de um carisma algo rude, Hugh Jackman criou em Wolverine uma espécie de alusão ao "Homem sem Nome" de Eastwood, ao mesmo tempo que fortalece este fruto da banda desenhada com a personalidade algo fiel ao personagem original.

 

 

Convertido num "valete" da metamorfose da BD para o cinema, Jackman encarna pela sexta vez Wolverine após um cameo algo divertido em First Class de Matthew Vaughn (2011) e o "quase" desastroso primeiro filme a solo em 2009 por Gavin Hood. Baseado numa popular história da Marvel Comics, este The Wolverine de James Mangold remete-nos ao "mutante de garras de aço" em terras nipónicas, sobre um cenário de yakuzas, ninjas e samurais, mas é acima de tudo a promessa de uma entrega mais pessoal e dramática da personagem.

 

 

Até grande parte do filme, Mangold consegue executar a ênfase trágica desejada na encarnação de Hugh Jackman, obviamente o actor também auxilia tal facto. Neste aspecto, The Wolverine é maduro, negro, fragilizado e o teor da cultura japonesa, adaptável para com a mítica da matéria-prima. As sequências de acção são apelativas, longe do festim pirotécnico e das montagens rápidos cada vez mais habitual neste tipo de produções, assinalo a cena do "comboio-bala" como uma das mais divertidas deste Verão. Os desempenhos também ajudam e muito na composição da intriga, Rila Fukushima e Tao Okamoto são deveras cativantes e por fim os valores técnicos que sobrevalorizam a fita em si como produto de entretenimento.

 

 

Por estas e por outras, The Wolverine teve a chance de se tornar algo acima do habitual resultado dos filmes da Marvel, infelizmente nos revela em mais um caso de "mais olhos que barriga", e o descambado dá-se no preciso momento em que a personagem de Jackman regressa à sua figura sobre-humana e invencível. Todo o trabalho dramático dissipa dando lugar a um básico e somente filme de super-heróis no ultimo quarto de hora, apressado e vago, rodeado de situações caricatas (Famke Janssen inteiramente em lingerie)  e personagens inúteis como é o caso da promissora vilã interpretada por Svetlana Khodchenkova. Uma adaptação de banda desenhada que tinha traços para mais mas que cujo resultado não passa de puro desperdício em prol de facilitismos e um final trapalhão sem consistência que nos faz temer pela irreverência deste tipo de produtos. Ficou para outra altura.

 

" Eternity can be a curse. The losses you have had to suffer... a man can run out of things to care for, lose his purpose."

 

Real.: James Mangold /Int.: Hugh Jackman, Tao Okamoto, Rila Fukushima, Hiroyuki Sanada, Svetlana Khodchenkova, Brian Tee, Hal Yamanouchi, Famke Janssen

 


 

Ver Relacionados

X-Men (2000) 

X-Men 2 (2003)

X-Men: The Last Stand (2006

X-Men Origins: Wolverine (2009) 

X-Men: First Class (2011)

X-Men: Days of Future Past (2014)

Deadpool (2016)

X-Men: Apocalypse (2016)

 

5/10
tags: ,

publicado por Hugo Gomes às 22:21
link do post | comentar | partilhar

2 comentários:
De Gustavo a 12 de Agosto de 2013 às 22:00
Eu por um lado adorei, é mais negro e mais dramatico, so o final é que desaponta. Mas vale a pena


De Soka a 5 de Fevereiro de 2014 às 17:31
Apesar de tr gostado mais do anterior este é também bastante bom.


Comentar post

sobre mim
pesquisar
 
arquivos
2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


recentemente

Jean-Pierre Verscheure na...

KINO regressa com a sua 1...

Trailer de Ghostland, o n...

Clive Owen junta-se a Wil...

Leonardo DiCaprio protago...

John Wick será série de t...

Quote #09: Body Snatchers...

Jeanne! será o próximo fi...

Pop Aye (2017)

Quote #8: All Abou Eve (J...

últ. comentários
Este gênero nunca foi um dos meus preferidos, póre...
Concordo, "Índice Médio de Felicidade" e "Malapata...
O "São Jorge" é até agora o meu preferido, mantend...
Vi hoje, Robert Pattinson no seu melhor! Que venha...
Uma das maiores surpresas do ano, mesmo sendo do W...
Takes
10/10 - Magnífico
9/10 - Imprescindível
8/10 - Bom
7/10 - Interessante
6/10 - Razoável
5/10 - Medíocre
4/10 - Muito Fraco
3/10 - Mau
2/10 - Péssimo
1/10 - De Fugir
0/10 - Nulidade
stats counter
HTML Hit Counter
counter
links
mais comentados
25 comentários
20 comentários
13 comentários
12511335_1084470088250815_732384524_o
subscrever feeds
blogs SAPO